Quarta, 09 Agosto 2017 16:06

Comércio fecha às portas em apoio aos caminhoneiros em Palmeira das Missões

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Pedro Niácome/TP

Após completar uma semana de paralisação, o movimento dos caminhoneiros contra a alta dos impostos conquistou nesta quarta-feira o apoio de entidades e de parte da população em Palmeira das Missões.

O ato teve início no largo Alfredo Westphalen e seguiu sentido trevo de acesso a ERS 569/BR 468. Boa parte do comércio aderiu ao protesto, que ficou fechado por duas horas. As repartições públicas decretaram ponto facultativo. Várias autoridades se manifestaram em apoio a mobilização que começou no último dia 31 de julho, contra o aumento do imposto Pis/Cofins, que elevou o preço dos combustíveis.

A via ficou interditada por cerca de 1h30 hora, sendo liberada no início da tarde. A previsão é de que a paralisação continue pelos próximos dias.

Apoiaram o manifesto o Sindicato Rural, CAT, Acaip, Sindilojas, CDL, Ufsm, Cpers, CTB, Sindsaúde, Grupo a Voz do Povo, Prefeitura Municipal e Câmara Municipal.

 

Tribuna da Produção

Ler 1003 vezes Última modificação em Quarta, 09 Agosto 2017 16:10

Usuários Online

Temos 644 visitantes e Nenhum membro online

NOTÍCIAS RECOMENDADAS

Green House – Raul Seixas Cover

Lucas Pneus e Acessórios

Mauri Cabeleireiro

Colchões Ortobom

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se casa mista em Três Passos

JYM Studio

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Mais uma lotérica é assaltada por dupla …

DENÚNCIA

Falha grave de segurança permite a hacke…

GERAL

Metade da população se sente mal no horá…

POLÍCIA

Suspeito de ter matado mulher por não ac…

GERAL

Placa em frente à Câmara dos Deputados é…

TRÂNSITO

Caminhão sem freio atravessa cidade no i…

GERAL

Piloto sobrevive a acidente impressionan…

MUNDO

Homem perde parte da cabeça após beber e…

ESTADO

Cavalo esmaga treinador no brete de hípi…

POLÍCIA

Dupla de motocicleta volta a assaltar na…

GERAL

Novo horário de balsa no Porto Internaci…

ESPECIAL

Andarilhos argentinos em situação irregu…