Quinta, 14 Setembro 2017 19:27

STJ nega recurso e pai de Bernardo vai a júri popular

Avalie este item
(2 votos)

Data do júri dos acusados ainda não foi marcada. Foto: Arquivo/Reprodução

A Turma do STJ – Supremo Tribunal de Justiça negou, por unanimidade, nesta quinta-feira, 14, provimento ao agravo regimental impetrado pela defesa de Leandro Boldini, pai do menino Bernardo. O recurso tinha como objeto o réu não ir a júri ou afastar ao máximo as qualificadoras que a defesa entende que não devam ser aplicadas. Acompanharam o relator Ribeiro Dantas, os ministros Joel Illan, Felix Fischer, Jorge Mussi e Teynaldo Fonseca. O mérito do recurso ainda não foi julgado, e a defesa ainda pode apresentar embargos.

O menino Bernardo, de 11 anos, foi assassinado em abril de 2014. Os quatro acusados de participação no crime seguem presos, aguardando julgamento, incluindo o pai do menino, o médico Leandro Boldrini, e a madrasta, Graciele Ugulini. No último dia 6, Bernardo completaria 15 anos se estivesse vivo. Em sua memória, foram realizadas homenagens em Três Passos.

Entenda o Caso Bernardo

Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, desapareceu no dia 4 de abril, em Três Passos. Dez dias depois, o corpo do menino foi encontrado no interior de Frederico Westphalen, dentro de um saco plástico, enterrado às margens de um rio. Foram presos o médico Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini e uma terceira pessoa, identificada como Edelvânia Wirganovicz. Evandro Wirganovicz, irmão de Edilvânia, também foi preso acusado de participar da ocultação do cadáver. Os quatro foram indiciados e irão a julgamento.

*Atualizada às 22h08.

Ler 6687 vezes Última modificação em Sábado, 16 Setembro 2017 12:15

Usuários Online

Temos 125947 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Viatura da Brigada Militar se envolve em…

POLÍCIA

Bebê de 7 meses é torturado pelo pai no …

CIDADE

Moradora reclama de esgoto a céu aberto …

PAÍS

WhatsApp remove contas de disparo em mas…

ESPECIAL

Travessia de balsa é suspensa no rio Uru…

GERAL

Mãe pula em açude para salvar filho de d…

JUSTIÇA

Mulher é indiciada no RS por divulgação …

TRÂNSITO

Ministério Público vai apurar atendiment…

INUSITADO

Briga por causa de calcinha termina com …

POLÍCIA

Agência dos Correios é assaltada em Coro…

PAÍS

Datafolha divulga nova pesquisa de inten…

ESPECIAL

Vereadores derrubam veto do prefeito a p…