Sábado, 30 Junho 2018 09:15

Três Passos está entre as 60 cidades mais desenvolvidas do RS, aponta IFDM

Avalie este item
(3 votos)

Fraco nível de emprego e renda trava desenvolvimento na região. Foto: Arquivo/Facebook/Jairo Renz

De acordo com o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), divulgado na quinta-feira, 28, pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, Três Passos é o município da Região Celeiro melhor colocado a nível nacional e estadual, e está entre as 60 cidades mais desenvolvidas do Estado e 332 do país.

A cidade segue crescendo seu índice de IFDM Médio em relação ao último divulgado. Com dados na base do ano de 2016, o município tem 0.8109 (considerado alto), estando na posição 60, no RS, e na posição 332, no país. Em Emprego e Renda, o município tem 0.6037 (considerado moderado), na 116º posição no RS e na 781º posição nacional. Em Educação, Três Passos tem o índice 0.9262 (considerado alto), na 33º posição no estado e na 425º posição nacional. Por último, em Saúde, Três Passos tem 0.9028 de índice (considerado alto), estando na posição 175º no RS e 678º no ranking nacional.

Conforme o levantamento, houve um pequeno crescimento em relação ao ano de 2015, que foi de 0,8064. O índice coloca a cidade no grupo dos municípios brasileiros com Alto Desenvolvimento. Apesar da boa colocação nas áreas de Educação (0.9262) e Saúde (0.9028), o estudo revela que Emprego e Renda (0.6037) cresceu apenas cerca de 5 pontos em comparação ao ano anterior, permanecendo Três Passos no grupo das cidades com Desenvolvimento Moderado.

Estado

O IFDM revela que 99% das cidades gaúchas (485 dos 490 municípios avaliados) atingiram nível de desenvolvimento alto ou moderado em 2016, ano-base do levantamento. Entre as 100 melhores de todo o País, há 18 do Rio Grande do Sul, valor que só é superado pelo estado de São Paulo. Além disso, nenhuma cidade gaúcha registra baixo desenvolvimento.

O estado é o que reúne, proporcionalmente, mais municípios com nível de excelência em Saúde: 84,9% (ou 421 cidades). O Rio Grande do Sul responde por sete dos dez melhores municípios do país nesse quesito. Apesar disso, o cenário evolutivo frente a 2015 se: 53% dos municípios avançaram, enquanto 47% recuaram.

IFDM

O índice monitora todas as cidades brasileiras e a avaliação varia de 0 a 1, sendo que quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento. Cada uma delas é classificada em uma das quatro categorias do estudo: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,6), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1). O índice leva em conta conquistas e desafios socioeconômicos de competência municipal: manutenção de ambiente de negócios propício à geração local de emprego e renda, educação infantil e fundamental, e atenção básica em saúde.

IFDM 2016

IFDM consolidado - 0.8109

Nacional – 332º

Estadual – 60º

Emprego e Renda - 0.6037

Nacional781º

Estadual – 116º

Educação - 0.9262

Nacional – 425º

Estadual – 33º

Saúde - 0.9028

Nacional – 678º

Estadual – 175º

*Atualizada às 19h de sábado, 30.

Ler 2464 vezes Última modificação em Sábado, 30 Junho 2018 19:16

Usuários Online

Temos 176254 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FENÔMENO

Geada é registrada próximo à divisa com …

POLÍCIA

Casal é amordaçado e amarrado dentro de …

REGIÃO

Homem é socorrido em estado grave após l…

SEGURANÇA

Como vai funcionar o novo sistema de cer…

DIVERSOS

Pavimentação asfáltica em Tiradentes do …

ESPECIAL

Justiça proíbe exigência da prefeitura q…

POLÍCIA

Jovem desaparecido é encontrado sem vida…

ESTADO

Gasolina no RS tem preço mais alto do su…

GERAL

PIS começa a pagar R$ 1,3 bi a quase 2 m…

JUSTIÇA

Médico é preso por dopar e abusar sobrin…

ESTADO

Governo pretende unificar telefones de e…

VARIEDADES

Precisamos de conversas mais sinceras - …