Serpente foi encontrada na cozinha. Foto: Ilustração

Uma cobra da espécie jararaca foi encontrada por moradores na cozinha de uma residência, no mês de fevereiro, em Três Passos. O caso aconteceu no bairro Sulserra. “A cobra apareceu dentro de casa bem no dia que havia nascido minha menina. Nós estávamos em casa, perto da meia-noite, sentados no sofá, quando minha esposa viu ela no piso da cozinha”, disse o morador ao Três Passos News.

Saiba mais

No Brasil, as cobras venenosas (peçonhentas) campeãs de acidentes são as jararacas. Elas são causadoras de 90% dos acidentes ofídicos em nosso país. Felizmente, devido ao soro antiofídico a mortalidade que decorre destes acidentes chega a apenas 3% dos casos.

Porém, a jararaca não produz apenas elemento que nos causa mal. Vale dizer que as substâncias que compõe os venenos dessas espécies podem ser utilizadas pelos seres humanos, como é o caso do veneno da Jararaca comum (Bothrops jararaca) que deu origem a dois medicamentos anti-hipertensivo como o captopril e o evasin.

Seu veneno serve como base para alguns importante remédio para hipertensão arterial. Assim como para produtos de beleza. O fato das jararacas serem as maiores causadoras de acidentes ofídicos é devido à grande quantidade desta espécie espalhada pelo Brasil.

Os acidentes ofídicos e o impacto ambiental

As cobras são seres que estão presentes em muitos ambientes, em sua maioria rurais. Muitas vezes são encontradas em locais urbanos, fora de seu habitat. Este fato é resultado do desrespeito dos animais racionais (humanos) com desmatamentos e queimadas ao habitat natural destes seres.

Além disso, o crescimento desordenado das áreas urbanas e a falta de infraestrutura para saneamento básico faz gerar acúmulo de lixo, que se torna moradia de roedores e atrás dos ratos vem as cobras, que são atraídas pela abundância de alimento. Neste caso as serpentes invadem a zona urbana fazendo crescer o número de acidentes ofídicos. (Com informações de cobrasvenenosas.com)

Publicado em CIDADE

Foto: WhatsApp/O Diário

Foi enviado ao Diário a foto de uma cobra “gigante” encontrada em uma comunidade de Morro Reuter. Até o fechamento da edição, a reportagem não conseguiu apurar a procedência ou a que espécie pertence, nem como foi morta, apenas ouviu relatos de que ela pesava 26 kg e media 2,5 metros. A reportagem continua buscando informações acerca desta imagem, até para servir de alerta, caso se confirmem, aos assinantes que são agricultores para tomarem cuidado. 

 

O Diário

Publicado em INUSITADO

Foto: Reprodução

 

Uma cobra gigantesca parou no meio de uma rodovia, impedindo tráfego na província vietnamita de Phu Tho.

O vídeo do incidente foi publicado pelo canal ViralHog no YouTube.

A serpente gigante parou no meio de uma rodovia, fazendo com que os carros parassem tanto para admirá-la como para esperar que a retirassem do caminho. Inicialmente, motoristas tentaram movê-la para outro lugar, puxando pelo rabo, mas com muito medo de serem picados.

Em seguida, alguns homens começaram a deslocar a cobra com ajuda de galhos. Por fim, eles tiraram o animal da rodovia pegando pelas mãos.

Internautas não perderam a oportunidade de inventar final feliz para os homens e não para a cobra; alguns sugeriram que os homens vão comer o réptil, pois carne de cobra é bastante comum em pratos vietnamitas.

"E agora vão fazer dela uma sopa de cobra ou um uísque de cobra", ironizaram.

 

Sputinik Brasil

Publicado em INUSITADO

Foto: Reprodução

O inquérito policial referente à morte do garoto Guilherme da Silva Andrade, de 12 anos, ocorrida no último dia do ano passado em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, deverá ser concluída nos próximos dias. As informações são da rádio Uirapuru.

O menino passo-fundense morreu ao salvar o irmão de 15 anos que havia caído no rio Teixeira e não sabia nadar. Os familiares afirmam que a criança foi atacada por uma cobra de aproximadamente 8 metros e depois afundou, não sendo mais visto. O cadáver foi localizado no dia seguinte.

Devido a versão dos familiares sobre a cobra, o caso gerou uma repercussão à nível nacional. Equipes do Batalhão Ambiental da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros foram mobilizados por vários dias com o objetivo de capturar o animal, porém nenhum vestígio foi encontrado.

As investigações são realizadas pelos agentes da Polícia Civil do município de Sertão, sob coordenação do Delegado Regional Adroaldo Schenkel. O delegado informou que todos os envolvidos já foram ouvidos, sendo que ainda há dúvidas sobre a existência da cobra.

Segundo ele, ficou claro que não existem sinais de ataque do animal no corpo do menino. A causa da morte foi apenas o afogamento. Shenkel também afirmou que o caso é investigado como morte acidental, descartada a possibilidade de ser tratado como crime.

Os policiais aguardam o último laudo de plâncton no pulmão para reforçar o afogamento, já declarado pelo Médico Legista do Instituto Geral de Perícias.

Publicado em REGIÃO

Foto: Reprodução

 

Uma australiana filmou a batalha entre duas cobras venenosas, uma das quais acabou comendo a outra, relata o canal Foxnews.com.

Elizabeth Williams gravou a batalha entre uma cobra marrom e uma serpente-tigre perto de sua casa, na povoação Nanneella, estado australiano de Victoria. O vídeo mostra a cobra marrom se enrolando em torno de sua oponente. Logo que a serpente-tigre morreu, a vencedora começou a comê-la sem afrouxar seu aperto.

"Isso foi incrível, nem podia imaginar que elas iriam lutar, sem falar de uma comer a outra", expressou Williams.

Segundo a australiana, a reação das pessoas perante a gravação variou muito: algumas ficaram impressionadas, algumas assustadas e outras até disseram que nunca iriam visitar o lugar.

Mais tarde, a mulher chamou um profissional de serpentes que levou a cobra marrom e o que restou da serpente-tigre. Ele explicou que a serpente vencedora não conseguiu digerir a presa, pois era grande demais e acabou a regurgitando.

 

Sputinik Brasil

Publicado em INUSITADO

Foto: Reprodução

Enquanto brincava no parque de uma escola perto da cidade de Laurieton, Nova Gales do Sul, na Austrália, uma criança encontrou 12 ovos enterrados em um banco de areia.

Sem saber do que se tratava, ela alertou os funcionários da escola, que imediatamente entraram em contato com o FAWNA NSW, um grupo de proteção animal. Estes identificaram os ovos como pertencentes a cobra marrom oriental (Pseudonaja textilis), uma das mais venenosas do país, segundo informações da Business Insider.

Três dias depois, quando os voluntários da FAWNA ainda exploravam o banco de areia, eles descobriram sete ninhos, com um total de 43 ovos.

Embora as cobras marrons bebês não sejam tão perigosas quanto as adultas, segundo Yvette Attleir, membro do FAWNA, se uma criança tivesse sido picada ela teria que ser hospitalizada imediatamente.

O caso foi reportado na página oficial da organização no Facebook, com muitos usuários sugerindo se tratar de ovos de dragão d’água.

“Eu acreditei que eram ovos de cobra marrom devido ao fato de que eles foram encontrados na área em questão e, quando olhei através do ovo, vi uma pequena cobra bebê listrada“, disse, Rod Miller, outro membro da FAWNA.

Em entrevista ao The Guardian, um especialista répteis confirmou que os ovos eram mesmo de cobra, embora não fosse capaz de confirmar a espécie.

Segundo Attleir, é possível que os ovos estivessem na segunda semana de incubação. Ainda, ela assegurou que a região estava livre de uma infestação de cobras, acrescentando que os ninhos poderiam ser de um único espécime.

Os ovos foram removidos com segurança para um local que não especificado pela organização. Mais tarde, em uma publicação no Facebook, foi informado que todas as cobras, exceto a de um dos ovos, haviam nascido.

 

Science Alert

Publicado em INUSITADO

Foto: Divulgação

Autoridades estaduais e federais vinculadas a órgãos de meio ambiente se reuniram na tarde de terça-feira, 2 para discutir medidas e precauções a serem adotadas após a morte de Guilherme da Silva Andrade, de 12 anos, cujo corpo foi encontrado no primeiro dia de 2018 no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no norte do Estado. As informações são do site Gaúcha ZH.

A agenda entre representantes do Ibama, do Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) e da Fundação Zoobotânica foi motivada pelos relatos de familiares que dizem terem visto uma cobra de grande porte atacar Guilherme, supostamente se enrolando no corpo do adolescente e o puxando para dentro do rio.

O laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP), divulgado na terça, indicou o afogamento como a única causa da morte. Não foram detectadas pelo médico-legista marcas de mordidas de répteis, e os ossos não estavam fraturados.

A Patrulha Ambiental da BM (Patram) está no Rio Teixeira fazendo buscas e entrevistando pessoas que afirmam ter visto a cobra, como Nedomir Sal, tio da vítima, que chegou a descrever as características da cabeça do animal. “Vamos permanecer com equipes na região pelo menos até quinta-feira para fazer buscas a répteis de grande porte”, informou o coronel Vitor Hugo Cordeiro Konarzewski, comandante do CABM.

Até o final desta semana, os órgãos ambientais deverão ter novo encontro para analisar as informações recolhidas e estudar a necessidade de tomar novas iniciativas. Os primeiros relatos que surgiram foram de que o menino teria sofrido fraturas múltiplas pela ação da cobra, que teria se enrolado nele antes de puxá-lo ao manancial. O laudo pericial, contudo, indicou que as lesões não aconteceram.

Publicado em ESPECIAL

Familiares afirmam que menino foi atacado por cobra. Foto/Vídeo: AUOnline/Reprodução/TP News

A morte do menino Guilherme da Silva, de 12 anos, que morreu na localidade de Linha Butiá Grande, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, ocorreu por afogamento, segundo o Instituto Geral de Perícias (IGP) que divulgou a causa da morte na tarde desta terça-feira, 2, em Passo Fundo. As informações são da Gaúcha ZH.

A família do menino afirma que ele foi atacado por uma cobra gigante, no entanto o laudo do IGP aponta que ele morreu por afogamento. Conforme o resultado do exame, foram encontrados sinais internos de asfixia, além de sinais específicos de afogamento, o que dá elementos para afirmar que a morte foi devido à asfixia mecânica por afogamento. Segundo o IGP, os membros não apresentavam fraturas. Foi coletado um fragmento de pulmão para pesquisa de plâncton, exame confirmatório de afogamento.

O Corpo de Bombeiros emitiu um alerta orientando que seja evitada a área onde aconteceu o acidente.  A corporação realiza buscas pela cobra que os familiares afirmam ter atacado o menino. A orientação é não transitar no local próximo ao rio.

Necropsia do IML

A necropsia realizada, na tarde de segunda-feira (1), no corpo do menino Guilherme da Silva, 12 anos, confirmou que ele foi morto por um ataque de cobra. No exame, ficou comprovado que vários ossos foram quebrados por uma pressão mecânica muito forte, inclusive um braço e costelas, o que não ocorre em um simples afogamento em riacho. O menino também ingeriu muita água, segundo a Rádio Uirapuru.

Publicado em REGIÃO

Necropsia confirmou que cobra atacou a criança. Foto: AU Online/Divulgação

O corpo do menino Guilherme da Silva, de 12 anos, morador de Passos Fundo, que desapareceu na tarde de domingo, 31, enquanto se banhava no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, foi localizado no final da manhã desta segunda-feira, 1. As informações são da Rádio Uirapuru.

O menino e o irmão, de 15 anos, foram puxados de forma rápida para uma parte mais funda. Um adulto resgatou o mais velho, mas Guilherme foi levado por uma cobra, que se enrolou na perna do menino rapidamente, segundo três testemunhas.

O Corpo de Bombeiros de Getúlio Vargas e de Passo Fundo iniciaram as buscas no domingo, mas o menino não foi localizado. Na manhã desta segunda, vizinhos e parentes organizaram uma grande equipe de buscas por todo o rio e acabaram localizando o corpo.

Necropsia confirma que menino foi morto por ataque de cobra

A necropsia realizada pelo IML, de tarde, segundo a Rádio Uirapuru, no corpo do menino, confirmou que ele foi morto por um ataque de cobra em Ipiranga do Sul. No exame, ficou comprovado que vários ossos foram quebrados por uma pressão mecânica muito forte, inclusive um braço e costelas, o que não ocorre em um simples afogamento em riacho.

Moradores do local garantem que existem no mínimo quatro cobras gigantes, que já foram avistadas na área e que com frequência comem os animais domésticos. As cobras se procriaram na região depois que um morador das proximidades trouxe várias delas do Mato Grosso e largou em um açude, que se rompeu depois, durante uma enchente.

O QUE DIZ O LAUDO OFICIAL DO IGP

http://www.trespassosnews.com.br/mais-lidas/item/19531-morte-de-menino-em-rio-no-rs-foi-por-afogamento-conclui-igp

 

*Atualizada às 17h40 de terça-feira, 2.

 
Publicado em ESPECIAL

Foto: Ilustração

Um menino de 12 anos está desaparecido desde o final da tarde de domingo, 31, após entrar em um rio na cidade de Ipiranga do Sul e ser atacado por uma cobra, conforme testemunhas.

O menino se banhava com o irmão, de 15 anos, quando os dois foram arrastados na água rapidamente. O irmão de 15 anos foi resgatado por um adulto, mas o mais jovem acabou desaparecendo nas águas.

Ele foi identificado como Guilherme da Silva, 12 anos, morador de Passo Fundo e que estava na cidade para confraternização com parentes, junto com sua família.

Há relatos de três testemunhas que afirmam ter visto uma cobra enrolada na perna do menino, provavelmente uma sucuri. As testemunhas afirmaram que a cobra era de grande porte e se enrolou rapidamente, puxando o menino para o fundo do rio.

Bombeiros de Getúlio Vargas tentaram localizar o menino, sem sucesso. Na manhã desta segunda-feira, 1, Bombeiros de Passo Fundo e policiais do Batalhão Ambiental devem ajudar nas buscas.

 

Rádio Uirapuru

Publicado em REGIÃO
Página 1 de 2

Usuários Online

Temos 2459 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Colchões Ortobom

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Arraiá Soberano Grill

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Feijoada da APAE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TRÂNSITO

Veículo cai de ponte e filha, mãe e avó …

PAÍS

Só 2,4% dos jovens brasileiros querem se…

ESPECIAL

PRF autua 17 motoristas por embriaguez a…

CIDADE

Empresa segue recebendo currículos para …

ESPECIAL

Família reconhece corpo de jovem três-pa…

ESTADO

Polícia apreende cerca de meia tonelada …

POLÍCIA

Jovem é preso com arma, munições e droga…

REGIÃO

Casal morre afogado ao atravessar de bar…

GERAL

Aposto do RS divide prêmio da Quina de S…

POLÍCIA

Homem suspeito de abusar de três filhas …

PAÍS

Resultado de sorteio da Mega-Sena gera r…

SEGURANÇA

PRF realiza operação na Avenida Perimetr…

...