Segunda, 03 Dezembro 2018 20:54

TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro com ressalvas

Avalie este item
(0 votos)

Diplomação do presidente eleito está marcada para o próximo dia 10, e TSE precisava analisar contas antes disso. Relator destacou que irregularidades têm 'pouquíssima relevância'. O presidente eleito Jair Bolsonaro Rafael Carvalho / Governo de Transição O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (4) com ressalvas as contas de campanha do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB). A diplomação de Bolsonaro está marcada para o próximo dia 10, e o TSE precisava analisar as contas da campanha antes disso. Ao votar, o relator do caso, Luís Roberto Barroso, afirmou que, segundo a área técnica do tribunal, grande parte das "inconsistências" na prestação de contas foi sanada após a defesa de Bolsonaro retificar a prestação.
"As irregularidades detectadas são de pouquíssima relevância", afirmou. Segundo a prestação entregue pelos advogados de Bolsonaro, a campanha arrecadou R$ 4,3 milhões e gastou R$ 2,8 milhões. Ressalvas nas contas Segundo Barroso, o montante de irregularidades nas receitas foi de R$ 8.275, correspondente a 0,19% dos recursos recebidos. Já as irregularidades nas despesas alcançaram $ 58.333,32, equivalente a 1,33% do total arrecadado, o que representa 1,52% dos recursos obtidos pela chapa vencedora. “Esse valor de pequena expressão não acarreta a reprovação das contas”, afirmou Barroso ao votar. Ainda segundo o relator, o julgamento da prestação de contas não impede a investigação de eventuais irregularidades nas esferas cível e criminal posteriormente. O ministro determinou o recolhimento, ao Tesouro Nacional, de R$ 5,2 mil relativos ao recebimento de doações de fontes vedadas e de R$ 3 mil relativos ao recebimento de recursos de origem não identificadas. "Os números envolvidos na presente prestação demonstram ser possível participar das eleições mediante mobilização da cidadania e não do capital sem fazer do processo eleitoral sem fazer do processo eleitoral um derramamento de dinheiros escusos", concluiu. Os ministros Edson Fachin, Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira acompanharam o relator. Última a votar, a presidente da Corte, Rosa Weber, também acompanhou o voto de Barroso e elogiou a prestação de contas. "As ressalvas são mínimas e se impõem exclusivamente em função dos critérios", afirmou. Argumentos A advogada de Bolsonaro, Karina Kufa, afirmou que o candidato buscou "baratear" a campanha, já que se tratava de partido pequeno com poucos doadores, e que eventuais falhas na prestação de contas foram sanadas, por isso, pediu a aprovação sem ressalvas. Sobre a doação de permissionários, vedadas por lei, a advogada disse que não há lista prévia para que sejam impedidas as doações nas plataformas digitais, o que torna "impossível" à campanha identificar esses valores. Para o vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, apesar das correções feitas pelos advogados, a prestação de contas apresenta falhas, o que justifica a aprovação com ressalvas. A área técnica do tribunal e a Procuradoria Geral Eleitoral recomendaram a aprovação com ressalvas. Apesar de ter apontado 23 inconsistências na prestação enviada ao TSE, o entendimento foi o de que elas não comprometeram a regularidade da prestação. Contas do PSL A Corte também aprovou, por unanimidade, as contas do PSL com ressalvas. Segundo o TSE, o partido terá que devolver ao Tesouro Nacional o valor de R$ 750.
Ler 40 vezes

Galeria de Imagens

Usuários Online

Temos 12592 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPORTES

ATLEC conquista o bicampeonato da Copa N…

ESPORTES

Damião é anunciado por time japonês insp…

POLÍCIA

Operação Hot Stamp cumpre mandados em Te…

GERAL

Gasolina já é vendida a R$ 4,45 em cidad…

TRÂNSITO

Radar com alcance de 1,2 km e drones ser…

ESPORTES

Braga pode se igualar ao Porto no Campeo…

ESPORTES

Wolfsburg precisa vencer Nurnberg pelo A…

ESPORTES

Na Espanha, Celta mira Liga Europa contr…

ESPECIAL

Chuva avança para boa parte do Estado e …

POLÍCIA

Dupla é presa após agredir casal de idos…

SEGURANÇA

Em 12 dias, 14 bandidos morrem em confro…

CIDADE

Vídeo - Cante e Encante se apresenta no …