Sexta, 05 Janeiro 2018 17:15

Família teria pago R$ 25 mil para sacrificar crianças em ritual satânico no RS

Avalie este item
(1 Votar)

Foto: Reprodução

Para realizar um ritual para atrair prosperidade, uma família de Novo Hamburgo teria pago R$ 25 mil à vista ao líder de uma seita religiosa. Além do valor, o homem – que se autodenomina de bruxo e mestre – teria exigido ao hamburguense duas crianças de mesmo sangue. De acordo com as investigações, os irmãos, que foram esquartejados, seriam argentinos e teriam sido “comprados” ou “raptados” no país vizinho.

A Polícia Civil fará contato com a polícia argentina para solicitar a lista de crianças desaparecidas. Ainda não se sabe de qual região do país vizinho as vítimas eram. O menino, de 8 a 10 anos, e a menina, entre 10 e 12, irmãos por parte de mãe, tiveram tronco e membros jogados na estrada Porto das Tranqueiras, no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo. As cabeças ainda não foram localizadas, o que dificulta a identificação.

Na última quarta-feira, o líder da seita, o cliente e um parente dele foram presos no templo, que fica em um local de difícil acesso na Região Metropolitana. A Polícia ainda busca por um argentino, que teria buscado as crianças em seu país natal.

O líder da seita, preso no dia 27 de dezembro, é considerado uma celebridade no meio. Além de rituais, ele realizava palestras sobre o assunto. O templo era frequentado por pessoas de diversas classes sociais.

Relembre

Em 4 de setembro, duas crianças foram encontradas esquartejadas no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. As partes dos corpos estavam embaladas em sacolas plásticas e em caixas de papelão em um mato às margens de uma estrada.

Em 18 de setembro, a Brigada Militar localizou outras partes dos corpos a 500 metros do local onde os primeiros pedaços foram encontrados. O fato de que as cabeças das crianças ainda não foram localizados reforça a chance de que os crânios sejam delas.

Segundo a perícia, os corpos localizados em Lomba Grande são de um menino, entre 8 e 9 anos, e de uma menina, entre 10 e 12. As crianças são irmãs apenas por parte de mãe. Como as cabeças ainda não foram localizadas, as vítimas não foram identificadas.

Em 27 de dezembro, líder de templo e dois seguidores foram presos. A Polícia agora busca por um argentino que teria buscado as crianças, que foram esquartejadas em ritual.

 

CP

Ler 2940 vezes Última modificação em Domingo, 07 Janeiro 2018 23:32

Usuários Online

Temos 1648 visitantes e Nenhum membro online

.......

VITRINE PUBLICITÁRIA

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍTICA

Partido expulsa prefeito natural de Tene…

ESTADO

Hospital atesta óbito de bebê vivo no in…

ESPECIAL

Câmeras flagram homem encapuzado em gara…

GERAL

Polícia investiga se houve negligência d…

ESPECIAL

Bebê recém-nascido de mãe que morreu dur…

CIDADE

CPI realizará mais uma reunião de trabal…

ESPECIAL

Conheça as candidatas à rainha e princes…

POLÍCIA

Vídeos - Homem ataca policiais com facão…

INUSITADO

Vídeo - “Briga inusitada” é registrada n…

REGIÃO

UTI do Hospital Santo Antônio já tem dat…

GERAL

Coca-Cola está de olho em mercado de beb…

TRÂNSITO

Acidente envolve dois veículos na ERS-21…