Sexta, 09 Março 2018 21:05

Caso Marlene: médica é indiciada por homicídio culposo no RS

Avalie este item
(1 Votar)

Marlene morreu após o parto em Dois Irmãos. Foto: Arquivo Pessoal

A obstetra Andrea Martins Mondadori, de 44 anos, foi indiciada por homicídio culposo da paciente Marlene de Oliveira, 39 anos, que morreu horas depois de dar à luz, no dia 6 de dezembro do ano passado.

O inquérito foi concluído na tarde desta sexta-feira, 9, pela Polícia Civil de Dois Irmãos e divulgado pela delegada Ariadne Langanke e pela inspetora Simone Arenhardt Reis.

A prática do crime de homicídio culposo é baseada na imperícia da médica, ou seja, através de provas técnicas, a polícia concluiu que a obstetra poderia ter optado por outros procedimentos com a paciente após o parto.

Com informações de O Diário

Ler 2732 vezes

Usuários do Dia

Temos 25516 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Jovens morrem ao colidir moto contra col…

REGIÃO

Três-passense é o primeiro paciente a pa…

TRÂNSITO

Ônibus que levava torcedores do Grêmio p…

TEMPO

Chuva forte e volumosa deve atingir o Ri…

ESPECIAL

RSC-472 corre risco de novos deslizament…

ESPECIAL

Jovem de 23 anos desaparecida em Boa Vis…

JUSTIÇA

Pai do menino Bernardo pode ter diploma …

JUSTIÇA

Médico volta a ser denunciado por crime …

GERAL

Brasileiros passam mais de 3 horas por d…

ESTADO

Lançado aplicativo para consumidores ins…

SEGURANÇA

Deep web: como funciona a parte obscura …

INUSITADO

Vídeo - Pedestre escapa de atropelamento…