Foto: Reprodução

Um prisioneiro de 29 anos acordou na mesa da autópsia mesmo após ter sido declarado morto por três médicos. Gonzalo Montoya estava na Penitenciária Central de Astúrias, em Astúrias, Espanha, e foi dado como falecido no domingo. Os especialistas viram a ausência dos sinais vitais e o corpo foi colocado em um saco.

Horas depois, quando estava pronto para passar pela autópsia, os médicos legistas ouviram um barulho, parecido com um ronco, e descobriram que o rapaz estava vivo. Logo depois de constatada a não morte do preso, ele foi enviado para o Hospital Universitário Central da cidade, como informa o canal de televisão Telecinco.

Segundo os médicos, Gonzalo foi diagnosticado com catalepsia, quando se perde a consciência e as sensações. Segundo fontes no hospital, após acordar, ele perguntou pela esposa. O preso continua internado.

 

Metrópoles

Publicado em MUNDO

Usuários Online

Temos 539 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO em Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se ou troca-se casa em Ijuí

JYM Studio

9 MILHÕES DE ACESSOS EM 2017

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Chuva diminui e aumenta a nebulosidade n…

INUSITADO

Fotógrafa exagera no photoshop e álbum d…

TRÂNSITO

Motorista perde a vida em acidente com c…

REGIÃO

Prefeitura de Crissiumal lança Seleção P…

ESTADO

Mega Sena sai para duas apostas na mesma…

REGIÃO

Três prefeituras oferecem vagas de estág…

ESPECIAL

Jornal TP NEWS TV

ESTADO

Jogador da base do Grêmio é vítima de af…

GERAL

Quem tem direito à meia-entrada, ou seja…

ESPECIAL

Motorista embriagado se envolve em acide…

POLÍCIA

Detentos são atacados a tiros e um morre…

POLÍCIA

Polícia apreende quase 200 pedras de cra…