Quinta, 12 Abril 2018 21:01

Brasil atropela a Bolívia e classifica como líder da Copa América

Avalie este item
(0 votos)
Garotas do time reserva aplicaram 7 a 0 na equipe adversária Crédito: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação CP

A seleção brasileira feminina de futebol voltou a golear nesta sexta-feira. Mesmo com as reservas e já classificada à próxima fase da Copa América, a equipe do técnico Vadão exerceu sua superioridade diante da frágil Bolívia e atropelou por 7 a 0, na cidade de Coquimbo, no Chile.

Com o resultado, o Brasil assegurou a primeira colocação do Grupo B, com 100% de aproveitamento. Após quatro partidas, são 12 pontos para a equipe, que marcou 22 gols e sofreu apenas um. Quem passou na segunda posição da chave foi a Argentina, que, mais cedo, venceu o duelo direto com a Venezuela por 2 a 0.

Desta forma, estão classificados para o quadrangular final: Brasil, Argentina, Colômbia e Chile. Na segunda-feira, a seleção encara as donas da casa, as chilenas. Quinta-feira, o duelo é contra as argentinas. Na última rodada, encara as colombianas.

Mesmo sem nomes como Formiga, Marta e Cristiane no time titular, o Brasil não tomou conhecimento da Bolívia e marcou logo nos primeiros minutos, com Érika. Aos 17, Andressinha aproveitou sobra na entrada da área e bateu cruzado para ampliar. Ainda no primeiro tempo, aos 40, Andressa Alves cobrou falta, a bola desviou na barreira e entrou mansamente.

Apesar da vantagem, a seleção não diminuiu o ritmo na etapa final e ampliou logo aos nove minutos. Andressinha arriscou de longe e a goleira, inexplicavelmente, aceitou. Aos 20, Érika aproveitou cobrança de escanteio da esquerda para finalizar para a rede. Aos 39, Milene ampliou de cabeça. E aos 41, Aline marcou um gol olímpico para selar o resultado.

O campeão e o vice do torneio sul-americano garantirão lugar direto no Mundial de 2019, na França, enquanto o terceiro disputará repescagem contra um representante da Concacaf em busca de outra vaga. A seleção vencedora da Copa América também vai assegurar um posto na Olimpíada de Tóquio, em 2020, e a vice-campeã jogará repescagem contra uma nação da África por uma segunda vaga.

O Brasil faturou o título sul-americano em 1991, 1995, 1998, 2003, 2010 e 2014 e só não ficou com a taça de campeão em 2006, quando foi surpreendido pela Argentina na decisão realizada na casa da adversária. Com a ida à segunda fase, já garantiu vaga nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019.

Ler 119 vezes

Usuários Online

Temos 1895 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Promoção ZERO GRAU!

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Aprovados em concurso da Susepe doam san…

ESPECIAL

Veículo com cigarros contrabandeados é a…

CIDADE

Corsan informa corte no fornecimento de …

ESPECIAL

Números para chamados de emergência em T…

POLÍCIA

Briga entre vizinhos termina em morte no…

TEMPO

Quarta-feira segue com tempo firme no Ri…

POLÍCIA

Preso em São Martinho homem condenado po…

INUSITADO

Defunto é chamado para trabalhar como co…

POLÍCIA

Namorado de jovem gaúcha desaparecida no…

INUSITADO

Homem simula o próprio sequestro para fi…

SEGURANÇA

Mulher morre queimada em incêndio no Nor…

TRÂNSITO

Carro bate em caminhão e motorista fica …

...