Domingo, 16 Julho 2017 11:25

Jovem que foi estuprada durante 8 anos pelo pai relata abusos em rede social

Foto: Ilustração

Um jovem com 19 anos de idade, moradora de Pontal do Araguaia (MT) resolveu quebrar um silêncio de 8 anos e relatou em seu perfil pessoal do facebook momentos de abusos sexuais, cometidos pelo próprio pai.

A postagem com quase 80 linhas ganhou notoriedade, obteve quase 11 mil compartilhamentos e repercute em todo o país.

O texto narra o drama de uma garota que sofreu com os estupros, daquele que deveria ser o exemplo da família, ainda na infância. “Eu não me lembro se tinha oito, nove anos. Eu me lembro que no segundo dia, ele ejaculou no meu rosto, no meu rostinho de criança e eu chorei”.

A jovem ainda conta que tentou dar um basta na situação quando entrava na adolescência. Segundo a vítima, os abusos foram relatados para a mãe. “Eu pensei que ela iria separar dele. Mas não. Ela contou pra minha família e ninguém nunca fez nada. Todos ignoraram a minha dor como se eu fosse nada. E continuou. Todos os dias na hora do almoço, ele me levava para dentro do quarto, trancava a porta, me deitava e eu tapava os olhos e chorava ali mesmo. Ele roubou minha infância e minha adolescência. Ele roubou minha inocência e matou minha alma todos os dias, pouco a pouco”.

Aos 15 anos a garota resistiu pela primeira vez dos abusos, começou a se esconder do pai, saia de casa e demorava para voltar. Passou uma temporada na casa das avós. No entanto, o agressor sempre conseguia alguma forma para cometer os abusos.

Nesta mesma idade, ela conta que entrou em estado profundo de depressão e aos 18 tentou o suicídio. “Em outubro de 2016 tentei o suicídio. Tomei trinta comprimidos de rivotril. Me levaram para o hospital e os médicos decidiram me internar em um manicômio!!”.

Meses depois uma nova tentativa de tirar de vida. Dessa vez cortando os pulsos com lâminas de barbear.

Ainda internada por conta dos ferimentos, a vítima, enfim, conseguiu apoio de alguém da família. Uma tia ouviu tudo que acontecia. A mulher procurou a delegacia e orientou a jovem.  Só então a moça foi afastada do pai.

As última parte da narração de uma drama pessoal ainda conta que mesmo longo de agressor a recuperação do ânimo pela vida ainda está longe.

Por fim, a moça ainda pede coragem para aquelas que vivem situações semelhantes. “Você é forte menina! Você é muito forte então se levante não se esconda. É o seu corpo e é você que decide quem toca. Se ninguém te ajuda, ajude a si mesma”.

A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o caso, no entanto segundo a postagem da vítima, seu pai continua em liberdade.

Leia a postagem na integra:

 

Primeira Hora

Ler 5500 vezes

Usuários Online

Temos 476 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

CertSec - Certificado Digital

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO em Três Passos

Teatro Bolinha – "Tudo em cima da …

3ª Balada Automotiva/Humaitá

Igreja Dom de Maravilha

JYM Studio

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

INUSITADO

Galinha vira galo, mas passa por cirurgi…

POLÍCIA

Professor é condenado no RS por distribu…

TRÂNSITO

Motorista é transferida ao hospital de T…

GERAL

Imposto ade Renda 2018: envio da declara…

SEGURANÇA

Promoção de 3.311 servidores da Seguranç…

ESPECIAL

Jovem de 29 anos morre a caminho do trab…

BICHOS

Metade fofura, metade lindeza! Gata tem …

POLÍCIA

Criança de 2 anos morre após ser estupra…

SERVIÇO

Concurso oferece 1,3 mil vagas para fuzi…

CIDADE

Carmem Maicá é indicada por Zilá para re…

TRÂNSITO

Colisão frontal deixa três feridos no No…

SEGURANÇA

Agentes da PRF socorrem criança engasgad…