Sábado, 12 Janeiro 2019 13:48

Pensão por morte, auxílio-reclusão e aposentadoria rural na mira do governo

Foto: Reprodução

Deve ser publicada na próxima segunda-feira (14) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, uma medida provisória de combate a fraudes no INSS. O anúncio foi feito pelo secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que confirmou a realização de uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregularidade. Marinho destacou que o mutirão poderá gerar uma economia significativa aos cofres públicos, uma vez que há relatórios de ações anteriores, do Tribunal de Contas da União (TCU), que demonstram uma incidência de 16% a 30% de fraude nesse tipo de benefício.

A expectativa é que estejam na mira os benefícios como pensão por morte, auxílio-reclusão e aposentadoria rural. Estimativa da União sinaliza diminuição de R$ 17 bilhões a R$ 20 bilhões as perdas até dezembro.

Os detalhes da minuta do documento que já está elaborado ainda não foram divulgados, mas estima-se que o novo pente-fino, como tem sido chamada a medida, seja semelhante às ações que já foram feitas em 2017 e 2018.

Ler 2314 vezes

Usuários do Dia

Temos 4503 visitantes e Nenhum membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Foragido preso é encaminhado ao Presídio…

ESTADO

TJ-RS reconhece direito a danos morais p…

MUNDO

Mulher morre após cinco horas de sexo se…

ESPECIAL

Alunos da UERGS Três Passos realizam tro…

POLÍCIA

Foragido da Justiça de Novo Hamburgo é p…

ESPECIAL

Polícia Civil do Rio Grande do Sul faz a…

POLÍCIA

Aluna ameaça realizar massacre em escola…

POLÍCIA

Ex-presidente Michel Temer é preso pela …

MUNDO

Por ciúmes do marido, mãe mata filha rec…

GERAL

Agricultores podem perder propriedades p…

CURIOSIDADES

Americano usa manequins para mandar reca…

ESTADO

Gasolina sobe novamente e pesquisa já en…