Segunda, 12 Março 2018 06:34

Rússia diz que só vai colaborar com investigações sobre ex-espião se tiver acesso ao agente nervoso

Avalie este item
(0 votos)

Segundo o ministro de Relações Exteriores russo, o Reino Unido negou que seus investigadores tenham acesso à substância. Theresa May estuda medidas econômicas e diplomáticas em retaliação ao ataque, dizem fontes. Sergei Lavrov, ministro de Relações Exteriores da Rússia, durante entrevista coletiva em Moscou Sergei Karpukhin/Reuters A Rússia só irá colaborar com o Reino Unido na investigação sobre o envenenamento de um ex-agente russo e sua filha se receber amostras do agente nervoso que foi usado no incidente, disse o ministro de Relações Exteriores da Rússia nesta terça-feira (13). Sergey Lavrov fez os comentáios em resposta à solicitação do governo britânico por uma explicação para o uso de um agente supostamente produzido na Rússia no ataque, perpetrado na cidade inglesa de Salisbury.
De acordo com Lavrov, a Rússia teve sua solicitação negada, no que ele classificou como uma violação da Convenção sobre Armas Químicas. Ainda de acordo com o ministro, Moscou está disposta a coperar, mas Londres deve "cumprir suas obrigações internacionais antes de apresentar ultimatos". Segundo agências internacionais, o embaixador britânico em Moscou foi convocado para dar esclarecimentos sobre o caso. Nesta segunda-feira (12), a primeira-ministra britânica, Theresa May, disse que o envolvimento da Rússia no envenenamento é "altamente provável", e pediu uma resposta da Rússia até terça-feira. A premiê Theresa May fala nesta segunda-feira (12) no Parlamento britânico PA via AP Autoridades citadas pela agência Associated Press afirmaram também que May revisa uma série de medidas econômicas e diplomáticas contra a Rússia, no que seria uma retaliação pelo ataque. O envenenamento deixou Sergei Skripal, de 66 anos, e sua filha de 33 anos, Yulia, em estado crítico. Eles foram encontrados inconscientes em um banco da catedral da cidade e foram levados ao hospital, onde estão internados em estado crítico. O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio por agentes nervosos. Skripal traiu dezenas de agentes russos para a inteligência britânica antes de ser preso, em Moscou, em 2004. Ele foi sentenciado a 13 anos de prisão, em 2006, e em 2010 recebeu refúgio do Reino Unido, após ser trocado por espiões russos. Sergei Skripal fala com sua advogada de trás das grades em uma corte em Moscou em foto de 9 de agosto de 2006 AP Photo/Misha Japaridze, File Um policial britânico que foi um dos primeiros a atender Skripal também foi afetado pelo agente nervoso. Ele está consciente, em situação séria, mas estável, de acordo com a polícia. Efeito Dominó O secretário britânico de Relações Exteriores, Boris Johnson, disse que o Reino Unido está em contato com seus parceiros internacionais sobre a situação. "Fui encorajado pela boa vontade de nossos amigos em mostrar apoio e solidariedade", afirmou. "Penso, em particular, no presidente [Emmanuel] Macron da França, falei com Sigmar Gabriel, mihna homóloga alemã, e também com Washington, de onde Rex Tillerson deixou absolutamente claro que vê isso como parte de um padrão de comportamento disruptivo e maligno por parte da Rússia... O apoio ao uso imprudente de armas químicas se estende desde a Síria até as ruas de Salisbury." Tillerson, por sua vez, disse à imprensa nesta segunda que as ações da Rússia "ceramente desencaderiam uma resposta. Ele também criticou a Rússia e disse estar "além da compreensão" o fato de que um governo usaria uma subsância tão perigosa em um lugar público.
Ler 122 vezes

Usuários Online

Temos 180488 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Saída de pista deixa homem ferido na VRS…

ESPECIAL

Mulher campeã de longevidade completa 11…

ESPECIAL

Colisão entre moto e caminhonete deixa u…

POLÍCIA

Confronto com a polícia termina com 4 as…

TEMPO

Segunda metade de dezembro terá muita ch…

REGIÃO

Homem sobe em torre de energia elétrica …

TEMPO

Por que apesar da previsão ainda não cho…

POLÍCIA

Presos dois suspeitos de tentativa de re…

TEMPO

Verão terá temperaturas acima da média e…

ESPECIAL

HCTP apura denúncia de mau atendimento d…

ESPORTES

Liverpool tenta liderança em clássico co…

SEGURANÇA

PRF flagra mais de 2 mil veículos acima …