Quinta, 07 Dezembro 2017 21:51

Médico é punido porque compartilhou foto de mãe puxando próprio filho no parto

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Reprodução

Menos de um mês depois da rede social Facebook punir uma fotógrafa que compartilhou uma foto incrível do nascimento de um bebê dentro de uma banheira transparente , um médico de Taiwan teve um dos seus posts apagado da rede social por supostamente violar as regras de pornografia.

O problema é que não se tratava de uma imagem sexual, mas, sim, de uma mãe puxando o próprio filho durante o parto , como você pode ver acima em uma imagem aproximada. Na foto , é possível ver a reação da mãe ao ver o filho pela primeira vez, a criança saindo do corpo da mãe e algum sangue que escorre dele, mas não é possível de se ver a genitália da mulher.

Em pouco tempo, de acordo com reportagem do site “Daily Mail”, o compartilhamento alcançou a marca de 10 mil reações no Facebook – a mãe deu permissão ao obstetra Jason Lin para a divulgação. Entretanto, algumas horas depois, a rede social exclui a fotografia por violar as regras de pornografia.

A imagem também foi compartilhada no Instagram e, até o fechamento desta reportagem, ainda não havia sido excluída. Em um dia, mãe e filho conseguiram mais de 2,1 mil likes e dezenas de comentários.

Alguns usuários concordaram com a atitude da rede social de banir a imagem, considerada forte demais para muitas pessoas.

Repercussão

Após a imagem ser excluída, Lin voltou à rede social para comentar seu desapontamento com a rede social. “Vamos começar a seguir o Instagram, então. Já estava pensando em compartilhar lá de qualquer jeito.”

Entretanto, alguns de seus seguidores defenderam a atitude da rede social. “Sua foto é muito linda, cheia de amor, mas era definitivamente chocante – nem todo mundo aguenta”, escreveu um dos usuários. E você, o que acha da imagem?

 

iG 

Ler 2087 vezes Última modificação em Quinta, 07 Dezembro 2017 21:55

Usuários Online

Temos 59116 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÃO

Incêndio atinge ala feminina de hospital…

SEGURANÇA

Fugitivo pode ter sido resgatado na ERS-…

ESPECIAL

HCTP esclarece sobre contrato de prestaç…

GERAL

Para combater fake news, WhatsApp vai li…

DIVERSOS

Matrículas e Rematrículas 2019 na Escola…

ESTADO

Após 7 anos de luta na Justiça, mãe de m…

ESPECIAL

Jovem tem dedo da mão mutilado pelo tráf…

ESPECIAL

Dois jovens são presos e uma menor apree…

REGIÃO

Polícia encontra cadáver que poderá ser …

TRÂNSITO

Acidente com ônibus deixa ao menos 14 fe…

INUSITADO

Vídeo de cadela buscando pão ‘sozinha’ n…

POLÍCIA

Delegado aponta possível vingança como c…