Foto: Reprodução

O governador José Ivo Sartori apresenta amanhã, o acordo institucional que beneficia o turismo no Rio Grande do Sul e garante a visibilidade do Salto do Yucumã nos finais de semana. O evento acontece a partir das 11h, no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini. De acordo com a secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), Ana Pellini, o acordo é resultado de uma antiga reivindicação da Sema junto ao governo federal. "Ficamos contentes com essa decisão, que acontece após longa articulação com o governo federal. A partir de agora, o Salto ficará plenamente visível para os turistas que desejam visitá-lo nos sábados e domingos", destaca.

Localizado no Parque Estadual do Turvo, em Derrubadas, o Salto do Yucumã possui 1,8 quilômetro de extensão e é considerado a maior queda d'água horizontal do mundo. Porém, era preciso ter sorte para apreciar essa beleza natural. Na maior parte do tempo, o Salto ficava submerso em razão da grande quantidade de água do Rio Uruguai escoada pela Usina Hidrelétrica Foz do Chapecó. Ciente de que a inundação prejudicava os visitantes, a Sema, desde setembro de 2015, buscou junto ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos e à Agência Nacional de Águas (ANA) o resgate desse ponto turístico tão importante para a região Noroeste do Estado.

Publicada no Diário Oficial da União, a Resolução Nº 4 da ANA estabelece novas regras de operação para a usina e determina que, em períodos de pouca chuva que caracterizam baixas vazões, a descarga deverá ser igual ou inferior a 1 mil metros cúbicos de água por segundo entre o meio-dia de sexta-feira e o meio-dia de domingo. A operação é administrada pelo Ministério de Minas e Energia, respeitando as demandas do setor energético.

De acordo com a portaria, a usina também será responsável por informar a Sema, até o meio-dia das quintas-feiras, sobre as condições de operação para o final de semana. Em caso de altas vazões que inviabilizem a visualização do Salto, será disponibilizado um aviso para que os turistas possam ter a opção de reprogramar a visita ao Parque do Turvo. A resolução funcionará em formato de teste por 180 dias.

 

Maurício Tomedi/Sema

Publicado em REGIÃO

Foto: Reprodução

Gustavo Santos destacou o potencial da província, que ele descreveu como um dos mais atraentes para o mercado nacional e internacional. Ele disse que no próximo ano eles solicitarão ofertas para realizar obras de infra-estrutura nos Saltos del Moconá.

O ministro da Indústria do Turismo, Gustavo Santos, fez referência ao turismo das Missões, afirmou que estamos enfrentando uma das províncias mais atraentes em termos de turismo, não só para o mercado interno, mas principalmente para o mercado internacional.

Ele disse que o voo das Companhias Cordoba-Posadas adicionará o flybondi Córdoba-Iguazú e a conectividade da província será multiplicada por duas ou três. Ele também disse que no próximo ano eles vão licitar obras para as Cataratas do Moconá. Nesta linha, ele especificou que a passarela será feita na água, no mirante, nas obras de infraestrutura no parque e no corredor de integração do rio em Posadas, que é um centro para turistas. "Somente no caso de Moconá, o investimento superará os 55 milhões de pesos", afirmou.

 

Misiones Online

Publicado em INTERNACIONAL

Usuários Online

Temos 98446 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

POLÍCIA

Jovem de 17 anos é encontrada morta com …

ESPECIAL

Mulher desaparecida é encontrada sem vid…

TRÂNSITO

Mulher morre atropelada na ERS-330, entr…

DIVERSOS

Nova médica chega a Tiradentes do Sul pe…

ESPECIAL

Verão terá temperaturas acima da média e…

POLÍCIA

Familiares procuram por mulher desaparec…

TRÂNSITO

Novas placas padrão Mercosul custarão R$…

DENÚNCIA

Confirmado que agrotóxico causa prejuízo…

ESTADO

Médico doa carro para rifa e ajuda funci…

GERAL

Seguro DPVAT tem redução de 71% para car…

ESPECIAL

Temporais causam estragos em pelo menos …

CIDADE

Mercadão dos Óculos inaugura loja no cen…