Foto: Reprodução

Há 25 anos o Brasil entrou em choque com a notícia do assassinato da atriz Daniella Perez, com apenas 22 anos na época. O crime foi cometido pelos também atores Guilherme de Pádua, com quem Daniella contracenava na novela “De Corpo e Alma”, e sua esposa, Paula Nogueira Peixoto, que o ajudou no plano da emboscada contra a jovem. Relembre o caso e veja como estão os envolvidos hoje em dia.

O caso Daniella Perez

Daniella Perez e Guilherme de Pádua eram colegas de cena no folhetim escrito pela mãe da atriz, Glória Perez. Se sentindo prejudicado pela autora, o ator começou a assediar Daniella para que seu personagem voltasse a ter relevância na trama. Um dia depois de saírem do estúdio Tycoon, Guilherme e sua esposa encurralaram a atriz quando ela saía de um posto de gasolina. O ator a deixou desacordada com um soco no rosto, colocou-a para dentro de seu carro e então Dany, como era chamada, foi morta com 18 punhaladas no pulmão, coração e pescoço.

Seu corpo foi encontrado em um terreno baldio a poucos metros de distância do estúdio da Globo onde participava das gravações. Ambos os envolvidos foram condenados em júri popular pelo assassinato, classificado como homicídio qualificado por motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima. Guilherme e Paula foram sentenciados a 19 anos e 18 anos e 6 meses de prisão, respeictivamente, porém ficaram apenas sete anos na cadeia até serem soltos em 1999.

Glória Perez

O assassinato de Daniella Perez mexeu com a história do Brasil e deixou Glória Perez, mãe da vítima, arrasada. A autora foi responsável por coletar mais de 1 milhão de assinaturas da população para levantar o primeiro projeto de emenda popular da constituição, propondo a modificação na lei de crimes hediondos para que homicídio qualificado fosse incluído na mesma categorias que outras ocorrências já previstas – ou seja, tornou o que aconteceu com sua filha passou a ser um crime inafiançável.

Militando por justiça desde então, Glória Perez regularmente fala sobre o episódio em entrevistas e redes sociais comentando a indignação a respeito da barbárie da qual Daniella foi vítima. Depois do incidente da autora escreveu mais sete novelas para a Globo, incluindo “Caminho das Índias”, premiada internacionalmente com o Emmy de Melhor Novela em 2009, e seu mais recente sucesso foi “A Força do Querer”, trama aclamada pelo público e pela crítica e que conseguiu reavivar a audiência do horário nobre da emissora, que sofria uma crise de público.

Guilherme de Pádua

Com a carreira totalmente destruída pela morte da atriz, Guilherme de Pádua passou sete anos encarcerado. Quando deixou a prisão ele e Paula Nogueira Peixoto, cumplice do crime, se divorciaram e ele passou a frequentar a Igreja Batista de Lagoinha, em Minas Gerais. Anos depois, em 2006, o ex-ator se casou com uma frequentadora da instituição 14 anos mais nova, porém ambos se separaram. Em 2017 Guilherme teve seu terceiro casamento com a estudante de moda Juliana Lacerda e atualmente ele é pastor da Igreja Batista em Belo Horizonte.

Sobre o crime Guilherme tentou lançar um livro contando sua versão dos fatos antes de seu julgamento, porém Glória Perez entrou com um pedido judicial para proibir a publicação e caso os exemplares fossem veiculados ele seria multado, pois o livro poderia ferir a honra e a imagem da sua falecida filha. A situação se repetiu em 2010 quando foi convidado pelo “Programa do Ratinho” e Glória o advertiu que seria processado caso mentisse sobre o episódio. Em 2016, ele foi condenado a pagar indenização no valor de 500 salários mínimos para a autora e para Raul Gazolla, ex-marido de Daniella, além de cobrir os custos do sepultamento da atriz.

Paula Nogueira Peixoto

Quando foi cumplice de seu marido no crime, a atriz tinha somente 19 anos. Depois de deixar a cadeia, Paula Nogueira Thomaz mudou seu nome para Paula Nogueira Peixoto em uma tentativa de se dissociar do seu passado. Mãe de um filho com Guilherme de Pádua que nasceu enquanto ainda estava presa, hoje a ex-atriz é casada com um advogado e teve mais duas crianças com ele. Ela ainda ingressou na faculdade direito e, deixando a atuação para trás, passou a exercer a profissão de advogada. 

Raul Gazolla

Raul Gazolla e Daniella Perez foram casados por dois anos até o desfecho trágico da situação eclodiu com a morte violenta da esposa. Abalado, Raul sempre foi ácido ao falar de Guilherme de Pádua e o caso envolvendo Daniella, mas já comentou sobre ter uma boa relação com Glória Perez – sua filha do segundo casamento, inclusive, chama a autora de avó. Com quase uma novela por ano em seu currículo, ele passou onze anos na Record trabalhando em produções bíblicas até ser convidado pela ex-sogra para retornar à Globo em “A Força do Querer”.

Fábio Assunção

Na época do crime, Daniella Perez e Fábio Assunção faziam par romântico em “De Corpo e Alma”, contudo, o ator não teve nenhum tipo de envolvimento com o homicídio da atriz. Ainda que suas participações nas produções da Globo sejam regulares – a última foi na série “A Fórmula” e ele já está escalado para a nova produção das onze, “Como Nascem Os Fortes”. Apesar disso, Fábio se envolve em polêmicas com frequência, sobretudo pelo uso de drogas: durante esse tempo ele já deu trabalho nos bastidores de gravação, abandonou personagem por estar “sem condições”, foi detido pela polícia e no início de 2017 foi preso por desacato às autoridades.

 

Ig Gente

Publicado em FAMOSOS

Bebê ficou gravemente ferido ao cair da cama dos pais. Foto: Ilustração

A morte de um bebê de apenas seis meses causou comoção na cidade de Crissiumal. Na noite de terça-feira, 26, Matheus Medina, filho de Nelson e Katiusia Medina, caiu da cama do casal e sofreu graves lesões na cabeça. A criança foi atendida no Hospital de Caridade e transferida de madrugada para o hospital de Santa Rosa, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito no final da manhã desta quarta-feira, 27. As informações são do site Guia Crissiumal.

CORREÇÃO:

Um acidente doméstico deixou um bebê de apenas 6 meses em Crissiumal em estado gravíssimo.

Matheus Medina, filho de Nelson e Katiusia Medina caiu da cama na residência do casal, na cidade e acabou sofrendo graves lesões na cabeça, durante a noite de terça-feira (26) foi atendido no Hospital de Caridade de Crissiumal e encaminhado a UTI do Hospital de Santa Rosa ainda na madrugada desta quarta (27) por uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde.

No final da manhã, diversos familiares chegaram a noticiar a morte do bebê nas redes sociais, já que o mesmo teve uma parada cardiaca, porém os médicos conseguiram reanimá-lo e ele segue lutando pela vida.

O Guia Crissiumal havia seguido a postagem dos familiares. (Guia Crissiumal)

*Atualizada às 16h47.

Publicado em REGIÃO

Foto: Reprodução

No início deste mês, a jovem holandesa Ivana Smit, 18, que trabalhava como modelo, foi encontrada morta em um arranha-céu em Kuala Lumpur, na Malásia.

As circunstâncias da morte continuam um mistério. É uma história de beleza e de morte, cheia de especulações em torno de sexo, drogas e álcool.

Ivana caiu nua de uma varanda do 20º andar, supostamente após ter saído de uma festa e ido para o apartamento de um casal.

Os pais dela foram informados de que não há suspeita de crime, apesar das investigações continuarem. O Ministério das Relações Exteriores da Holanda afirmou à BBC que a Interpol foi contatada sobre o caso.

A família da modelo começou nesta semana a fazer uma vaquinha virtual para levantar dinheiro para uma investigação independente.

Na indústria da moda, a tragédia trouxe novamente à tona os problemas que rondam o trabalho de modelos na Malásia. “Essas coisas acontecem tantas vezes – parece que isso poderia ter acontecido com qualquer um de nós”, diz à BBC a modelo Emitsa Shz.

 

BBC

Publicado em MODA

Foto: Reprodução

Uma menina de 5 anos moradora do município de Nova Ramada morreu, no sábado, 23, logo após dar entrada no Hospital Bom Pastor de Santo Augusto, com suspeita de Gripe A. Dois irmãos dela também estão internados. Uma irmã mais nova foi transferida para a UTI de Santa Rosa, enquanto o irmão, mais velho, segue hospitalizado em Santo Augusto.

Em nota, a casa de saúde de Santo Augusto informou que a paciente, de iniciais S.R.K, de 5 anos e 9 meses, deu entrada por volta da 01h27min, do dia 23, com infecção gravíssima, hipótese de diagnostico de Gripe A, ou alguma bactéria muito violenta.

Ainda conforme a nota, a equipe médica tomou todas as medidas, mas não foi possível combater o avanço da infecção devido ao quadro fulminante e irreversível, não responder ao tratamento. O hospital informou ainda que chegou a acionar a Central de Leitos do Estado, tendo conseguido vaga na UTI de Canoas, com transporte via aéreo, porém, dada a rápida evolução da infecção e agravamento do quadro clínico, com suspeita de Síndrome da Angústia Respiratória do Aguda (SARA), a mesma veio a falecer.

A irmã menor (S. K.) de 1 ano e 2 meses, com diagnóstico de pneumonia, foi transferida para o Hospital Vida e Saúde de Santa Rosa, e o irmão mais velho (V.L.K.) de 7 anos e 9 meses, encontra-se hospitalizado no Hospital Bom Pastor de Santo Augusto, com estado clínico estável, em isolamento. Ambos, segundo a nota, não tem relação com o diagnóstico do quadro que levou à óbito a irmã de 5 anos. 

O Secretário de Saúde do Município de Nova Ramada, Joceli Fernandes dos Santos, disse que, na quinta-feira, 21, ambas as irmãs procuraram atendimento na unidade básica de saúde de Nova Ramada, com sintomas de um pequeno resfriado,  que foram atendidas e liberadas pela médica da Secretaria Municipal de Saúde. Na sexta-feira, a irmã mais nova, que esta internada em Santa Rosa, apresentou piora e foi levada para o Hospital Bom Pastor em Santo Augusto, onde ficou internada. Na madrugada de sábado, a menina de cinco anos que estava em casa começou a passar mal e quando chegou ao hospital o quadro se agravou muito e não foi possível reverter. 

Jocelino disse ainda que a secretaria já recomendou o uso do antiviral Tamiflu às pessoas que tiveram contato com a família, e que espera o resultado dos exames para saber ao certo se realmente é o vírus da gripe A. O Secretário salientou que todos, inclusive os médicos, ficaram surpresos com a rapidez da piora do quadro clínico que foi fulminante, disse ele.

Para o médico Florisbaldo Polo, que atendeu a criança, a piora do quadro clínico foi algo que ele nunca tinha visto ao longo de sua profissão. A cada minuto ela piorava e todos os procedimentos cabíveis para a situação não respondiam. Mesmo que ela estivesse em uma UTI, seria muito difícil sobreviver. A infecção era muito forte.

 

Querência Online 

Publicado em REGIÃO
Domingo, 24 Dezembro 2017 22:31

Criança de 2 anos morre afogada em piscina

Foto: Ilustração

Foi por volta das 12h deste domingo, 24, em uma residência em Linha Dourado, no interior do município de Itapiranga - SC.

Os pais e a criança visitavam familiares residentes na localidade quando, próximo ao meio dia, localizaram o menino na piscina.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a criança de 2 anos de idade já estava sem os sinais vitais. O IML e o IGP foram chamados para os encaminhamentos legais.

 

Peperi

Publicado em POLÍCIA

Foto: Arquivo Pessoal

Um jovem crissiumalense morreu vítima de acidente de trânsito na cidade de Lajeado neste final de semana.

Anderson Rafael Rauber, 23, pilotava uma Honda CG 125 pela av. Benjamin Constant, no sentido Conventos\Centro, quando foi obstruído por um automóvel Fiesta. O acidente aconteceu às 8h de sexta-feira, no cruzamento da avenida com a rua Waldemar Schossler, em Lajeado. Com o impacto, o motociclista foi arremessado. Ele foi levado ao Hospital Bruno Born (HBB) em estado grave.

Erton Henn, dono de uma empresa de chapeação e pintura automotiva, testemunhou o acidente. “Eu estava tirando os carros da garagem. Vi o carro parado na esquina para entrar na avenida.” Segundos depois, aconteceu a colisão. “O capacete saltou longe. O motociclista voou na altura dos fios de alta tensão. Foi muito grave.”

Assim que viu o acidente, conta, ligou para o Samu. “Levaram uns 20 minutos para chegar.” Segundo ele, o motociclista não estava em alta velocidade. “Ele vinha normal. O carro que se atravessou.”

Neste domingo (24) foi confirmada a morte de Anderson, filho do ex-funcionário da prefeitura de Crissiumal Beto Rauber. O jovem nasceu em Crissiumal e residiu por muitos anos com sua família no Bairro Industrial. Ele deixa a esposa e uma filha pequena. Além dos demais familiares e muitos amigos.

 

Guia Crissiumal/Jornal A Hora

Publicado em TRÂNSITO

Foto: Atual FM

Uma saída de pista com choque em árvores, por volta das 8h30 deste sábado (23), na BR-153, em Concórdia - SC, resultou na morte de uma mulher e ferimentos em outras quatro pessoas feridas, duas delas com gravidade.

Cinco pessoas estavam em uma caminhonete S-10, com placas de Veranópolis – RS, que saiu da pista e desceu um barranco. Antes ainda bateu contra pelo menos quatro árvores. A família estava seguindo para o Paraná. Outro veículo com familiares seguia logo atrás. Todos saíram de Veranópolis por volta das 4h da madrugada.

Morreu no local a caroneira da caminhonete Maria Ivani da Silva, 40 anos. Outra mulher de 39 anos está com quadro clínico gravíssimo. A menina de cinco anos teve fratura no fêmur e outras escoriações e o quadro clínico também é grave. O quinto ocupante, também um homem, está consciente e comunicativo.

A identificação das vítimas não foi divulgada ainda pela Polícia Rodoviária Federal.

 

Atual FM

Publicado em TRÂNSITO

Local onde fica o açude. Foto: Divulgação

Um acidente de trânsito envolvendo um veículo da Patrulha Ambiental da Brigada Militar causou a morte do policial Sandro Pereira, de 35 anos, na manhã desta quinta-feira, 21, em Parobé, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O acidente aconteceu. Por volta das 10h30, na localidade do Morro da Pedra, no interior do município. O policial estava no veículo da corporação quando caiu no açude próximo de uma pedreira. Sandro deixa a esposa e uma filha. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Publicado em POLÍCIA

Foto: Reprodução

O suspeito de matar a esposa presetes a dar à luz, Adilson Prado Lima Júnior, de 25 anos, confessou nesta quarta-feira (20), em depoimento, que a mulher, Daiane Reis Mota, de 25 anos, não percebeu que ia morrer. O crime aconteceu na cidade de Serrinha, a 170 Km de Salvador, na Bahia.

A informação foi obtida pelo portal 'G1', ao entrevistar o coordenador de polícia em exercício na região, Hildebrando Silva. A jovem foi morta com um tiro na nuca. O corpo dela foi encontrado domingo (17), e o parto estava marcado para a segunda-feira (18).

Adilson Prado Lima Júnior, de 25 anos, confessou o crime e disse que matou a jovem após encontrar mensagens no WhatsApp dela, mas não apresentou à polícia as mensagens que disse ter visto no celular da mulher. O bebê que ela esperava não sobreviveu.

"Ele disse que ela não viu que ele ia matar ela. Ele disse que ao ver a mulher no chão, chegou a apontar a arma para a cabeça dele e não teve coragem de atirar, mas ele teve coragem de matar uma mulher grávida que esperava a filha dele", disse.

 

Notícias ao Minuto

Publicado em POLÍCIA

Foto: Reprodução/Google Street View

Uma criança de 9 anos matou a pauladas um menino de 12, depois de ser chamado por ele de “caolho”, na noite desta segunda-feira (18), em Várzea Paulista, no interior de São Paulo. O homicídio aconteceu no bairro Cidade Nova II, onde um grupo de crianças e adolescentes se reunia para brincar.

De acordo com testemunhas, a vítima provocava constantemente o garoto de menos idade, que é estrábico, chamando-o por apelidos como “galo cego” e “caolho”.

A criança teria reagido ao bullying pegando um pedaço de pau e acertando o colega de brincadeiras na cabeça. O menino caiu e continuou sendo agredido. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Universitário de Jundiaí, mas morreu após dar entrada na unidade.

O delegado chefe da Polícia Civil de Várzea Paulista, Marcelo Fehr, informou que o caso foi encaminhado para a Vara da Infância e da Juventude. O menino agressor foi entregue a familiares.

Segundo o delegado, apesar da gravidade do ato, não há previsão legal para enquadrar uma criança, nem mesmo por ato infracional. O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), em vigor desde julho de 1990, diz que menores de 12 anos são considerados crianças inimputáveis penalmente, ou seja, não podem sofrer nenhum tipo de penalidade. As medidas socioeducativas, como a internação na Fundação Casa, só podem ser aplicadas para adolescentes, com idade entre 12 e 18 anos.

 

O Sul

Publicado em POLÍCIA

Usuários Online

Temos 525 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO em Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se ou troca-se casa em Ijuí

JYM Studio

9 MILHÕES DE ACESSOS EM 2017

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Chuva diminui e aumenta a nebulosidade n…

INUSITADO

Fotógrafa exagera no photoshop e álbum d…

TRÂNSITO

Motorista perde a vida em acidente com c…

REGIÃO

Prefeitura de Crissiumal lança Seleção P…

ESTADO

Mega Sena sai para duas apostas na mesma…

REGIÃO

Três prefeituras oferecem vagas de estág…

ESPECIAL

Jornal TP NEWS TV

ESTADO

Jogador da base do Grêmio é vítima de af…

GERAL

Quem tem direito à meia-entrada, ou seja…

ESPECIAL

Motorista embriagado se envolve em acide…

POLÍCIA

Detentos são atacados a tiros e um morre…

POLÍCIA

Polícia apreende quase 200 pedras de cra…