Sábado, 21 Julho 2018 16:12

Médico esquece pano na barriga de paciente no Noroeste do RS

Avalie este item
(5 votos)

Mulher precisou passar por mais três cirurgias. Foto: Arquivo Pessoal

O que era para ser uma cirurgia de vesícula virou um pesadelo para uma moradora de uma cidade no Noroeste do RS. Após se submeter à intervenção cirúrgica em um hospital público, a paciente, na época com 27 anos, descobriu que havia um corpo estranho em seu abdômen. Exames constataram que se tratava de um pano, que precisou ser retirado em uma nova cirurgia. Em consequência do incidente, surgiram outros problemas clínicos e a mulher precisou de mais duas cirurgias. Uma ação ordinária de indenização por danos morais e estéticos foi ajuizada pela paciente e transcorre na Justiça em primeira instância. Veja o relato:

 “eu gostaria de contar minha história pois acho que se as pessoas não lutarem por justiça nunca mudaremos nada sei oque me espera e enfrento já situações que dá muita raiva mas não baixarei minha cabeça pra ninguém pois estou falando a verdade e vou provar por esse motivo quero que muitos saibam do que passei pra encorajá-los a lutar por seus direitos não fui só eu vítima desse médico e passei por cada situação que mais parece um pesadelo

tenho uma ação contra o médico e outra contra o hospital e estou esperando pra ser chamada pra dar depoimento na delegacia pois  foi registrado um boletim de ocorrência enquanto estava no hospital pois fiz uma cirurgia de vesícula e deixaram um pano ai falaram pra minha família que eu teria comido o pano mas antes de fazer a cirurgia onde retiraram o pano fiz três ecografia uma endoscopia e uma ressonância

dia 06-07-2016 foi feito a cirurgia de vesícula

no dia 17-11-2016 onde foi tirado o pano

dia 26-11-2016 nova cirurgia pois não deixou dreno e inchou muito minha barriga e tinha pneumonia aí de tanto tossir arrebentou por dentro foi o que me salvou pois estava com infecção generalizada e tinha cheiro ruim o médico só dizia que era normal

dia 22-02-2018 fiz a última onde tinha uma érnia decorrente das cirurgias um cisto no fígado pode ter sido das medicações muito forte e meu intestino todo grudado na parede da barriga

a primeira da vesícula sim mas depois  quando retiraram o pano teve mais um e acabaram se enrolando pois o médico da primeira vesícula alega que o pano estaria no intestino e o outro que ajudou na segunda falou que o pano estaria no esôfago

o anestesista me chingou um monte assim que me levaram pro quarto mas nem tinha noção ainda do que teria acontecido

eu sei que não comi o pano pois é um pano que só tem no bloco

e não teria como ninguém comer um pano

eu  fiz uma endoscopia vi meu estômago não tinha nada

e já por várias vezes que fui no hospital e sempre  tem um do hospital pra me ofender respondo educadamente lhes conto algumas partes e lhes digo que não me assusto facilmente e não vou desistir porque quantos já passaram por isso tive meus direitos negados não me deram socorro adequado

e  só estou esperando pra dar depoimento na civil onde quero respostas a psicóloga atestou que eu teria um distúrbio onde nunca fui paciente dele nem nunca conversei com ele como vem e atesta algo assim que ai eu poderia comer cabelo pano isso foi alguns dias antes de me abrirem e tirarem o pano outra quero resposta também fui pra ijuí onde o médico me examinou e mandou um papel assinado dando 24 horas pra me operarem de novo cadê o papel  porque esperaram tanto tempo pra resolverem fazer a cirurgia fui pra três passos o médico não quis fazer nada pois tava cansado de consertar as cagadas do doutor.

era um pano daqueles que é usado pra estancar o sangue durante a cirurgia então é muito maior que um de gaze

falaram até que teriam filmagem estaria tudo documentado não iria adiantar eu querer prejudicar eles  que iriam mostrar as filmagens pro meu marido então quando ele foi ate ele e pediu as filmagens não mostraram essas filmagens foi mandada pro doutor de três passos o qual falou que  não teria  de forma alguma uma pessoa comer esse pano e dai fica a pergunta como que eles filmaram se não tem filmadora no bloco qual a intenção de alguém filmar então foi com celular quem foi por que qual o motivo de mandar pro médico de três passos

e esse pano só tem no bloco vem tudo lacrado

e a última cirurgia foi com outro medico esse é um ótimo médico eu não estava conseguindo remarcar minha cirurgia pois quando foi marcada faltava a ressonância aí dificultaram um monte a remarcação da cirurgia até esse médico ir e ele mesmo remarcou

conversei um monte com ele e ele falou que ia fazer seu trabalho com ética jamais me colocaria em risco e se meu quadro piorasse ia me transferir na hora era pra mim ficar tranquila senti sinceridade e não tive medo nenhum e queria fazer aqui pra mostrar que não vou baixar a cabeça e não me assustar nem um risco que eu corra pois tenho toda minha família aqui e se eu tiver medo como vou levar meu filho pra o hospital então por isso encaro qualquer situação com a cabeça erguida”, relatou a paciente ao Três Passos News.

Ler 9738 vezes Última modificação em Domingo, 22 Julho 2018 19:31

Usuários Online

Temos 3098 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

GERAL

Usuários relatam que celulares foram adi…

REGIÃO

Homem morre em acidente com trator no No…

TEMPO

Saiba com será o tempo na próxima semana…

REGIÃO

Homem ficou ferido ao cair de telhado em…

GERAL

TSE abre ação para investigar suspeita c…

ESTADO

Rio Grande do Sul tem 55 vítimas de este…

POLÍCIA

Polícia Federal começa a investigar fake…

ESPECIAL

Acidente deixa homem gravemente ferido n…

ESPECIAL

Três rodovias na Região de Três Passos s…

TRÂNSITO

Colisão em ponte deixa dois feridos na B…

REGIÃO

Homem morre após ser picado por cobra no…

DIVERSOS

Edital para processo seletivo simplifica…