Sexta, 13 Abril 2018 07:25

Diego Costa entra na mira da Justiça espanhola acusado de fraude fiscal

Avalie este item
(0 votos)

iG São Paulo

Cobrança do fisco espanhol está relacionada à primeira passagem do jogador no Atlético, pelo último semestre antes de migrar ao Chelsea em 2014

Diego Costa está de volta ao Atlético de Madri depois de três temporadas defendendo o Chelsea

Diego Costa está de volta ao Atlético de Madri depois de três temporadas defendendo o Chelsea

Foto: Reprodução

Diego Costa é o mais novo alvo da Justiça da Espanha. De acordo com informações do jornal El Mundo, o brasileiro naturalizado espanhol está sendo investigado. O jogador do Atlético de Madri é acusado de fraude fiscal de 400 mil euros, o equivalente a cerca de R$ 1,7 milhão.


Leia também:Dois brasileiros aparecem entre os 50 mais odiados do futebol mundial; confira

Segundo a publicação do periódico, Diego Costa teria sonegado o valor por parte de direitos de imagem em um contrato assinado com a Adidas, no ano de 2014. A ocasião trata-se da primeira passagem do jogador pelo clube de Madri, já que naquele ano, foi para o Chelsea, tendo ficado na Inglaterra até 2017. No ano passado, retornou à Espanha.

No final da temporada de 2013/2014 do futebol europeu, ele foi ao futebol inglês. Ou seja, jogou o primeiro semestre do ano no Atlético e em julho, foi ao Chelsea. Desta forma, a Justiça espanhola entende que a primeira parte do contrato do atleta com a empresa esportiva deveria ter sido declarada no país.

Leia também:Pirlo defende decisão do juiz, mas entende atitude de Buffon: "Ficaria furioso"

Em resposta ao jornal, os representantes de Diego disseram acreditar que no ano de 2014, o jogador era residente fiscal da Inglaterra e assim, não teria a obrigação do pagamento. A Fazenda espanhola ainda busca resolver a questão por processo administrativo ou criminal, não vendo uma ação de má fé e sim, uma diferença de interpretação.

Leia também:Ronaldinho explica motivo de saída do Flamengo e exalta: "Torcida diferente"

Relembre o caso deCR7 com a Justiça da Espanha

O astro português do Real Madrid, é acusado também de promover a opacidade - que é a ausência de transparência - por recorrer a uma empresa nas Ilhas Virgem britânicas designada de Tolin. O fisco espanhol admite que Cristiano Ronaldo é um "contribuinte importante em termos de quantidade e pelo seu impacto midiático".

No total, CR7 é acusado da prática de quatro crimes de fraude fiscal e que teriam deixado em falta 14,7 milhões de euros de impostos na Espanha entre 2011 e 2014. O jogador já negou as acusações várias vezes e se recusa a chegar a acordo com a Justiça espanhola. Em meados de outubro, a defesa do jogador considerou a acusação como "inconsistente" e "sem fundamental algum". Além de Cristiano Ronaldo e Diego Costa, Lionel Messi também já foi alvo de investigações.

Ler 45 vezes

Usuários Online

Temos 1528 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Procura-se distribuidor para erva-mate

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Cláudia Decoração de Festas e Brinquedos…

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESTADO

Polícia usa bomba de efeito moral e bala…

TEMPO

Frio perde a intensidade neste sábado em…

GERAL

Avião de Temer fica sem combustível para…

ESTADO

Prefeito investigado por assédio sexual …

INUSITADO

Sem-teto morre e polícia descobre que el…

DICAS

Sorteio de um mini barril de chopp no Re…

PAÍS

Governo edita decreto e tropas federais …

ESTADO

Maioria das cidades do RS ficará sem gás…

REGIÃO

Agricultores derramam leite no asfalto e…

ESPECIAL

Hospital de Caridade mantém apenas atend…

GERAL

Presidente anuncia uso das forças federa…

ESPECIAL

Caminhoneiros mantêm bloqueio na BR-468…

...