Sábado, 18 Junho 2016 12:40

Saiba por que Gisele se tornou a modelo mais bem-sucedida de todos os tempos

Avalie este item
(0 votos)

Gisele Bündchen atribui o sucesso ao esforço e trabalho. Foto: Reprodução

 “Minha carreira nunca se baseou em beleza”, disse uma das mulheres mais bonitas do mundo, testando a credulidade do interlocutor. Ela era a gaúcha Gisele Bündchen. E se o que deveria parecer um caso de falsa modéstia de certa forma soou verdadeiro, é porque o interlocutor já conhecia “a lenda do nariz”.

As pessoas no mundo fashion costumam repetir, como um exemplo, a história do começo da carreira de Gisele há duas décadas, quando muitas pessoas aconselharam-na a corrigir o que consideravam um defeito visível no rosto. “O que você pode fazer em momentos como aquele?”, Gisele pergunta. “Você mantém o nariz que a natureza lhe deu e supera. Mesmo antes de entrar no negócio, eu estava acostumada a sofrer bullying porque era alta e magra, então, achava que sofrer bullying fazia parte da vida”, ela mesma responde.

E então a mulher de 35 anos (que apareceu 11 vezes na capa da Vogue americana, que tem um patrimônio estimado em mais de 300 milhões de dólares, que recebe por dia, segundo a Forbes, 128 mil dólares; que, durante o ano ao qual se refere como “sabático”, manteve contratos com Pantene, Procter & Gamble, Under Armour, Chanel No. 5, Carolina Herrera, Emilio Pucci e Balenciaga; e cujo nome aparece em produtos dos mais diversos) explicou como foi aparecer na cena da moda como uma garotinha com visual de menina do Sul do Brasil.

“No começo, todo mundo me dizia ‘seus olhos são muito pequenos, seu nariz é muito grande, você nunca vai poder estar na capa de uma revista’”, conta. Mas você sabe o quê? O nariz grande vem com uma grande personalidade. Ninguém argumentaria que o sucesso absoluto que Gisele teve se deve também à sua beleza. E, mesmo assim, existem muitas meninas bonitas, cujos nomes ninguém lembra. Normalidade sensual é uma forma muito curiosa de descrever alguém cuja caminhada passou por milhares de passarelas e que tinha o efeito de fazer as outras modelos parecerem robôs.

A marca Gisele Bündchen

“Gisele sempre me surpreendeu como uma superprofissional e uma pessoa agradável”, diz Joe McKenna, stylist por trás das campanhas mais influentes das últimas décadas. “Mas ela sempre entendeu que ‘Gisele Bündchen’ podia ser um negócio. E, embora eu odeie a palavra branding, isso é exatamente o que ela soube fazer”, continua.

Quando a gaúcha fala sobre a marca global Gisele Bündchen, ela tende a atribuir o sucesso ao esforço e trabalho. “Eu sempre fui uma trabalhadora, nunca me atrasei para um trabalho.”

Se ela estivesse fotografando roupas de inverno no Vale da Morte, na Califórnia, com um calor de 40°C, ela permaneceria “totalmente, 100% comprometida”, diz. E se os stylists a vestissem em roupas “nas quais eu mal consigo respirar”, ou os fotógrafos a transportassem para “ambientes extremos”, ela afirma que estava determinada a tentar “transformar isso em algo bom”.

O começo

Quando Gisele tinha 16 anos e era relativamente desconhecida, ela foi escalada para um editorial da revista Harper’s Bazaar. O fotógrafo era famoso por ter clicado as maiores celebridades e rostos conhecidos (entre eles Madonna e a princesa Diana). “Algumas pessoas que estavam lá diziam ‘oh, ela não é muito bonita, ela tem um nariz grande’”, o fotógrafo do editorial Patrick Demarchelier lembra. “Mas eu disse ‘não, não, eu gosto dela.’”

Ao longo da sessão de fotos, os críticos continuaram a reclamar da jovem brasileira. E aí os negativos chegaram. “Imediatamente, você podia ver que aquela menina era especial”, lembra Demarchelier. “Ela emplacou 20 páginas logo de cara.” (AE)

 

Ler 877 vezes

Usuários do Dia

Temos 14156 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Mulher investe contra a Brigada Militar …

TRÂNSITO

Acidente com vítima fatal na ERS-569, no…

ESPECIAL

Briga generalizada é registrada em jogo …

GERAL

Motoqueiro cai durante apresentação do G…

TRÂNSITO

Saída de pista deixa duas mulheres ferid…

TEMPO

Ciclone chega ao Brasil nesta segunda e …

ESPECIAL

Terrenos sujos e o alto risco de dengue …

ESPECIAL

Presos membros da facção Os Manos que vi…

POLÍTICA

Por que brigar com Maia é mau negócio pa…

TRÂNSITO

Veículo desgovernado invade pátio de res…

CIDADE

Grupo Picorruchos arrecada doações para …

TRÂNSITO

Carreta tomba na BR-158 e motorista fica…