Terça, 10 Janeiro 2017 11:55

Manifestantes disparam cinco tiros contra Banrisul em protesto pelo atraso do 13º

Banrisul de FW é alvo de disparos em protesto contra governo. Foto: Éder Calegari/Folha do Noroeste

Uma agência bancária do Banrisul foi alvo de protestos durante a madrugada desta terça-feira no Centro de Frederico Westphalen, na Zona de Produção do Rio Grande do Sul. Durante a ação de manifestantes, pelo menos cinco tiros foram disparados entre 3h30min e 3h50min na porta de entrada do banco.

A janela de vidro da agência foi pixada com os dizeres "Governo lixo, 13º já", em referência ao atraso do 13º salário dos servidores do Executivo do Estado, não pago na data de vencimento em 20 de dezembro do ano anterior. A gratificação dos funcionários foi parcelada e teve seu primeiro depósito em 29 de dezembro passado.

A Polícia Civil realizou a perícia e abriu um inquérito para investigar o vandalismo. Foram encontrados quatro cartuchos deflagrados no interior da agência. Imagens das câmeras de monitoramento serão analisadas.

Apesar do vandalismo, caixas eletrônicos funcionam normalmente na agência bancária nesta manhã.

 

CP

 

Ler 1425 vezes

Usuários Online

Temos 583 visitantes e Nenhum membro online

NOTÍCIAS RECOMENDADAS

Green House – Raul Seixas Cover

Lucas Pneus e Acessórios

Mauri Cabeleireiro

Colchões Ortobom

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se casa mista em Três Passos

JYM Studio

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Mais uma lotérica é assaltada por dupla …

DENÚNCIA

Falha grave de segurança permite a hacke…

GERAL

Metade da população se sente mal no horá…

POLÍCIA

Suspeito de ter matado mulher por não ac…

GERAL

Placa em frente à Câmara dos Deputados é…

TRÂNSITO

Caminhão sem freio atravessa cidade no i…

GERAL

Piloto sobrevive a acidente impressionan…

MUNDO

Homem perde parte da cabeça após beber e…

ESTADO

Cavalo esmaga treinador no brete de hípi…

POLÍCIA

Dupla de motocicleta volta a assaltar na…

GERAL

Novo horário de balsa no Porto Internaci…

ESPECIAL

Andarilhos argentinos em situação irregu…