Imprimir esta página
Terça, 14 Novembro 2017 09:18

Seguem presos acusados de participação em roubo a bancos em Miraguaí

Avalie este item
(0 votos)

Fotos: PC/Divulgação

A Justiça de Tenente Portela deferiu o pedido de prorrogação da prisão temporária do vereador e Cacique da Reserva Indígena do Guarita, Valdonês Joaquim, feito pelo Ministério Público. A prorrogação também é para Valdir Joaquim, pai do cacique, que também está preso desde a última quarta-feira, 1. Pai e filho são investigados pelo Ministério Público suspeitos de participação no roubo a duas agências bancárias, no dia 6 de fevereiro deste ano, em Miraguaí. 

Ler 593 vezes Última modificação em Terça, 14 Novembro 2017 11:35