Domingo, 10 Fevereiro 2019 12:57

Ícônico e querido, Ricardo Boechat deixou sua marca no jornalismo brasileiro Destaque

Avalie este item
(0 votos)

Nesta segunda-feira (11), o jornalismo brasileiro sentiu o impacto da morte de Ricardo Boechat, decorrente de uma queda de helicóptero na Rodovia Anhanguera, na Grande São Paulo. Durante a sua jornada, que teve uma interrupção trágica, Boechat deixou uma grande marca no jornalismo.

Jornalista e radialista Ricardo Boechat
Reprodução/Instagram
Jornalista e radialista Ricardo Boechat

Leia também: Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente de helicóptero em São Paulo

O jornalista e radialista Ricardo Boechat nasceu em Buenos Aires, na Argentina, em 13 de julho de 1952. Dentre seus 66 anos de vida, Boechat dedicou quase 50 ao jornalismo. A sua carreira se iniciou em 1970, quando foi repórter do extinto Diário de Notícias.

Na mesma época, também começou a sua carreira como colunista, sendo um colaborador da equipe de Ibrahim Sued. Foi só em 1983, quando já tinha mais de uma década de carreira, que Boechat migrou para o jornal O Globo. Em 1989, ocupou o cargo de editor da coluna "Swann", que posteriormente foi transformada em "Boechat".

A marca deixada por Boechat no jornalismo

Ricardo Boechat é uma instituição da comunicação brasileira
Divulgação/Bandeirantes
Ricardo Boechat é uma instituição da comunicação brasileira

Leia também: Ricardo Boechat conta que retirou câncer de pele e faz apelo pela prevenção

Boechat integrou a equipe dos principais veículos de mídia do país, como os jornais O Dia, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil. Em relação à televisão, Boechat foi apresentador do "Bom Dia Brasil", da Globo, de 1997 a 2001.

Em 2006, entrou para o grupo Bandeirantes, como o diretor de jornalismo no Rio de Janeiro, e se tornou o âncora do " Jornal da Band", o principal noticiário da emissora em questão. Tinha também um programa diário na rádio BandNews FM. Além de exercer a função de âncora do "Jornal da Band" e comandar seu programa diário na BandNewsFM, Boechat também era colunista da revista IstoÉ.

Um dos jornalistas mais premiados

Ricardo Boechat
Diculgação
Ricardo Boechat

Boechat ganhou uma quantidade expressiva de prêmios ao longo de sua carreira. O jornalista conquistou três vezes o Prêmio Esso (em 1989, 1992 e 2001), que é o mais importante destinado aos profissionais da imprensa. Boechat ambém foi o mais premiado do Comunique-se, outra grande premiação destinada a profissionais da área da comunicação, com direito a oito prêmios. O prêmio mais recente conquistado por Boechat foi o Troféu Imprensa, em 2016, momento em que recebeu o título de Melhor Apresentador de Telejornal.

Leia também: Ricardo Boechat comemora 1 milhão de seguidores de rádio lendo tweets inusitados

Casado com Veruska Seibel Boechat, com quem teve duas filhas, Ricardo Boechat sempre foi mencionado com muito respeito e admiração pelos profissionais da área jornalística. Sua morte, aos 66 anos, gerou muita comoção não só entre o público, como também entre os próprios colegas. O jornalista deixa, ainda, quatro filhos, Beatriz, Rafael, Paula, Patrícia, do casamento com Claudia Costa de Andrade.

Ler 102 vezes

Usuários do Dia

Temos 2331 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Homem é arremessado durante acidente e m…

TRÂNSITO

Colisão em caminhão mata motociclista no…

POLÍCIA

Túmulo é violado e cadáver de mulher sof…

TRÂNSITO

Carga de carreta é saqueada com menino g…

GERAL

Moradores são evacuados pelo Corpo de Bo…

ESPECIAL

Acidente no trevo da BR-468 deixa casal …

ESPECIAL

Disputa de bola termina com jogador no h…

REGIÃO

Criança de 5 anos é picada por cobra ven…

INUSITADO

Mulher dá à luz sétuplos de forma natura…

ESPECIAL

Incêndio destrói casa e queima outra par…

POLÍCIA

Ladrões de gado morrem em troca de tiros…

ESTADO

Cãozinho é picado por cobra ao tentar pr…