Terça, 13 Setembro 2016 23:54

Estado chama 1,2 mil candidatos a policiais militares para exames médicos e treinamento

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Arquivo/Palácio Piratini

O Diário Oficial do Estado publicou em sua edição desta terça-feira, 13, a lista com os nomes de 1,2 mil candidatos aprovados no concurso público para soldado da Brigada Militar.

Os futuros policiais militares estão sendo chamados para realização de exames médicos a fim de iniciarem o treinamento na Academia de Polícia Militar.

A lista inclui os nomes de 1.040 candidatos às vagas existentes e outros 232 candidatos para suplentes (caso haja alguma desistência ou reprovação nos quesitos exigidos no edital), totalizando 1.272 nomes.

Ainda na edição de terça do Diário Oficial, o Estado chama os aprovados no concurso para o Corpo de Bombeiros, num total de 260 nomes, para avaliação médica e início no curso de Formação de Bombeiro Militar. Também estão sendo chamados mais 74 suplentes.

Os exames de avaliação médica ocorrem entre 10 e 12 de outubro, na Academia de Polícia Militar. Os candidatos serão submetidos ainda a avaliações psicológicas e toxicológicas. Os resultados devem estar prontos em cerca de 30 a 40 dias após os exames.

 

Ler 397 vezes Última modificação em Quarta, 14 Setembro 2016 17:53

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Usuários Online

Temos 487 visitantes e Um membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Veículo capota após sair da pista próxim…

CIDADE

Comitiva da 14ª FEICAP realiza visitas e…

JUSTIÇA

Estado terá de indenizar professora víti…

CIDADE

Inauguração de bar artesanal movimenta T…

ESPECIAL

Acidente com vítima fatal na BR-468, em …

ESPECIAL

Semana termina com pelo menos oito morte…

TEMPO

Cidade no Norte do Rio Grande do Sul é a…

TRÂNSITO

Motoristas escapam com vida em choque de…

RAPIDINHAS

Gramar Materiais de Construção inaugura …

REGIÃO

Tiradentes do Sul sedia Projeto Cinema P…

INUSITADO

VÍDEO de casal fazendo sexo durante o di…

JUSTIÇA

Morte de menino completará três anos à e…