Três Passos News

Três Passos News

Foto: Reprodução

Uma adolescente de 16 anos desenvolveu problemas nos pulmões por ter “gritado muito” em um show da banda One Direction . De acordo com a BBC britânica, a garota começou a sentir dificuldades para respirar durante o evento, mas só foi ao hospital após o término do espetáculo, já que ela é uma “muito fã da banda” e não poderia abandonar o evento.

Levada ao centro médico mais próximo, na cidade americana de Dallas, a adolescente foi atendida pelo Dr. J Mack Slaughter. O especialista notou que os níveis de oxigênio estavam bons e ela não aparentava estar doente, porém, a garota estava respirando 22 vezes por minuto, quando o normal seria respirar de 12 a 16 vezes. Foi a partir desse momento que os médicos decidiram investigar a situação de seus pulmões .

Durante o exame físico, Slaughter percebeu um som anormal, que se parecia com o barulho de flocos de arroz sendo esmagados, quando certas partes do corpo da paciente eram pressionadas. Esta evidência revelou que pequenas quantidades de ar “escaparam” do sistema respiratório e alcançaram seus tecidos moles – compostos pelos tecidos conjuntivo, epitelial e muscular.

Caso inédito

Exames posteriores revelaram uma espécie de rasgo no pulmão da adolescente, ruptura que foi responsável por deixar o oxigênio chegar a três lugares diferentes: dentro do espaço entre o pulmão e a parede torácica, dentro da cavidade torácica, e sob sua faringe. A combinação destes três diagnósticos nunca fora vista antes, o especialista explicou à BBC .

Este tipo de vazamento de ar, de acordo com Slaughter, costuma ser causado por um “evento intenso“, como crises de asma, levantamento de peso, mergulhos ou voos militares, por causa da súbita mudança na pressão atmosférica. Casos como este, suscitados por gritar ou cantar, são tão raros que só foram identificados outras duas vezes na literatura médica.

O problema, no entanto, não precisa de um tratamento específico ou acompanhamento médico. O corpo costuma reabsorver o ar que escapa das vias respiratórias e o rasgo nos pulmões é capaz de se autorregenerar.

 

Saúde - iG 

Foto: Reprodução

Quem pensa que agentes policiais têm de lidar apenas com seres humanos vai repensar sua posição após assistir a este vídeo. Ele mostra a corajosa detetive Emily Shaw capturando uma cobra anaconda de 2,7 metros com as próprias mãos no condado de Leon, na Flórida (Estados Unidos).

Publicado na última quarta-feira (11) no Facebook, a filmagem já foi assistida mais de 423 mil vezes na rede social. Emily conta com a 'ajuda' de um galho de árvore para tirar a cobra do esconderijo onde ela estava.

Segundo a polícia local, a "cobra era bicho de estimação de alguém que escapou ou então foi solta". O departamento ainda fez um apelo: "Se você é dono de um bichinho exótico, por favor seja responsável. Certifique-se que a jaula do bicho está completamente fechada e se você decidir que não o quer mais, não liberte o animal no mato."

Confira o vídeo no link abaixo:

https://www.facebook.com/leonflso/videos/1694635550547026/

 

Rede TV

Foto: Reprodução

Adidas ganhou o status de marca descolada da vez entre os millennials. E, encantando ainda mais esse público, embarcou na inclusividade com a campanha “Icons of Tomorrow”. O critério para escolha dos modelos foi o impacto positivo que esses jovens trazem para o mundo. Apesar da ideia ser moderna, a sueca Arvida Byström recebeu uma recepção pouco calorosa do público.

A artista e fotógrafa posou para o lançamento da linha “Superstars” da Adidas. Na foto, Arvida está com peças tipicamente femininas, com direito a rosa e rendas, e o tênis da coleção. O que deixou parte da internet escandalizada foi a sueca ter exibido pelos nas pernas.

Em seu Instagram, Arvida repostou a foto da Adidas com uma legenda sobre os comentários que ela recebeu. “Sou uma pessoa apta, branca, cisgênero, meu único aspecto que não está de acordo com padrões é um pouco de cabelo na perna. Literalmente recebi ameaças de estupro nas minhas DMs. Não consigo nem imaginar como é não ter esses privilégios e viver neste mundo”, desabafou.

Apesar disso, Arvida agradeceu e disse que recebeu também muito amor dos fãs da marca. A artista sueca compõe o time de jovens inspiradores da Adidas, que conta também com a modelo plus size Barbie Ferreira, músicos, ativistas e uma skatista.

 

Metrópoles

Foto: Reprodução

Sim, em algumas de minhas manias eu sou típica. A típica adolescente. Tenho quinze anos e escrevo um diário. Hoje o que você lê é apenas uma parte dele, que, naturalmente, tem um cadeado que está escondido em um lugar que você nunca vai encontrar. Pelo menos é o que espero e que esta oportunidade não surja quando você for arrumar minhas coisas, achando que está pondo ordem no meu quarto, que é justo quando me sinto mais perdida.

Se você o encontrasse seria uma boa razão, certamente a melhor forma de você se tornar uma mãe nefasta. Super protetora, metida e insuportável em apenas uma palavra. Além disso, acho que isso só iria alimentar seus medos, aqueles temores que já te fazem ficar acordada algumas noites ou esperando por mim. Porque sim, na minha cabeça eu vejo opções que você descartaria.

Quando eu era pequena perguntava sobre o que estava fora, o que era, para que servia. Agora, para uma adolescente como eu, as perguntas são mais incertas, têm a ver com o meu íntimo e eu parei de te perguntar porque acho que você não tem as respostas, pelo menos as minhas respostas. Por isso prefiro minhas amigas neste ponto, com elas posso compartilhar a cumplicidade de não saber e a emoção de cada nova descoberta. Se você voltar trinta anos no tempo vai entender o que quero dizer.

Quando crescemos, esquecemos

É algo que me espanta nos idosos. O quão rápido eles esquecem que também fizeram travessuras, se apaixonaram pela primeira vez, fingiram estar doentes para faltar aula ou deram uma de desentendidos para chegar mais tarde.

A batalha travada pela independência, para resolver o confronto entre o que as pessoas esperavam e o que queriam, e o preço que qualquer um tinha que pagar por qualquer uma das duas opções, a curto ou a longo prazo. Como você era quando era adolescente?

Além disso, se os genes que contêm esta tendência sobreviveram, é provável que o costume tenha algo de adaptativo, que facilite que cada um desempenhe seu papel. Que você tenha suas expectativas e que eu esteja aqui para quebrá-las, talvez seja o primeiro exercício de outros mais difíceis que certamente virão e que terei de enfrentar. Acho que se nos explicassem a teoria de Darwin assim haveria menos pessoas no mundo se perguntando o que diabos esse homem disse de tão importante.

Sabe, quando pequena, nesse exercício de egocentrismo que todas as crianças fazem, eu pensava que o mundo era um grande teatro e que as pessoas, quando não as via, estavam todas preparando o papel que iam representar diante de mim. Para comprovar essa teoria, eu tentava muitas vezes ser imprevisível. Mesmo querendo muito um doce gostoso, eu o rejeitava para ver como os outros se comportavam quando eu agia de forma imprevisível. Minha intenção era que esse tipo de “Big Brother” terminasse confessando tudo diante do desespero de ver quebrados todos os seus esquemas.

Neste jogo de coerência e incoerência eu acabava me perdendo muitas vezes, mais de uma por dia. Daí as mudanças de meu humor adolescente, minhas resistências e aceitações, de tentar relativizar tudo e de me sentir sem peso contra essa sensação de que nada é certo e de que não há onde me segurar. Nada é infalível, nem quem tem o controle completo de tudo, porque as melhores amigas podem falhar e você pode ser reprovada nas provas para as quais você mais estudou. Você pode buscar a sorte, mas ela é mais caprichosa do que as gotas que caem de um céu sem nuvens.

O que eu tenho que fazer para ser boa o suficiente?

Mas a tarefa mais difícil ao crescer tem a ver com uma questão que envolve a impotência das minhas amigas e a minha também. Eu não sei o que mais eu tenho que fazer para ser boa, aceita. Para me sentir amada e respeitada. Era uma pergunta que vi como transformava minhas amigas e como me transformava. Talvez o primeiro requisito seja ter um corpo perfeito, quando este se desenvolve de maneira anárquica e faz basicamente o que quer e bem entende. Você pode querer ser alta e para isso se encher de iogurtes, mas se a genética decidiu que não é isso, não será de forma alguma. Ou seja, é aí quando você começa a entender a tortura infernal dos saltos altos.

No colégio as pessoas também não gostam daquelas que não tiram boas notas, a não ser que o grupo interprete que foi por iniciativa própria e não por falta de capacidade. Se interpretarem o segundo, você está perdida. Passará a fazer parte do mundo dos zeros à esquerda, um lugar fácil de entrar e muito complicado de sair.

Nesse sentido, o 7 e o 8 são as melhores notas, e não se deve levantar muito a mão ou responder de forma sucinta cada pergunta do professor. Além disso, antes de responder, vale a pena arriscar e dizer alguma coisa engraçada para os companheiros que ditam tendência, os Influencers, como se chamam.

Uma vez, em uma aula, nos ensinaram a distribuição normal. Supõe-se que muitas das distribuições naturais se encaixem nesta curva, de modo que há uma maior densidade em torno do meio e uma inferior nas extremidades.

Eu achei muito natural, porque estar nos extremos é sempre muito perigoso. Não expressar emoções ou expressá-las muito, nunca ficar com raiva ou mostrá-la para sempre. Então, se você quer ser um adolescente e viver em paz, o melhor a fazer é ficar no meio desta curva, onde camuflar-se entre muitos é mais fácil. Uma camuflagem, como disse antes, onde fazer o gênero de quem não se importa com nada cai muito bem.

Aqui se acabam as folhas deste meu diário que eu perdi por acaso, claro. Dizer tudo isso me daria vergonha e é por isso que te deixei escrito no meio das minhas meias. Como uma folha perdida no meio da ordem que você tenta me impor, para que você entenda um pouco a minha luta para encontrar a minha própria ordem. Uma tarefa que não é fácil, mas que ao mesmo tempo é apaixonante.

E, claro, eu te amo, coisa que não te digo nunca…

 

A Mente é Maravilhosa

Foto: Reprodução

Um motorista foi parado na Austrália por dirigir acima da velocidade permitida na via em que estava. O caso, no entanto, ganhou as páginas de jornais e virou piada nas redes sociais por causa da desculpa que o infrator deu ao policial.

Até as autoridades consideraram a explicação inusitada e compartilharam a multa na página oficial da corporação: “Eu precisava cagar, as crianças me deram dor de barriga”, foi a justificativa registrada no documento.

Esse pai desesperado estava dirigindo a 37 km/h acima da velocidade da via e foi multado em 1,2 mil dólares australianos, além de perder a habilitação.

 

Metrópoles

Foto: Reprodução

dupla sertaneja Maiara e Maraisa anunciu que irá manter a agenda de shows inalterada, mesmo depois do susto sofrido no último domingo (15), quando o jatinho que levava as duas para São Borja, no Rio Grande do Sul, furou o pneu e saiu da pista no Aeroporto de Maringá, no norte do Paraná.

Na ocasião, ninguém se feriu, mas a equipe e as cantoras precisaram trocar de aeronave para seguir viagem.

No Instagram, a dupla já postou fotos dos shows e agradeceu a presença do público.

 

Notícias ao Minuto

Foto: Divulgação

O bebê Mark Anthony, filho de Lilian Tibola e Watson Silva, de Frederico Westphalen, está internado há mais de 100 dias. Com apenas cinco meses de idade, o pequeno teve, segundo os familiares, uma bronquiolite e precisou deixar o município no dia 5 de julho para buscar auxílio na UTI de Santa Rosa, onde passou mais de 50 dias. Após um breve retorno à casa de saúde de FW, a criança precisou voltar a se deslocar em busca de um novo leito de UTI, desta vez sendo conduzido para Santa Maria, onde está desde então internado no Hospital Universitário.

Diagnosticado com dois quadros de pneumonia, pneumotórax bilateral (os dois pulmões estourados) e enfisema subcutâneo (ar embaixo de toda a pele, em todo o corpo) ainda em Santa Rosa, conforme as informações dos familiares, as condições do pequeno foram se agravando tendo ainda que passar por traqueostomia e gastrostomia, e por isso a mãe precisou alugar um local para ficar em Santa Maria para acompanhar o filho, que na tarde desta segunda-feira, 16, estava internado em um quarto do hospital, respirando ainda com a ajuda de oxigênio.

Para ajudar com custos e as futuras necessidades do bebê — que mesmo após alta precisará de cuidados especiais —, a mãe fez um pedido na internet nesta segunda-feira, através do site “Vakinha” com o título “Ajude Mark Anthony”. Quem tiver interesse e puder ajudar pode acessar o link, ou entrar em contato com a irmã de Lilian, Eliana (no Mercado Tibola), pelo telefone (55) 9.9925.7140.

 

AU

Confira o novo horário. Foto: Arquivo/TP News

Com a entrada em vigor do horário brasileiro de verão, no último domingo, 15, os usuários que utilizam o serviço de travessia de balsa no rio Uruguai devem ficar atentos aos novos horários.

Em Porto Soberbo, na fronteira entre Tiradentes do Sul (Brasil) e El Soberbio (Argentina), a travessia de balsa acontece de segunda-feira a sábado: pela manhã, das 8h30min às 11h45min, e à tarde, das 14h30min às 17h45min. Aos domingos o serviço não acontece.

Para entrar no país, além da carteira de identidade, o veículo deve estar em nome do condutor, caso não estiver, este deve portar uma procuração com firma reconhecida.

Foto: Uirapuru

No início da manhã desta terça-feira (17), foi registrado um atropelamento com morte no Km 11 da ERS-135, no trecho entre os municípios de Passo Fundo e Coxilha.

De acordo com o relato policial, um caminhão Ford Cargo com placas de Erechim seguia no sentido Passo Fundo/Coxilha, quando o motorista foi surpreendido por uma mulher caminhando no meio da rodovia. Ele tentou desviar, porém não conseguiu evitar o atropelamento.

Com o impacto da colisão, a mulher morreu no local. O condutor do caminhão precisou ser encaminhado para o hospital devido ter ficado em estado de choque.

A vítima fatal foi identificada como Neliane Monteiro da Rosa, de 24 anos, moradora de Coxilha.

Informações de que a vítima e sua mãe sofrem transtornos psiquiátricos e são acompanhadas pela equipe de Assistência Social de Coxilha, sendo que nessa segunda-feira (16) a mãe da jovem foi internada no Hospital da Cidade em Passo Fundo, onde permanece recebendo atendimento.

A Polícia Rodoviária Estadual, juntamente com agentes da Polícia Civil e peritos do IGP realizam o atendimento da ocorrência.

O trânsito está parcialmente interrompido.

 

Rádio Uirapuru 

Recurso ainda depende de liberação. Foto: Três Passos News

O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), através de sua assessoria de imprensa, anunciou o empenho de R$ 394,2 mil para a Associação Hospitalar de Caridade Três Passos. Os recursos, previstos em Emenda Individual do parlamentar junto ao Orçamento Geral da União de 2017, são do Fundo Nacional de Saúde para Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde e deverão ser usados em obras de reforma do hospital, como a troca de pisos e revestimentos de parede e pintura de paredes e esquadrias. O Hospital de Caridade, assim como outras instituições filantrópicas e comunitárias no Estado, passa por dificuldades financeiras que vêm causando atrasos no pagamento de salários dos médicos e funcionários.

Usuários Online

Temos 619 visitantes e Nenhum membro online

NOTÍCIAS RECOMENDADAS

Green House – Raul Seixas Cover

Lucas Pneus e Acessórios

Mauri Cabeleireiro

Colchões Ortobom

Igreja Dom de Maravilha

Vende-se casa mista em Três Passos

JYM Studio

Leitor Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SAÚDE

Em caso inédito, fã tem pulmões "ra…

BICHOS

Policial 'domina' anaconda de quase 3 me…

MODA

Campanha com modelo não depilada causa e…

VARIEDADES

A surpreendente carta que uma mãe encont…

CURIOSIDADES

Pai dá desculpa inusitada para policial …

FAMOSOS

Dupla sertaneja mantém agenda de shows a…

REGIÃO

Bebê de cinco meses hospitalizado no Nor…

GERAL

Novo horário da balsa de Porto Soberbo e…

TRÂNSITO

Mulher morre atropelada por caminhão em …

ESPECIAL

Quase 400 mil reais são empenhados para …

ESPECIAL

Casal de assaltantes de bancos é preso, …

POLÍCIA

Ladrões de motocicleta aterrorizam comer…