Foto: Caio Passos/Expedição Fuscamérica

O fusca ano 1968 já cruzou sete países da América do Sul desde 2012. Agora o destino do Segundinho, como foi apelidado, é um pouco mais ousado: a Copa do Mundo na Rússia. E a bordo do carro mais popular do mundo, os gaúchos de Pelotas Nauro Júnior e Caio Passos querem mostrar "o lado B" de um dos maiores eventos esportivos do mundo.

A viagem – mais uma aventura do projeto Expedição Fuscamérica – deve começar já em abril. De Pelotas, o fusca vai até Rio Grande, onde embarca no porto da cidade com destino a Alemanha. E então será enviado por via terrestre até a cidade de Moscou – capital da Rússia. “Fusca e futebol têm a mesma essência, são do povo, e isso faz com que a nossa aproximação com as pessoas seja facilitada”, argumenta Nauro, idealizador da expedição.

A ideia é rodar cerca de 20 mil quilômetros entre os meses de junho e julho, acompanhando os bastidores dos jogos. “Queremos mostrar o lado B da Copa, os torcedores de todos os cantos, a mistura de idiomas, e os bastidores que as transmissões internacionais não mostram”, explica.

O projeto

Há dois anos, a dupla organiza a viagem rumo ao país com maior área territorial do mundo. Foram reuniões, conversas e parcerias até que o roteiro fosse traçado. Agora, o desafio é outro: arrecadar fundos para completar a viagem. Para isso, eles lançaram um financiamento coletivo na internet. O objetivo é arrecadar R$ 40 mil – metade do total necessário para chegar ao velho continente. “O restante será pleiteado junto a empresas e parceiros”, explicou Nauro.

Lançada no Dia Nacional do Fusca, 20 de janeiro, a campanha pela internet segue até 21 de março. Até essa sexta-feira, a expedição havia arrecadado R$ 3 mil, o que representa 7% do total. Aos colaboradores, a dupla preparou algumas recompensas: adesivos, fotos e livros. O presente varia de acordo com o valor doado.

A viagem do Segundinho até a Rússia pode ser acompanhada pelo Facebook da Expedição Fuscamérica.

 

CP

Publicado em DIVERSOS

Foto: Reprodução

Pesquisadores norte-americanos e britânicos apresentaram relatório oficial para Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, em que revelaram quando os seres humanos e outros mamíferos não serão capazes de viver no nosso planeta.

No relatório, especialistas indicam o perigo das mudanças climáticas impossíveis de serem evitadas por causa do uso crescente de energia mesmo com a redução da liberação de gases do efeito estufa na atmosfera.

Segundo dados, obtidos pelos pesquisadores, a temperatura em todo o mundo será insuportável para sobrevivência dos animais já entre 2200 e 2400, mesmo com a redução do crescimento populacional mundial estimado para 2100.

Além disso, os cientistas apontam outros riscos que podem vir a provocar o declínio da humanidade. Entre elas destacam-se inverno nuclear, pandemia, impacto da Terra com asteroides, bem como consequências inesperáveis da criação de inteligência artificial.

Mais cedo, famoso físico britânico, Stephen Hawking, também avisou sobre surgimento de calor insuportável na Terra.

 

Sputinik Brasil

Publicado em MUNDO

Foto: Reprodução

A Rússia é conhecida por suas bizarrices, pelas bebidas fortes e, claro, pelas temperaturas congelantes. Não é de se espantar, então, que fique lá o vilarejo mais frio do planeta, conhecido por chegar a temperaturas extremas como a registrada recentemente, de -62º C.

Localizado na região da Sibéria, o vilarejo de Oymyakon é considerado o local habitado mais frio do mundo. Neste inverno, o frio superou as expectativas congelantes e agora quem se atreve a caminhar pelas ruas de Oymyakon acaba tendo até mesmo os cílios transformados em cubinhos de gelo.

Os termômetros oficiais registraram a menor temperatura da estação como -59º C, mas um termômetro eletrônico chegou a registrar a marca assustadora de -62ºC. Algumas das 500 pessoas que vivem na região afirmam que já conseguiram registrar a marca de -68ºC.

A região foi colonizada depois de 1930, pelo governo soviético, que tentava fazer com que os nômades criassem raízes em algum lugar. Em 1933, a temperatura local era de -67,7ºC, sendo a mais baixa de todo o hemisfério norte.

 

Mega Curioso

Publicado em CURIOSIDADES

Foto: Reprodução

Já se perguntou qual estilo bomba ao redor do mundo? A marca britânica Long Tall Sally decidiu fazer uma pesquisa para descobrir. Foram analisados posts no Instagram, influenciadores locais e imagens de estilo de rua.

Os resultados surpreenderam. Na França, camisetas brancas foram a maior tendência. Ainda na Europa, Londres elegeu as botas metálicas como item da vez. Na Ásia, o que faz sucesso são as boinas.

 

Metrópoles

Publicado em MODA

Foto: Reprodução

O clique do sorridente Naruto foi feito com a câmera do fotógrafo da vida selvagem britânico David Slater, na ilha de Sulawesi (Indonésia).

A foto rodou o mundo e criou uma polêmica: a quem pertencia a imagem, Naruto ou Slater?

O fotógrafo e a Peta, grupo que defende o direito dos animais, travaram uma batalha judicial. Em setembro deste ano, as partes chegaram a um acordo: Slater concordou em doar 25% dos rendimentos futuros obtidos com as fotografias para instituições de caridade dedicadas à proteção de espécies do gênero Macaca na Indonésia, onde a selfie foi tirada.

Aproveitando o acordo histórico em se tratando dos direitos dos animais, a Peta elegeu nesta quarta-feira (6/12) Naruto como “Personalidade do Ano”. A escolha coincide com o anúncio da “Personalidade do Ano” da revista “Time”.

 

O Globo

Publicado em BICHOS

Foto: Reprodução

Após o governo da China anunciar que a construção da maior ponte do mundo, que vai ligar Hong Kong, Zhuhai e Macau, foi finalizada, os chineses se preparam para a inauguração do local.  A data da abertura à circulação ainda não foi divulgada, mas a expectativa é que aconteça até o fim de dezembro. Com um comprimento de 50 quilômetros, a ponte, que também conta com um túnel submarino, começou a ser feita no início de 2009.  

As autoridades levaram três anos para completar somente a pavimentação do local. A ponte em forma da letra "Y" vai reduzir o tempo de viagem entre Hong Kong e Zhuhai, cidade adjacente a Macau, de três horas a 30 minutos, aumentando a integração das cidades do Delta do Rio das Pérolas, de acordo com as autoridades chinesas.

Além disso, a infraestrutura vai criar um novo espaço para o desenvolvimento da "Grande Baía" Guangdong-Hong Kong-Macau, que inclui as duas Regiões Administrativas de Hong Kong e Macau e nove cidades da província de Guangdong (Dongguan, Foshan, Guangzhou, Huizhou, Jiangmen, Shenzhen, Zhaoqing, Zhongshan e Zhuhai). No final do ano passado, a China inaugurou a ponte mais alta do mundo, erguida 565 metros acima do Rio Nizhu e que liga as províncias de Yunnan e Guizhou. A altura é equivalente a uma torre de 200 andares. Com informações da Ansa.

 

Notícias ao Minuto

Publicado em MUNDO

Foto: Reprodução

"Meninas bonitas não comem". A frase foi escrita por Milly Tuomey, de 11 anos, no próprio corpo, ao tentar se matar. Encontrada em estado crítico, a menina morreu horas depois, em um hospital de Templeogue, em Dublin. Quase dois anos após a morte de Milly, a polícia irlandesa divulgou, nesta sexta-feira (1º), que o caso foi encerrado como suicídio.

O inquérito revelou que a criança mantinha um diário suicida debaixo da cama e que ela havia publicado no Instagram, dois meses antes de atentar contra a própria vida, uma data na qual gostaria de morrer.

Fiona e Tim Tuomey, pais de Milly, foram alertados a respeito do post pela filha mais velha deles e pela escola. "Ficamos aterrorizados. Não tínhamos nenhuma experiência nem sabíamos o que fazer", contou a mãe da criança à polícia, conforme o jornal The Sun.

Milly chegou a ser levada a um psiquiatra - e depois passou a ser vista semanalmente por um terapeuta. Os profissionais também instruíram a família como agir em caso de emergências com a menina. A tentativa de suicídio foi cometida no dia 1º de janeiro, logo após o jantar.

Encontrada minutos depois pela família, a menina chegou a ser socorrida ao Our Lady’s Children’s Hospital, mas faleceu nas primeiras horas do dia 2. Conforme a polícia, os familiares não foram culpados pela morte por terem seguido "todos os procedimentos" para proteger a vida de Milly.

 

Notícias ao Minuto

Publicado em MUNDO

Foto: Reprodução

No Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado nesta sexta-feira (1º), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) fez um alerta para o alto número de crianças que contraem o vírus no mundo: a cada hora, 18 menores são infectados. Desse modo, se a tendência persistir, até 2030, existirão 3,5 milhões de casos novos.

Os dados constam no relatório Statistical Update on Children and Aids 2017  (Atualização das Estatísticas da Infância e a  Aids , em tradução livre) divulgado hoje. Ainda de acordo com a Unicef, os progressos na prevenção e controle da doença entre os adolescentes são “inaceitavelmente” lentos.

Somente em 2016, 120 mil crianças abaixo dos 14 anos morreram por causas ligadas ao vírus, além de 55 mil adolescentes que foram vítimas fatais no mesmo ano, sendo que 91% eram da África Subsaariana. “É inaceitável que nós continuemos a ver tantas crianças morrerem, enquanto tão pouco progresso acontece para proteger adolescentes de novas infecções”, aponta o Chefe da Unicef para HIV , Dr. Chewe Luo.

 “Existe uma epidemia real que ainda não acabou; continua a ser uma ameaça para a vida das crianças e dos jovens, e é possível e necessário que algo seja feito para evitar isso”, completou.

Os dados divulgados ainda apontam a disparidade de gênero entre os infectados: para cada cinco meninos que apresentam a doença, sete meninas da mesma idade contraem o vírus, ou seja, elas são mais afetadas.

"Continuar com progressos assim tão lentos significa brincar com a vida das crianças e condenar as gerações futuras a uma vida com o HIV ou a Aids, o que poderia ser evitado. Devemos agir urgentemente", disse Chewe Luo.

Apesar das estatísticas alarmantes, o Unicef apontou que houve melhora na prevenção da doença, especialmente nos casos que passam de mãe para filho. Conforme mostra o relatório, cerca de dois milhões de novas infecções em crianças foram evitadas desde 2000. No entanto, a organização adverte que esse progresso não deve levar à complacência, pois os números registrados mostram que as crianças com quatro anos de idade e as que vivem com HIV enfrentam o maior risco de óbitos relacionados à Aids em comparação a outras faixas etárias.

 

Ig

Publicado em SAÚDE

Foto: Reprodução

“O café da manhã é a refeição mais importante do dia”. Todo mundo já ouviu essa frase na vida. E se ela realmente é verdadeira, devemos considerar que o desjejum, até mais do que as outras refeições, carrega muito da cultura de um povo.

A inevitável curiosidade é responsável por fazermos a pergunta: “O que será que as pessoas de outros lugares comem quando acordam?”.

Brasil

Apesar de vivermos em um País continental e riquíssimo em diferentes culturas, podemos “fazer uma média” do café da manhã brasileiro. Pão (normalmente o tal “francês”), manteiga, queijo, geleia de frutas e frios, como presunto e muçarela. Para beber, o famoso pingado, também conhecido como “média”, que é café com leite bem quentinho, ou um suco de laranjas frescas. Vale lembrar, para não confundir, que em alguns lugares do Brasil, “média” é o pãozinho francês.

Alemanha

Não, alemães não tomam cerveja no café da manhã (pelo menos não a maioria). O desjejum alemão é constituído pelo famoso pão preto, uma grande variedade de queijos locais e os famosos salsichões defumados. Acompanha um café fresquinho.

Argentina

Nossos “queridos” hermanos sempre tiveram um pé a mais na Europa do que a gente. Logo que acordam, saboreiam croissants quentinhos – que eles chamam de medialunas – e tomam o tradicional mate, que também contém cafeína e dá aquele ânimo para encarar o dia.

Austrália

Australianos são malucos por Vegemite, uma pasta marrom escura feita de extrato de levedura, um produto residual da fabricação de cerveja. Seu sabor é superforte e bastante salgado, e normalmente é consumido com pão ou torradas. É claro que não poderia faltar Vegemite no café da manhã da terra dos cangurus, acompanhado pelo bom e velho café fresco.

China

O café da manhã chinês dá a impressão para de uma refeição na hora errada. Os chineses quebram seu jejum com o yakissoba, típico macarrão oriental, acompanhado de vegetais fritos e bastante shoyu. Também consomem bastante arroz e carne de frango.

Egito

A terra dos antigos faraós consome um café da manhã bastante reforçado. Um dos pratos típicos servidos nessa refeição é chamado ful medames, feito com feijões de fava, grão-de-bico, óleo vegetal, cominho e outros temperos, como alho, cebola, cebolinha, limão, azeite e pimenta. Acompanha ovos cozidos, pão árabe e chá.

Espanha

Simples, porém delicioso, o desjejum espanhol é bastante saudável. Fatias de pão fresco cobertas com um molho espesso de tomate bem temperado com alho, além de suco de laranja e café. O azeite dá o toque especial nessa iguaria.

Estados Unidos

Famosos pela comida calórica e gordurosa, os americanos tendem a fazer uma refeição bem pesada pela manhã. Um clássico dos filmes: ovos mexidos, bacon frito e panquecas. Bebida: café (fraco).

França

O desjejum francês conta com os levíssimos croissants, tradicionais desse país, acompanhados de manteiga, geleia de frutas, café e suco de laranja. Não pode faltar: a famosa baguete e os incríveis queijos franceses.

Inglaterra

Bastante parecido com o café da manhã americano, o desjejum inglês clássico leva, além dos ovos e do bacon, tomates chapeados, feijão-vermelho adocicado, linguiça, cogumelos e black pudding, uma linguiça feita de sangue, parecida com o nosso chouriço ou morcela. Acompanha chá, café e suco de laranja.

Islândia

O tradicional café da manhã islandês é o chamado Thorramatur. Essa refeição matinal é consumida nos meses de janeiro e fevereiro como parte das tradições das festas de solstício de inverno.

Ele é composto por: kæstur hákarl: carne de tubarão fermentada debaixo da terra por três meses; súrsaðir hrútspungar: testículos de carneiro comprimidos em blocos, cozidos e curados em ácido lático; svið: uma cabeça de ovelha cozida inteira, também curada em ácido lático; lifrarpylsa: um tipo de salsicha feita com fígado de carneiro; blóðmör: uma espécie de chouriço de sangue de ovelha, misturado com farinha de centeio e aveia.

O café da manhã tradicional islandês também leva pães de centeio, carne de carneiro defumada ou cozida e até nadadeiras de foca curadas em ácido lático.

Itália

Em um país com tantas guloseimas maravilhosas como a Itália, o café da manhã até que parece bem levinho. Um belo cappuccino feito com os melhores grãos de café (forte, é claro) e um delicioso croissant. Assim, sobra mais espaço para a macarronada do almoço e a pizza do jantar.

Japão

Os japoneses consomem de café da manhã o tofu mergulhado no shoyu e com raspas de gengibre. O alimento é uma opção bastante saudável para começar o dia. Além do tofu, japoneses também apreciam bastante o arroz e cortes de peixe para comer assim que acordam.

 

O Sul

Publicado em COMPORTAMENTO

Foto: Reprodução

A Copa do Mundo de 2018 está cada vez mais próxima. E as 32 seleções, que estarão na Rússia, já estão definidas.

Na última quarta-feira (15), o Peru bateu a Nova Zelândia por 2 a 0 e se classificou para a Copa do Mundo, após 36 anos longe da competição.

Confira quais são as 32 seleções que estão confirmadas na Copa do Mundo de 2018:

Rússia (país anfitrião)

Brasil

Irã

Japão

México

Bélgica

Coreia do Sul

Arábia Saudita

Alemanha

Inglaterra

Espanha

Nigéria

Costa Rica

Polônia

Egito

Islândia

Sérvia

França

Portugal

Argentina

Colômbia

Uruguai

Panamá

Senegal

Marrocos

Tunísia

Suíça

Croácia

Suécia

Dinamarca

Austrália

 

Peru

Publicado em ESPORTES
Página 1 de 2

Usuários Online

Temos 2056 visitantes e Nenhum membro online

VITRINE PUBLICITÁRIA

Astor Mallmann – Representante Telha Cer…

Colchões Ortobom

Atacadão do Hortifruti

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

Feijoada da APAE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SEXO

Copa das Posições Sexuais: vote na melho…

REGIÃO

Piloto portelense de motocross sofre aci…

TRÂNSITO

Veículo invade residência enquanto morad…

PAÍS

Partidos receberão R$ 1,7 bilhão para ca…

ESPECIAL

Jovens correm pelados na noite de doming…

MUNDO

Vídeo mostra resgate de corpo de mulher …

ESPECIAL

Geada ao amanhecer e frio próximo de zer…

ESPECIAL

Morador toma chimarrão só de bermuda no …

GERAL

Brasil sai na frente, mas permite empate…

ESTADO

Ministério da Saúde tenta identificar or…

PAÍS

Se tivessem oportunidade, 62% dos jovens…

TRÂNSITO

Saída de pista provoca capotamento de ve…

...