Quarta, 28 Dezembro 2016 10:30

Operação contra grupo de WhatsApp é desencadeada em cidade do Noroeste do RS

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Reprodução

Na terça-feira, dia 27, a Promotoria de Justiça de Panambi e a 39º BPM – 2ª CIA – PANAMBI deflagraram a “Operação Todos Pela Segurança Pública”, cumprindo mandados de busca e apreensão domiciliar.

As diligências realizadas têm origem em Procedimento de Investigação Criminal instaurado 1ª Promotoria de Justiça de Panambi. Conforme apurado, grupos de Watsapp, denominados como “Estado Islâmico” e “Todos Contra os Porcos”, eram utilizados para o monitoramento das ações de policiamento ostensivo da Brigada Militar na Cidade.

As investigações denotaram inclusive que, quando de assalto a Posto de Gasolina no Município de Panambi, estes grupos foram utilizados para o compartilhamento de informações quanto aos deslocamentos das guarnições militares, propiciando, assim, a ineficiência dos cercos policiais.

Mediante a quebra de registros telefônicos, autorizada pela Justiça, foram identificados os administradores dos grupos, tendo sido cumpridos mandados de busca e apreensão em sete pontos distintos da Cidade de Panambi e de forma simultânea.

Os suspeitos são investigados por terem atentado contra serviços de utilidade pública.

Agorajá.net

 

Ler 2576 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Usuários Online

Temos 504 visitantes e Um membro online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Dois homens são presos por homicídio em …

ESPECIAL

Aposta ganha prêmio de R$ 5,4 milhões na…

INUSITADO

Homem descobre que sua mulher é prostitu…

GERAL

Bebê morre após avó confundir produto de…

SEGURANÇA

Casal é preso com mais de 200 kg de maco…

ESPECIAL

Picorruchos procura empresas para ajudar…

REGIÃO

Motorista encontra e devolve R$ 16 mil a…

TRÂNSITO

Jovem morre ao colidir carro em caminhão…

GERAL

Anvisa proíbe venda de lote de extrato d…

PAÍS

Com reforma, Previdência do Brasil fica …

MODA

Traje esporte fino para mulheres

FAMOSOS

Ministério Público pede condenação de Lu…