Quinta, 09 Agosto 2018 15:42

Gleisi defende Haddad nos debates se Lula for impedido de participar

Avalie este item
(0 votos)

iG São Paulo

Ex-prefeito de São Paulo vai representar Lula “em todos os espaços”; segundo o atual vice da chapa petista, ex-presidente tem desejo de se expor

PT quer Fernando Haddad nos debates representando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

PT quer Fernando Haddad nos debates representando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Foto: Divulgação

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad deram uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (10) após visitarem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Questionada por jornalistas, Gleisi afirmou que sem Lula, o PT quer a participação de Haddad nos debates.

“Vamos tomar todas as medidas necessárias para a participação de Lula e, se não conseguirmos, a participação de Haddad nos debates. Nós não queremos e não podemos ficar fora dos debates em respeito ao povo brasileiro”, afirmou a presidente do PT.

Segundo Gleisi, Haddad vai representar Lula “em todos os espaços”. A senadora reforçou ainda que Lula “não está com os direitos políticos suspensos” e, por isso o petista “pode participar do processo eleitoral, dos debates, inclusive dos programas eleitorais”.

Atual vice da chapa petista, Haddad também defendeu a participação de Lula nos debates. De acordo com o ex-prefeito de São Paulo, Lula tem o desejo de se expor, de participar dos debates e enfrentar qualquer questionamento.

Sobre o registro da candidatura do ex-presidente, Gleisi comentou que haverá caravanas de todos os estados, movimentos sociais e sindicatos também estarão em Brasília no dia 15 de agosto, quando a chapa será registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Agora, durante a campanha nosso candidato à vice-presidente é o porta voz do presidente. É a sua voz com a sociedade. Vai andar o Brasil, vai fazer os debates, vai participar das sabatinas, vai ser a voz de Lula, do nosso programa, do nosso projeto para o povo brasileiro. Um projeto que tem lado que é o lado dos mais pobres, que é o lado daqueles que mais precisam. Nós queremos resgatar o Brasil governado por Lula, governado pelo PT e avançar”, afirmou a presidente do PT.

Na quinta-feira (9), paralelamente ao debate com os candidatos a Presidência na TV Bandeirantes, o PT transmitiu um debate que contou com a participação de Haddad, Gleisi, além da deputada estadual do Rio Grande do Sul, Manuela D'Ávila (PCdoB) – indicada como futura vice da chapa PT-PCdoB; e o ex-presidente da Petrobras e coordenador-geral da campanha petista, Sergio Gabrielli.

Os petistas usaram o tempo do evento para alertar sobre o que chamaram de 'censura' aLula. Afinal, logo no início do 'debate paralelo', criticaram a ausência do ex-presidente do debate oficial, dizendo que, permitir Lula na TV não é 'um favor', mas 'uma prerrogativa legal'.

"De acordo com o Código Eleitoral, com a Constituição, o candidato, ainda que tenha contestada a candidatura, deve gozar de todos os direitos dos demais candidatos. Não é um favor, é uma prerrogativa legal", disse Haddad nos debates. A fala, porém, não é direta do ex-prefeito de São Paulo, mas de um doscandidatos à Presidência, Lula, que mandou uma carta aos seus colegas de partido.

Ler 99 vezes

Galeria de Imagens

Usuários do Dia

Temos 96686 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Ameaças de atentado em universidade mobi…

JUSTIÇA

Homem deve pagar indenização por transmi…

SEGURANÇA

100 mil dólares são apreendidos na BR-38…

DIVERSOS

Tiradentes do Sul – 27 anos!

GERAL

Surto de vírus deixa várias pessoas doen…

POLÍCIA

Mais um foragido é preso no centro da ci…

TEMPO

Outono no RS deve ser marcado por La Niñ…

REGIÃO

Homem morre de choque elétrico ao usar l…

ESTADO

Ameaças de ataque contra escola colocam …

CIDADE

Ex-aluno do Ipiranga é aprovado em seis …

REGIÃO

Construção do Hospital Regional já tem e…

ESPECIAL

Interposto recurso para aumentar a pena …