Bichos
Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira a Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste/SC foi acionada por um agricultor de linha Raigão Baixo, Tunápolis/SC, que teria capturado uma serpente.

Conforme a PMA, a espécie encontrada pelo agricultor não é comum na nossa região. Trata-se de uma Jararacuçu com cerca de 1,2 metros de comprimento. Essa espécie na fase adulta pode atingir 2,2 metros de comprimento.

A Jararacuçu é considerada a segunda espécie mais peçonhenta do Brasil. É também a serpente brasileira com maior capacidade de produção de veneno. Quando pica alguém, a serpente injeta grande quantidade de veneno com suas presas que medem aproximadamente 2,5 centímetros.

A Polícia Militar Ambiental lembra que no verão o aparecimento de serpentes é mais comum, por isso é importante manter limpos jardins e os arredores das casas, além de não acumular galhos e entulhos que podem servir de abrigo para estes animais. A orientação é também não tentar capturar estes animais para não causar acidentes.

Polícia Militar Ambiental de São Miguel do Oeste