Três Passos News

Três Passos News


Estudante foi mais uma piauiense que conquistou a nota mil na prova. Mariana conquistou a nota mil na redação do Enem. Reprodução Mariana Oliveira foi a segunda piauiense, dentre os 55 candidatos do país, a conquistar a nota 1000 na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Ainda na sexta-feira (18) pela manhã, o piauiense João Victor soube do resultado, mas Mariana só descobriu que atingiu a pontuação máxima à noite, porque teve medo de olhar as notas. A garota que tem 19 anos pretende cursar medicina. “Quando saiu o resultado, foi muito nervosismo, passei o dia inteiro com medo de olhar a nota e não ter ido bem, tanto que vim olhar só à noite.

Para participar, é preciso ter feito o Enem 2018. Neste primeiro semestre, serão oferecidas 235.476 vagas em 129 instituições de todo o país. Tela do Sisu Reprodução/TV Globo As inscrições para a primeira edição de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abrem nesta terça-feira (22) e vão até sexta-feira (25). Os candidatos devem se inscrever pelo site http://sisu.mec.gov.br/. Segundo o Ministério da Educação (MEC), neste primeiro semestre, serão oferecidas 235.476 vagas em 129 instituições de todo o país. Essa é a primeira vez desde o lançamento do Sisu em que há redução no número de vagas oferecidas.

Mais de 1 milhão de participantes que fizeram a prova ainda não conferiram o resultado. Processo de seleção do Sisu irá de terça (22) a sexta-feira (25). Resultado do Enem 2018 mostra apenas as notas: espelho da redação só será divulgado em 18 de março, segundo o Inep Reprodução/Inep Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já foram visualizados por pouco mais de 3 milhões de candidatos. Desde o dia 18 de janeiro, quando o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou a consulta às notas, até as 8h desta segunda-feira (21), cerca de 1,1 milhão de participantes que compareceram ao exame ainda não haviam acessado o boletim de desempenho.

'Passei a ser procurada, principalmente, por aqueles que têm pressa para sair da Venezuela', conta professora de viola em Caracas em entrevista à BBC News Brasil Orquestra Latin Vox Machine se apresenta na Argentina LATIN VOX MACHINE/DIVULGAÇÃO via BBC A grave crise socioeconômica na Venezuela, que tem castigado a população com altos índices de pobreza, criou também diversos obstáculos aos músicos locais, que sobrevivem da atividade. Ainda assim, a profissão conseguiu renovar seu status de "tábua de salvação" para diversos venezuelanos. Para maestros, professores e jovens músicos entrevistados pela BBC News Brasil, a música virou o equivalente a um passaporte para desembarcar em outro país com maior possibilidade de conseguir oportunidade profissional.

Segundo ONG, ataques deixaram 11 mortos. Israel diz que Irã enfrenta consequências por ameaças, enquanto Irã diz que está 'impaciente' para destruir Israel. Foto divulgada pela agência oficial síria Sana mostra míssil no céu de Damasco, próximo ao aeroporto internacional, nesta segunda-feira (21) SANA via AP Israel lançou na madrugada desta segunda-feira (21) uma série de bombardeios contra posições iranianas e do governo sírio nos arredores de Damasco e no sul da Síria. A agência de notícias oficial da Síria, a Sana, informou que a defesa antiaérea conseguiu interceptar e destruir a maioria dos mísseis antes que atingissem seus objetivos.

Consulta popular é resultado de acordo de paz firmado com rebeldes muçulmanos sobre a criação da Região Autônoma de Bangsamoro. Mulher muçulmana vota nesta segunda-feira (21), na ilha de Mindanao, no sul das Filipinas, para decidir sobre criação de região autônoma de Bangsamoro Noel Celis / AFP Milhões de filipinos são esperados nas urnas, nesta segunda-feira (21), para se pronunciar sobre a criação da Região Autônoma de Bangsamoro, no sul do país. A consulta popular acontece em decorrência de um acordo de paz firmado com os rebeldes muçulmanos para encerrar décadas de conflito. Nos anos 1970, um grupo de muçulmanos lançou uma luta armada para exigir a autonomia, ou a independência no sul das Filipinas, em uma região que consideram como sua terra ancestral.

Tudo estava escondido no motor de uma caminhonete. Fuzis apreendidos com dois paraguaios Reprodução/TV Morena Dois homens foram presos na madrugada de domingo (20), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha à brasileira Ponta Porã, distante 326 quilômetros de Campo Grande, com uma metralhadora ponto 50, oito fuzis, três pistolas, diversos carregadores e 850 munições de diversos calibre. A metralhadora apreendida é de modelo semelhante a usada para matar o traficante Jorge Rafaat, em junho de 2016, em Pedro Juan Caballero. O armamento é capaz de derrubar avião. Tudo era transportado escondido no motor de uma caminhonete. Até até a divulgação das informações pela polícia do Paraguai, os suspeitos não tinham aceitado prestar depoimento e por isso, os policiais ainda não tinham detalhes sobre o destino do arsenal apreendido.

O vice-presidente Hamilton Mourão no Palácio do Planalto, em imagem de 7 de janeiro Marcelo Camargo / Agência Brasil O vice-presidente da República Hamilton Mourão disse ao blog que não vê dificuldades para o governo Jair Bolsonaro mesmo com a crise envolvendo um dos filhos do presidente, o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). No fim de 2018, um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O documento revelou a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de um ex-motorista e ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz.

Hamilton Mourão assumiu exercício da Presidência no momento em que Bolsonaro deixou espaço aéreo brasileiro. Com impeachment de Dilma, em 2016, cadeira de vice ficou vaga. Bolsonaro participa da abertura do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça Com a viagem do presidente Jair Bolsonaro na noite deste domingo para Davos (Suíça), a fim de participar do Fórum Econômico Mundial, o país passa a ser comandado a partir desta segunda-feira (21) pelo vice-presidente, Hamilton Mourão. No momento em que o avião de Bolsonaro deixou o espaço aéreo brasileiro, Mourão passou a ser o presidente da República em exercício. A última vez que um vice-presidente comandou o Brasil foi em 21 de abril de 2016, segundo o Palácio do Planalto.

O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro Dida Sampaio/Estadão Conteúdo O senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, passou o fim de semana discutindo com assessores a estratégia política e jurídica após as novas revelações sobre movimentações atípicas detectadas pelo Coaf. Diante do que foi discutido, a defesa de Flávio se dará em duas frentes: comunicação e Justiça. No STF, se o ministro Marco Aurélio, relator do caso, negar o pedido de Flávio Bolsonaro para suspender o caso - como já indicou ao blog - a defesa do senador eleito pode recorrer à Primeira Turma da Corte.

Usuários Online

Temos 29061 visitantes e Nenhum membro online

.......

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ESPECIAL

Jovem tem dedo da mão mutilado pelo tráf…

ESPECIAL

Dois jovens são presos e um menor apreen…

REGIÃO

Polícia encontra cadáver que poderá ser …

TRÂNSITO

Acidente com ônibus deixa ao menos 14 fe…

INUSITADO

Vídeo de cadela buscando pão ‘sozinha’ n…

POLÍCIA

Delegado aponta possível vingança como c…

CIDADE

Esgotada a venda do Passaporte Bistrô pa…

SEGURANÇA

Polícia pede denúncias para localizar úl…

ESPORTES

Neymar rebate críticas de Pelé: "Eu…

ESPECIAL

Imagens mostram Eclipse de Lua de Sangue…

POLÍCIA

Moradores vão à festa e têm casas arromb…

GERAL

Homem morre ao tentar atravessar ponte s…