Segunda, 23 Abril 2018 22:01

Quando o frio do outono vai chegar, segundo o Climatempo

Avalie este item
(1 Votar)

Foto: Ilustração

O outono de 2018 começou no dia 20 de março. Características de verão predominaram no primeiro mês da estação, com calor e umidade no ar elevada sobre o Brasil. Eventos de chuva forte foram observados em quase todos os estados. No começo da segunda quinzena de abril houve um resfriamento moderado em áreas do Sul e do Sudeste, mas a última semana de abril será marcada com calor no país.

A pergunta que muita gente está fazendo agora é: quando vai chegar o frio? O outono/inverno de 2018 será muito rigoroso?

A resposta para a primeira pergunta é "falta pouco" e para a segunda é "não".

Quando vai esfriar?

O ar polar começa a chegar com mais força e frequência sobre o Brasil na virada da primeira para a segunda quinzena de maio de 2018. É durante a segunda quinzena de maio que o centro-sul do país vai começar a sentir os primeiros dias realmente frios do outono de 2018. Os três estados do Sul já poderão ter geada, mas ainda sem risco a agricultura. Temperaturas abaixo de zero são esperadas para as regiões mais elevadas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Em grande parte da segunda quinzena de maio, a sensação será de frio nas capitais Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, São Paulo, Campo Grande e Cuiabá.

Ondas de frio fortes e de grande extensão avançam sobre o Brasil durante o mês de junho, com potencial para resfriar as áreas do centro-norte das Regiões Centro-Oeste e Sudeste.  A possibilidade de alguns evento de neve é esperada para junho ou julho.

Nem El Niño, nem La Niña

Os principais centros de análise do clima global e de monitoramento de fenômenos como El Niño e La Niña concordam que não teremos nenhum destes fenômenos oceânicos no decorrer do outono/inverno (primavera/verão) de 2018 no Hemisfério Sul (Norte). A situação é de neutralidade com tendência de aquecimento. Assim, não há nenhuma mudança oceânico-atmosférica que force um resfriamento ou aquecimento fora do normal sobre a América do Sul no outono/inverno de 2018.

"Estas condições oceânicas são parecidas com o que se observou no outono/inverno do ano passado, que não teve eventos extremos", explica o meteorologista Alexandre Nascimento, um dos especialistas em análise climática da Climatempo. Nascimento completa que "não há expectativa de frio extremo para o Brasil este ano. Vamos ter, sim, alguns eventos de frio intenso, alguns dias de geada forte no Sul, algum evento de geada em estados como Mato Grosso do Sul e São Paulo, mas nada muito fora do que normalmente ocorre nestas estações."

Feriado de 1º de maio

Quem estiver contanto com o frio do outono no feriado prolongado de 1º de maio deve se decepcionar. Uma massa de ar seco e quente ganha força na ultima semana de abril entre o Paraguai e o Brasil e vai dificultar o deslocamento da chuva e do ar polar das frentes frias. A tendência é de que a maioria das áreas do Sul, Sudeste e do Cetro-Oeste tenham muito sol, pouca chance de chuva, noites frescas e tardes quentes. A chuva deve ficar concentrada sobre o Norte, Nordeste e no extremo sul da Região Sul.

Climatempo

Ler 2819 vezes

Usuários Online

Temos 1545 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Procura-se distribuidor para erva-mate

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Cláudia Decoração de Festas e Brinquedos…

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESTADO

Polícia usa bomba de efeito moral e bala…

TEMPO

Frio perde a intensidade neste sábado em…

GERAL

Avião de Temer fica sem combustível para…

ESTADO

Prefeito investigado por assédio sexual …

INUSITADO

Sem-teto morre e polícia descobre que el…

DICAS

Sorteio de um mini barril de chopp no Re…

PAÍS

Governo edita decreto e tropas federais …

ESTADO

Maioria das cidades do RS ficará sem gás…

REGIÃO

Agricultores derramam leite no asfalto e…

ESPECIAL

Hospital de Caridade mantém apenas atend…

GERAL

Presidente anuncia uso das forças federa…

ESPECIAL

Caminhoneiros mantêm bloqueio na BR-468…

...