Quinta, 10 Maio 2018 02:09

Prefeitura pede caixão para sepultar “gordo, baleia” e causa polêmica

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Ilustração

A prefeitura de Três Corações, em Minas Gerais, começou a receber nesta terça-feira, 8, propostas de empresas interessadas em fornecer 40 caixões para o município. Mas eles devem ser no tamanho para sepultar “gordo, baleia”, segundo os termos oficiais que constavam em edital publicado pela administração municipal. A situação causou polêmica na cidade.

“Serviço funerário adulto especial (gordo, baleia)”, detalhava o documento da prefeitura ao convidar as funerárias para participar do certame enviando as suas propostas. A intenção é adquirir 40 caixões ao preço unitário de R$ 1.200 e valor total de R$ 48 mil, sendo voltados a famílias carentes do município.

Agentes funerários da cidade também se surpreenderam com a situação e esclareceram que caixões têm tamanhos definidos como roupas: G, GG ou Extra G.

A prefeitura alegou ter usado termos técnicos quando se referiu ao tamanho, mas se desculpou depois porque seriam antigos. Informou ainda que “nunca teve o intuito de ofender ou causar constrangimento a qualquer pessoa” e prometeu corrigir o edital, que foi tirado do ar na tarde desta quarta-feira, 9.

Banda B

Ler 2567 vezes Última modificação em Sexta, 11 Maio 2018 19:59

Usuários Online

Temos 171118 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Pais passam a noite em fila para garanti…

TEMPO

Semana começa com calor acima dos 30°C a…

ESTADO

Adolescente desaparece nas águas da barr…

GERAL

Congresso decide votar projetos que aume…

TRÂNSITO

Samu atende dois acidentes de trânsito e…

ESPECIAL

Vídeo - Acidente com vítima fatal no cen…

ESPECIAL

Homem é preso por tráfico de drogas em T…

POLÍCIA

Peão é morto com facada após discussão e…

ESPORTES

Oswaldo de Oliveira é tricampeão da Copa…

ESPORTES

Jogos do final de semana agitam jornais …

ESPORTES

Gallardo e Schelotto protagonizam duelo …

ESPORTES

Caso vença final, Boca se tornará maior …