Sábado, 13 Janeiro 2018 22:30

PMs do interior serão convocados para reforçar segurança no julgamento de Lula

Avalie este item
(1 Votar)

Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Com a proximidade do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para 24 de janeiro, algumas medidas de segurança começaram a ser anunciadas. A Brigada Militar convoca, a partir da próxima semana, policiais militares do interior e do litoral para reforçar a segurança em Porto Alegre. Serão chamados policiais do Batalhão de Operação Especial (BOE) de Santa Maria e de Passo Fundo para Porto Alegre. E também, de forma gradativa, policiais do Comando de Policiamento da Capital (CPC), que estão na Operação Golfinho, no Litoral gaúcho.

Em nota, a SSP confirmou que a medida faz parte do planejamento estabelecido pelo Gabinete de Gestão Integrada instalado para o acompanhamento do julgamento. A decisão ocorreu dois dias após as lideranças das bancadas estaduais do PT, do PCdoB e do PSOL solicitarem uma audiência com o governador José Ivo Sartori para tratar da segurança durante as manifestações programadas para os dias 22, 23 e 24. Na oportunidade, o chefe de Gabinete do Governador, João Carlos Mocellin, afirmou que o assunto estava sendo conduzido pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4) e a Seção Judiciária do Rio Grande do Sul (SJRS) também divulgaram alterações em seus expedientes e a suspensão dos prazos processuais e das intimações nos processos físicos e eletrônicos em trâmite nas duas instituições nos dias 23 e 24.

No dia anterior ao julgamento, o expediente nos dois locais será apenas pela manhã. No dia do julgamento não haverá expediente na SJRS. Já no TRF4, apenas os servidores diretamente envolvidos com a realização e apoio da sessão de julgamento estão convocados. “A suspensão leva em conta as medidas que estão sendo adotadas pelos órgãos de segurança pública do Estado do Rio Grande do Sul e pela Polícia Federal para garantir a segurança do público interno e externo durante a realização do julgamento”, justificaram as duas instituições em nota.

 

CP

Ler 466 vezes

Usuários Online

Temos 1867 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Colchões Ortobom

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Arraiá Soberano Grill

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Feijoada da APAE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Veículo cai de ponte e filha, mãe e avó …

PAÍS

Só 2,4% dos jovens brasileiros querem se…

ESPECIAL

PRF autua 17 motoristas por embriaguez a…

CIDADE

Empresa segue recebendo currículos para …

ESPECIAL

Família reconhece corpo de jovem três-pa…

ESTADO

Polícia apreende cerca de meia tonelada …

POLÍCIA

Jovem é preso com arma, munições e droga…

REGIÃO

Casal morre afogado ao atravessar de bar…

GERAL

Aposto do RS divide prêmio da Quina de S…

POLÍCIA

Homem suspeito de abusar de três filhas …

PAÍS

Resultado de sorteio da Mega-Sena gera r…

SEGURANÇA

PRF realiza operação na Avenida Perimetr…

...