Foto: Reprodução

Um prisioneiro de 29 anos acordou na mesa da autópsia mesmo após ter sido declarado morto por três médicos. Gonzalo Montoya estava na Penitenciária Central de Astúrias, em Astúrias, Espanha, e foi dado como falecido no domingo. Os especialistas viram a ausência dos sinais vitais e o corpo foi colocado em um saco.

Horas depois, quando estava pronto para passar pela autópsia, os médicos legistas ouviram um barulho, parecido com um ronco, e descobriram que o rapaz estava vivo. Logo depois de constatada a não morte do preso, ele foi enviado para o Hospital Universitário Central da cidade, como informa o canal de televisão Telecinco.

Segundo os médicos, Gonzalo foi diagnosticado com catalepsia, quando se perde a consciência e as sensações. Segundo fontes no hospital, após acordar, ele perguntou pela esposa. O preso continua internado.

 

Metrópoles

Publicado em MUNDO

Usuários Online

Temos 1825 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Colchões Ortobom

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Arraiá Soberano Grill

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Feijoada da APAE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Corpo encontrado em açude pode ser de jo…

ESPECIAL

PRF realiza operação na Avenida Perimetr…

REGIÃO

Linha aérea no Noroeste do RS já tem 200…

POLÍCIA

Jovem de 21 anos morre no hospital após …

EDUCAÇÃO

Diretor Nelson Weber fala sobre o 86º an…

ESPECIAL

Mulher sofre surto no centro da cidade d…

POLÍCIA

Transexuais promovem tumulto envolvendo …

GERAL

Após vitória suada, torcedores brasileir…

ESPECIAL

Após divulgar no Três Passos News, empre…

VARIEDADES

Inventário e partilha: algum dia todos v…

SEGURANÇA

Quatro bandidos são procurados após fuga…

REGIÃO

Onça-pintada volta a ser fotografada no …

...