Quarta, 17 Maio 2017 20:13

Preso pai que abusava da filha mantida em cativeiro no RS

Avalie este item
(1 Votar)

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Quando recebeu o anúncio do disque-denúncia da Delegacia da Mulher por SMS, a adolescente de 16 anos que era mantida em cárcere privado pelo pai viu a oportunidade de acabar com o sofrimento que já durava três anos, em Viamão. Nesta quarta-feira (17) à tarde, a Polícia Civil prendeu o homem de 50 anos que, desde 2014, obrigava a filha a dividir a cama com ele todas as noites.

A adolescente teve que abandonar a escola, a pedido do pai, que a mantinha em cativeiro. O homem temia que a adolescente contasse o histórico de abusos aos colegas, professores ou que, no percurso para o colégio, fugisse ou lhe denunciasse para a polícia. A filha só podia sair de casa se estivesse na companhia dele.

Ameaças e agressões eram constantes a toda família, que dividia um barraco de apenas um cômodo, no bairro Fiusa, em Viamão. Diariamente, a mãe e mais dois filhos testemunhavam os abusos e eram ameaçados e agredidos caso contassem para alguém.

Com o endereço da Delegacia da Mulher, a menina escreveu uma carta contando sobre os abusos e agressões que sofria. Como era proibida de sair de casa, a adolescente entregou a carta à mãe, que só conseguiu ir até à polícia por mentir ao marido que levaria os filhos em um posto de saúde. A carta foi entregue na terça-feira e o homem preso preventivamente na tarde desta quarta-feira por violência doméstica, cárcere privado e estupro de vulnerável.

— Em uma das agressões contra a filha, o pai chegou a arrancar o couro cabeludo da jovem. No depoimento que prestou na delegacia, ele assumiu a autoria das agressões e afirmou que se abusou da filha, foi sem querer. Além disso, afirmou que mataria toda família caso a história saísse de casa — contou a delegada Jeiselaure Rocha de Souza.

Após a prisão do homem, que não teve o nome divulgado para preservar a identidade da vítima, a família foi encaminhada para órgãos de acolhimento e proteção de Viamão.

Casos de violência contra mulher devem ser denunciados no Disque 180. A Central de Atendimento à Mulher funciona 24h, inclusive em domingos e feriados. A ligação é gratuita.

 

Rádio Gaúcha

 

Ler 5549 vezes

Usuários Online

Temos 2361 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

46ª FETRELI – Programação

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

GERAL

Conheça os mitos e verdades sobre a vaci…

POLÍCIA

Procurado da Justiça é preso após fugir …

ESPECIAL

TJ e Defensoria Pública do RS estão com …

GERAL

Dormir tarde aumenta chance de morte pre…

ESTADO

24 de abril é comemorado o Dia do Chimar…

GERAL

Saiba se alguém está espionando o seu Wh…

ESPECIAL

Semana inicia com instabilidade e alerta…

ESTADO

Vídeo mostra morte de piloto durante cor…

ESPECIAL

Acidente deixa feridos no trevo de acess…

TRÂNSITO

Veículo pega fogo no centro da cidade de…

TEMPO

Temporal derruba árvores, alaga ruas e t…

TRÂNSITO

Acidente na BR-468 deixa cinco feridos, …