Quinta, 09 Agosto 2018 21:22

Viagem Segura de Dia dos Pais reforça fiscalização de sexta-feira a domingo

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Reprodução

O Dia dos Pais movimenta muita gente que se desloca pelas estradas por todos os pontos do estado. Com a média de uma morte no trânsito a cada três horas e vinte e cinco minutos, a data mobiliza as autoridades, que realizam, a partir da zero hora desta sexta-feira (10), a 91ª edição da Operação Viagem Segura. A fiscalização concentrada se estende por três dias, até a meia-noite de domingo (12).

A reunião preparatória aconteceu na terça-feira (7), no Círculo Militar, em Porto Alegre, sob a coordenação do DetranRS, que apresentou dados estatísticos de infrações de trânsito e de acidentalidade com vítimas fatais nas Operações Viagem Segura anteriores. A análise aponta que o Dia dos Pais ocupa a segunda posição no ranking de acidentalidade em feriados e datas festivas, com média de 7,2 óbitos por dia de Operação Viagem Segura, atrás apenas do Dia das Mães (8,3 óbitos/dia).

Uma análise da data nos últimos 11 anos aponta um pico de acidentalidade fatal em 2012, quando morreram 33 pessoas em três dias. A menor média histórica foi em 2016 (3,3 mortes/dia), mas voltou a subir em 2017 (média de 8,7 mortes/dia). Nos últimos dez anos, 236 vidas foram perdidas no fim de semana de Dia dos Pais.

Quando se observa a distribuição das mortes pelos três dias de deslocamentos (sextas, sábados e domingos) de 2007 a 2017, destaca-se o sábado como o período de maior concentração de mortes ? 9,3 em média, contra 6,2 na sexta-feira, e 8,1 no próprio domingo. A noite concentra a acidentalidade fatal nos três dias, superando as manhãs, tardes e madrugadas por larga margem.

Essas mortes aconteceram predominantemente nas rodovias (71%), sendo 40% em federais e 31% em estaduais. Vinte e uma vidas foram perdidas no município de Porto Alegre. Passo Fundo também foi destaque negativo nesse ranking, com 14 óbitos, seguido por Rio Grande e Pelotas, com oito mortes cada um. Dentre as rodovias, as que registraram maior acidentalidade fatal foram a BR 116 (20 óbitos), a BR 386 e a BR 290 (18 óbitos cada uma) e a BR 285 (17 óbitos).

Governo do RS

Ler 77 vezes Última modificação em Sexta, 10 Agosto 2018 11:32

Usuários Online

Temos 1540 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Promoção ZERO GRAU!

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Campeão de audiência

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Anuncie aqui

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

INTERNACIONAL

Polícia apreende caminhonete registrada …

GERAL

Mulher morre atropelada pelo próprio car…

POLÍCIA

Presos empresários suspeitos de venderem…

ESTADO

Pesquisa Ibope aponta intenção de voto p…

VARIEDADES

Descongestionante nasal vicia? Confira o…

INUSITADO

Família depreda o próprio carro após men…

ESPECIAL

Ministério do Trabalho interdita Unidade…

REGIÃO

Suspeitos de roubo a ônibus são presos e…

POLÍCIA

Máquinas caça-níqueis são apreendidas na…

TRÂNSITO

Caminhão é flagrado com mais de 8 tonela…

ESTADO

Menores pintam parada, muros e escola qu…

ESPECIAL

Temperatura sobe e chuva retorna no domi…

...