Foto: Divulgação

Uma família levou um susto na manhã desta quinta-feira (25), ao encontrar uma sucuri de 3 metros de comprimento dentro do galinheiro da casa, localizada em área de periferia no bairro Remédios 2, em Santana, a 17 quilômetros de Macapá.

Nenhum morador ficou ferido. O animal já teria atacado as galinhas criadas pela família. A cobra foi resgatada pelo Corpo dos Bombeiros e entregue ao Batalhão Ambiental da Polícia Militar (PM).

De acordo com o capitão Helder Souza, do Corpo dos Bombeiros, a casa da família fica sobre uma área alagada e com matagal ao redor, o que caracteriza como habitat natural de cobras.

“O animal estava em uma casa situada em uma área de pontes. Fomos chamados pela família que informou que a cobra estava dentro do galinheiro, inclusive, ela teria comido três galinhas. A gente fez a captura e a deixamos no Batalhão Ambiental”, informou Souza.

 

G1

Publicado em BICHOS

Equipe do Zoo de Bauru deu 60 pontos na sucuri esfaqueada. Foto: Reprodução/Facebook

Veterinários fizeram cerca de 60 suturas nos cortes. Uma sucuri verde com mais de 11 kg foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros e levada ao Zoológico de Bauru (SP) após ter sido esfaqueada na zona rural da cidade, nesta quinta-feira (18). Conforme divulgado pelo zoo nas redes sociais, a cobra tem quase três metros de comprimento e estava com vários cortes. Ainda segundo o zoológico, o dono de uma propriedade rural ficou bravo depois que a sucuri comeu uma galinha e a golpeou usando uma faca.

Os veterinários limparam os ferimentos e fizeram cerca de 60 suturas nos cortes. Na mesma publicação, o zoo informou que iria aguardar a recuperação da sucuri e, se ela reagir bem ao tratamento, poderá ser solta em uma área segura. A Polícia Ambiental informou nessa sexta-feira (19) que foi ao local do ataque e identificou o autor dos golpes na sucuri. De acordo com o capitão Nílson César Pereira, comandante da Polícia Ambiental na região de Bauru, o homem foi autuado por crime ambiental e multado de forma administrativa em R$ 3 mil. Se o animal morrer, o valor da multa dobra. O homem também foi enquadrado por crime ambiental, que prevê de três meses a um ano de detenção, além de outra multa.

 

G1

Publicado em INUSITADO

Cobra não foi encontrada pelas equipes da PATRAN. Foto: Divulgação

Sem sinais da cobra gigante, que testemunhas afirmam ter sido vista durante o afogamento de menino no último dia de 2017, a PATRAM – Polícia Ambiental deveria encerrar as buscas na sexta-feira, 12, no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS. As informações são do Atmosfera Online.

Equipes vasculharam a região tentando encontrar o animal, que seria uma sucuri, desde o dia 1º de janeiro, mas os policiais não conseguiram encontrar vestígios que comprovam sua existência no local. Uma varredura foi realizada na região próxima de onde a criança de 12 anos morreu afogada no dia 31 de dezembro. As buscas se estenderam por cerca de 7 km abaixo do ponto onde ocorreu o afogamento, e apenas um local de mata muito fechada, localizado cerca de 2 km rio acima, não pode ser vasculhado.

Segundo relato de testemunhas a cobra, de grande tamanho, foi vista por diversas vezes no local, e familiares do menino que morreu afogado afirmam que ela foi vista ao lado dele no momento do acidente. O laudo de necropsia não identificou no corpo do menino sinais de um possível ataque, mesmo assim o Comando da Brigada Militar optou por manter uma equipe da PATRAN fazendo buscas na região para tentar confirmar a existência do animal.

Publicado em GERAL

Foto: Vanessa Oliveira/Rondon Online

Uma moradora da cidade de Guaíra teve uma surpresa ao encontrar uma cobra sucuri sobre o muro de sua residência. O animal foi visto na tarde de quinta-feira (11), nas proximidades da área urbana do município.

Conforme relatos da moradora, o réptil estava dormindo enrolado em uma bananeira. Após ser acordada, a cobra desceu do muro e retornou ao seu habitat natural.

Nestes casos, quem faz a captura de animais é a Itaipu. No entanto, segundo a binacional, não houve acionamento das equipes. Ainda de acordo com a Itaipu, o animal aparentava ser adulto, podendo medir de quatro a cinco metros.

Avistar de animais silvestres na cidade não é incomum. Mesmo assim, a presença de uma cobra deste tamanho chamou a atenção dos moradores.

Com informações do Catve.com.

 

Banda B

Publicado em INUSITADO

Fotos: Reprodução

 

Uma cobra, da espécie sucuri, de aproximadamente cinco metros foi encontrada e morta neste inicio de ano na Transamazônica, região da cidade de Itaituba, aproximadamente no km 35 da rodovia.

Nas redes sociais, várias postagens falsas informam que a cobra foi encontrada em Santa Catarina, no município de Mafra, porém, o registro ocorreu na quarta-feira, 03, no estado do Pará.

De acordo com a postagem no facebook, a cobra foi encontrada por um morador que a matou com um tiro na cabeça. “Ela mediu cinco metros, pesou mais de 200kg e tinha 100 filhotes, divulgou na rede social.

A informação é que a cobra foi encontrada perto de uma região utilizada por jovens e crianças para tomar banho de córrego.

O animal estava às margens da rodovia, aproximadamente 35 quilômetros de Itaituba, informou o morador.

 

Folha do Progresso/Portal Peperi

Publicado em BICHOS

Foto: Divulgação

Autoridades estaduais e federais vinculadas a órgãos de meio ambiente se reuniram na tarde de terça-feira, 2 para discutir medidas e precauções a serem adotadas após a morte de Guilherme da Silva Andrade, de 12 anos, cujo corpo foi encontrado no primeiro dia de 2018 no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no norte do Estado. As informações são do site Gaúcha ZH.

A agenda entre representantes do Ibama, do Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) e da Fundação Zoobotânica foi motivada pelos relatos de familiares que dizem terem visto uma cobra de grande porte atacar Guilherme, supostamente se enrolando no corpo do adolescente e o puxando para dentro do rio.

O laudo do Instituto-Geral de Perícias (IGP), divulgado na terça, indicou o afogamento como a única causa da morte. Não foram detectadas pelo médico-legista marcas de mordidas de répteis, e os ossos não estavam fraturados.

A Patrulha Ambiental da BM (Patram) está no Rio Teixeira fazendo buscas e entrevistando pessoas que afirmam ter visto a cobra, como Nedomir Sal, tio da vítima, que chegou a descrever as características da cabeça do animal. “Vamos permanecer com equipes na região pelo menos até quinta-feira para fazer buscas a répteis de grande porte”, informou o coronel Vitor Hugo Cordeiro Konarzewski, comandante do CABM.

Até o final desta semana, os órgãos ambientais deverão ter novo encontro para analisar as informações recolhidas e estudar a necessidade de tomar novas iniciativas. Os primeiros relatos que surgiram foram de que o menino teria sofrido fraturas múltiplas pela ação da cobra, que teria se enrolado nele antes de puxá-lo ao manancial. O laudo pericial, contudo, indicou que as lesões não aconteceram.

Publicado em ESPECIAL

Patrulhas ambientais procuram réptil na região. Foto CABM

 “Trata-se de uma espécie exótica para a fauna gaúcha, que também acaba sendo vítima do réptil, considerado agressivo e predador. Moradores já haviam relatado a existência de cobras de grande porte na região”, disse o coronel Vitor Hugo Cordeiro Konarzewski, do Comando Ambiental da Brigada Militar - CABM, sobre a suspeita de que a cobra que atacou o menino seja uma sucuri.

O Comando Ambiental está mobilizado para localizar e capturar a cobra que atacou e matou o menino Guilherme da Silva, 12 anos, na tarde de domingo, 31, no rio Teixeira, na localidade de Buitiá Grande, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS. A principal suspeita é de que o animal seja uma sucuri. As informações são do Jornal Correio do Povo.

O menino banhava-se no rio com um irmão, de 15 anos, quando aconteceu o ataque. A cobra enrolou-se na vítima que se debateu antes de ser levada para o fundo da água. O irmão conseguiu escapar com vida. O corpo da criança foi encontrado somente na manhã de segunda-feira, 1. Diversos ossos haviam sido quebrados por uma pressão mecânica muito forte, incluindo um braço e costelas. O menino residia em Passo Fundo.

Os efetivos das Patrulhas Ambientais de Erechim, Passo Fundo e Nonoai começaram na manhã desta terça-feira, 2, uma varredura na área. 

Publicado em REGIÃO

Usuários Online

Temos 1407 visitantes e Nenhum membro online

.......

VITRINE PUBLICITÁRIA

Green House

VIVO Multicell - Três Passos

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se prédio comercial em Humaitá

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍTICA

Partido expulsa prefeito natural de Tene…

ESTADO

Hospital atesta óbito de bebê vivo no in…

ESPECIAL

Câmeras flagram homem encapuzado em gara…

GERAL

Polícia investiga se houve negligência d…

ESPECIAL

Bebê recém-nascido de mãe que morreu dur…

CIDADE

CPI realizará mais uma reunião de trabal…

ESPECIAL

Conheça as candidatas à rainha e princes…

POLÍCIA

Vídeos - Homem ataca policiais com facão…

INUSITADO

Vídeo - “Briga inusitada” é registrada n…

REGIÃO

UTI do Hospital Santo Antônio já tem dat…

GERAL

Coca-Cola está de olho em mercado de beb…

TRÂNSITO

Acidente envolve dois veículos na ERS-21…