Domingo, 15 Abril 2018 20:25

Brasil vence o Chile na abertura da fase final da Copa América feminina

Avalie este item
(0 votos)
Vitória por 3 a 1 foi a mais complicada do torneio até aqui Crédito: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação CP

O Brasil superou, nesta segunda-feira, seu desafio mais difícil na Copa América Feminina e manteve os 100% de aproveitamento na competição. Com ótimo público no Estádio La Portada, em La Serena, a seleção encarou as donas da casa, as chilenas, e venceu por 3 a 1 na abertura da fase final do torneio

Depois de liderar sem dificuldades o Grupo B na primeira fase, a seleção largou na frente no quadrangular final. A equipe soma os mesmos três pontos da Argentina, que surpreendeu a Colômbia também por 3 a 1.

Quinta-feira, o duelo será justamente diante das argentinas. Na rodada final, domingo, confronto com as colombianas.

A seleção brasileira começou em cima nesta segunda e quase marcou aos 19 minutos, quando Rafaelle arriscou de fora da área e acertou o travessão. Dois minutos depois, após cobrança de falta na área e desvio na marca no pênalti, novamente a trave impediu o gol. Só que no rebote, Mônica finalizou para a rede.

O ataque brasileiro se beneficiava da ampla vantagem na estatura e seguia levando perigo pelo alto. Aos 25, Marta cobrou falta para a área, Thaisinha ficou com a sobra e cruzou para Bia Zaneratto, que marcou de cabeça. Nove minutos mais tarde, Marta fez grande jogada e encontrou Thaisinha para fazer o terceiro.

O Chile pouco assustava e só levava perigo em chutes de longe. Aos 43, Lara tentou e obrigou Bárbara a fazer uma grande defesa. No segundo tempo, aos 17 minutos, a goleira não alcançou a finalização perfeita de fora da área de López, que diminuiu. Mas ficou nisso.

O campeão e o vice do torneio sul-americano garantirão lugar direto no Mundial de 2019, na França, enquanto o terceiro disputará repescagem contra um representante da Concacaf em busca de outra vaga. A seleção vencedora da Copa América também vai assegurar um posto na Olimpíada de Tóquio, em 2020, e a vice-campeã jogará repescagem contra uma nação da África por uma segunda vaga.

O Brasil faturou o título sul-americano em 1991, 1995, 1998, 2003, 2010 e 2014 e só não ficou com a taça de campeão em 2006, quando foi surpreendido pela Argentina na decisão realizada na casa da adversária. Com a ida à fase final, a seleção já garantiu vaga nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019.

Ler 211 vezes

Usuários do Dia

Temos 65936 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

GERAL

Surto de vírus deixa várias pessoas doen…

POLÍCIA

Mais um foragido é preso no centro da ci…

TEMPO

Outono no RS deve ser marcado por La Niñ…

REGIÃO

Homem morre de choque elétrico ao usar l…

ESTADO

Ameaças de ataque contra escola colocam …

CIDADE

Ex-aluno do Ipiranga é aprovado em seis …

REGIÃO

Construção do Hospital Regional já tem e…

ESPECIAL

Interposto recurso para aumentar a pena …

ESPECIAL

Sine de Três Passos começa a semana com …

GERAL

CPF passará a valer como documento único

ESPECIAL

Preso mais um acusado de latrocínio na c…

TRÂNSITO

Motorista morre eletrocutado após aciden…