Quinta, 16 Agosto 2018 23:30

Vídeo - PRF usa drone para flagrar ultrapassagem no RS

Ação coordenada ocorreu em todo o Estado. Foto/Vídeo: PRF

Na manhã desta quinta-feira, 16, a PRF realizou uma ação coordenada entre as equipes de serviço, focando a fiscalização nas infrações de forçar ou ultrapassar em locais proibidos, consideradas uma das infrações que mais provocam letalidade no trânsito.

As equipes da PRF atuaram em mais de 20 pontos das rodovias federais do RS. Em duas horas de operação coordenada, 125 condutores foram autuados com multas que vão de 1.467,35, por ultrapassar em local proibido, até R$ 2.934,70, no caso do veículo que forçar ultrapassagem. Neste caso, há também a suspensão da CNH. Em 2017, foram extraídas 19.120 multas por estes tipos de infração no RS. Este ano, já foram 12.500 infrações constatadas.

O objetivo dessa Ação Coordenada é o de reprimir as ultrapassagens indevidas nos pontos críticos de acidentalidade. A PRF mantém este tipo de operação como parte de sua rotina de fiscalização.

Somente ano passado a PRF aplicou 224.479 multas por ultrapassagem em rodovias federais de todo o país. Infelizmente, 425 pessoas perderam a vida em acidentes provocados por ultrapassagens irregulares. O objetivo da PRF é coibir uma das infrações que mais causam morte e lesões graves nos acidentes.

Com informações da PRF

Ler 3172 vezes

Usuários Online

Temos 193099 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Veículo de Três Passos se envolve em aci…

POLÍCIA

Chega a 19 o número de bandidos mortos e…

GERAL

Gisele Bündchen chora ao reencontrar tim…

TRÂNSITO

Saída de pista deixa homem ferido na VRS…

ESPECIAL

Mulher campeã de longevidade completa 11…

ESPECIAL

Semana começa com calor e alerta para te…

TRÂNSITO

Colisão entre moto e caminhonete deixa u…

POLÍCIA

Confronto com a polícia termina com 4 as…

TEMPO

Segunda metade de dezembro terá muita ch…

CIDADE

HCTP apura denúncia de mau atendimento d…

REGIÃO

Homem sobe em torre de energia elétrica …

TEMPO

Por que apesar da previsão ainda não cho…