Domingo, 11 Fevereiro 2018 14:07

Projeto de lei na Câmara quer criminalizar nudez em obras de arte Destaque

Avalie este item
(0 votos)

iG São Paulo

Peças teatrais, filmes, exibições fotográficas, pinturas e esculturas que retratem nudez estarão vetadas caso proposta seja aprovada na Câmara; deputado diz querer combater "erotização disfarçada de obra de arte"

Visão. Obra de Bia Leite na mostra “Queermuseu” esteve no centro da polêmica

Visão. Obra de Bia Leite na mostra “Queermuseu” esteve no centro da polêmica

Foto: Santander Cultural/Divulgação

Um projeto de lei do deputado federal Fernando Francischini (Solidarierdade-PR) pretende tornar crime a exibição de órgãos sexuais para fins artísticos – assim, a nudez estaria vetada em peças teatrais, filmes, exposições fotográficas, pinturas ou esculturas, por exemplo.

Leia também:Intolerância com "Queermuseu" deflagra debate sobre onda censora no Brasil

A proposta, em tramitação na Câmara, quer alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente para considerar a exibição de órgãos genitais como “cena de sexo explícito ou pornográfica”.

Atualmente o estatuto considera “cena de sexo explícito ou pornográfica” a exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais, além de qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas.

Francischini, que também é delegado da Polícia Federal, diz que o objetivo da proposta é “combater a erotização disfarçada na forma de arte”.

O projeto de lei vem na esteira da exposição “Queermuseu - Cartografias da Diferença na Arte Brasileira,” realizada no Centro Cultural Santander, em Porto Alegre (RS). O objetivo expresso pela exposição era abordar a diversidade sexual por meio da arte, combater estereótipos sexistas e homofóbicos.

Outro ocorrido apontado por Francischini como justificativa da necessidade de uma lei para censurar a arte foi a performance do coreógrafo Wagner Schwartz no Museu de Arte Moderna (MAM), de São Paulo (SP). Na ocasião, o artista se apresentou nu, em um espaço fechado no museu; entre os presentes, havia uma criança acompanhada dos pais.

Para chegar ao plenário da Câmara, a proposta deverá ser aprovada pelas comissões de Cultura; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Censura?

No ano passado, a exposição Queermuseu foi fechada antes do prazo previsto pelo banco Santander devido à pressão de grupos de direita, como o Movimento Brasil Livre (MBL), que disse ver nas obras de arte incentivo a pedofilia e zoofilia. O Santander foi acusado de censura nas redes sociais pelo fechamento precoce da exposição.

Leia também:"O cidadão está cansado de todos nós, inclusive do Judiciário", diz Cármen Lúcia

Para o deputado Francischini, a exposição “fez parte da programação escolar de estudantes da capital gaúcha mesmo trazendo imagens que fazem referência à pornografia, zoofilia e ao desrespeito de símbolos do catolicismo”.

Já o episódio do MAM contou com a performance do coreógrafo Wagner Schwartz, chamada “La Bête”, que em francês significa bicho ou inseto.

Na apresentação, inspirada na série de esculturas Bichos, da artista Lygia Clark, o artista carioca se apresentou nu junto de uma réplica plástica de uma destas esculturas e “permitiu a articulação das diferentes partes do seu corpo através de suas dobradiças”.

O museu foi acusado de pedofilia pelo MBL após a divulgação de vídeos que apresentavam a interação de uma criança com o artista nu. Para Francischini, essa forma de arte “estimula a erotização precocemente nas crianças”.

O MAM rebateu as críticas afirmando que a obra não possui conteúdo erótico e que a sala de realização estava sinalizada sobre o teor da apresentação, incluindo a nudez artística.

Leia também:Bolsonarosugere metralhar a Rocinha para resolver guerra na comunidade

Ler 211 vezes

Galeria de Imagens

Usuários Online

Temos 1875 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Promoção ZERO GRAU!

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Aprovados em concurso da Susepe doam san…

ESPECIAL

Veículo com cigarros contrabandeados é a…

CIDADE

Corsan informa corte no fornecimento de …

ESPECIAL

Números para chamados de emergência em T…

POLÍCIA

Briga entre vizinhos termina em morte no…

TEMPO

Quarta-feira segue com tempo firme no Ri…

POLÍCIA

Preso em São Martinho homem condenado po…

INUSITADO

Defunto é chamado para trabalhar como co…

POLÍCIA

Namorado de jovem gaúcha desaparecida no…

INUSITADO

Homem simula o próprio sequestro para fi…

SEGURANÇA

Mulher morre queimada em incêndio no Nor…

TRÂNSITO

Carro bate em caminhão e motorista fica …

...