Segunda, 12 Março 2018 18:22

Rússia diz que não responderá a ultimato do Reino Unido até que receba amostra de substância

Avalie este item
(0 votos)

Theresa May deu ultimato para Rússia esclarecer ataque a ex-espião russo refugiado na Inglaterra. Rússia nega envolvimento no caso. Entrada do Salisbury District Hospital, em Salisbury, para onde Sergei Skripal e uma mulher não identificada foram encaminhados após serem encontrados inconscientes depois de terem entrado em contato com substância desconhecida Tim Ockenden/PA via AP A embaixada da Rússia em Londres afirmou nesta terça-feira (13) que não responderá ao ultimato do Reino Unido até que receba amostra da substância que foi usada no caso no ataque ao ex-espião russo no dia 4 de março na Inglaterra. Nesta segunda, a premiê britânica Theresa May disse que é "altamente provável" que a Rússia seja responsável pelo ataque e deu um dia para o governo esclarecer o caso, do contrário apresentará medidas contra a Rússia.
"A Rússia não vai responder ao ultimado de Londres até que receba amostras da substância química", disse um porta-voz da embaixada da Rússia em Londres à agência de notícias Reuters. A embaixada também voltou a negar que a Rússia esteja envolvida no ataque e disse que qualquer medida punitiva provocaria uma resposta. Sergei Skripal, ex-coronel do serviço de inteligência russo, e sua filha Yulia, de 33 anos, foram contaminados por um agente nervoso na cidade britânica de Salisbury. Eles foram encontrados inconscientes em um banco da catedral da cidade e foram levados ao hospital, onde estão internados em estado crítico. O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio por agentes nervosos. Skripal traiu dezenas de agentes russos para a inteligência britânica antes de ser preso, em Moscou, em 2004. Ele foi sentenciado a 13 anos de prisão, em 2006, e em 2010 recebeu refúgio do Reino Unido, após ser trocado por espiões russos. Autoridades citadas pela agência Associated Press afirmaram também que May revisa uma série de medidas econômicas e diplomáticas contra a Rússia, no que seria uma retaliação pelo ataque. Um policial britânico que foi um dos primeiros a atender Skripal também foi afetado pelo agente nervoso. Ele está consciente, em situação séria, mas estável, de acordo com a polícia.
Ler 151 vezes

Usuários Online

Temos 161849 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TEMPO

Rio transborda e alaga centro de cidade …

TP NEWS TV

João Victor no Programa Cheiro de Galpão

ESTADO

Divulgada 1ª pesquisa Ibope sobre o segu…

POLÍCIA

Homem que deixou faca cravada no pescoço…

ESPECIAL

Vídeo - Chuva forte volta a atingir a Re…

TRÂNSITO

Acidente deixa um ferido na ERS-330, em …

INUSITADO

Homem é preso após abusar sexualmente de…

TRÂNSITO

Acidente entre três veículos deixa dois …

MUNDO

Paris baniu os carros do centro da cidad…

TRÂNSITO

Acidente com vítima fatal na BR-386, ent…

REGIÃO

Homologado pelo Estado Decreto de Situaç…

ESPECIAL

Projeto Horta e Saúde amplia área de pro…