Sexta, 02 Março 2018 21:30

INSS suspende mais de 40 mil benefícios de auxílio-doença após pente-fino no RS

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Reprodução

Operação Pente-Fino do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que visa combater o pagamento irregular de auxílio-doença em todo o país, teve um novo balanço divulgado nesta quinta-feira (1). No Rio Grande do Sul, 86% dos benefícios analisados foram suspensos.

Foram feitas no estado 46.280 perícias em pessoas que recebem ou recebiam o auxílio-doença pago pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Até agora, 40.194 benefícios foram cancelados. Com isso, o governo federal espera economizar R$ 700 milhões por ano.

Além disso, 4.911 benefícios de auxílio-doença foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 233 em auxílio-acidente, 159 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício e 783 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

Outros 3.388 auxílios-doença foram cancelados porque os beneficiários não compareceram. Se quiserem, eles podem entrar com novo pedido de concessão do benefício.

Do total de 91.838 benefícios de auxílio-doença que seriam revisados no estado, restam ainda pouco mais de 42 mil que ainda não passaram pela perícia. A expectativa do governo federal é concluir as revisões em maio deste ano.

O balanço anterior, de maio do ano passado, apontava que foram cancelados 16.622 benefícios. O número equivalente a 88% do total de 18.927 perícias realizadas.

G1 RS

Ler 1109 vezes

Usuários do Dia

Temos 26554 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

GERAL

Alerta! Momo aparece em vídeos infantis …

TRÂNSITO

Jovens morrem ao colidir moto contra col…

REGIÃO

Três-passense é o primeiro paciente a pa…

TRÂNSITO

Ônibus que levava torcedores do Grêmio p…

TEMPO

Chuva forte e volumosa deve atingir o Ri…

ESPECIAL

RSC-472 corre risco de novos deslizament…

ESPECIAL

Jovem de 23 anos desaparecida em Boa Vis…

JUSTIÇA

Pai do menino Bernardo pode ter diploma …

JUSTIÇA

Médico volta a ser denunciado por crime …

GERAL

Brasileiros passam mais de 3 horas por d…

ESTADO

Lançado aplicativo para consumidores ins…

SEGURANÇA

Deep web: como funciona a parte obscura …