Curiosidades
Sede da Comarca de Três Passos e da 86ª Zona Eleitoral. Foto: Divulgação

Alguns fatos, entre tantos outros, chamaram a atenção nas eleições municipais de 2020 nos quatro municípios da 86% Zona Eleitoral, com sede em Três Passos, e que também fazem parte Bom Progresso, Esperança do Sul e Tiradentes do Sul. Confira abaixo:

Três Passos

De um total de 17.699 eleitores aptos a votar, 15.046 compareceram às urnas em Três Passos. Foram computados 299 votos brancos e 525 eleitores votaram nulos.

Arlei Tomazoni somou 46,96% dos votos válidos, derrotando o candidato da situação e mais dois da oposição.

O atual prefeito não conseguiu eleger seu sucessor, o atual vice Jorge Dickel, que fez 42,36% dos votos, ficando em segundo lugar.

A pesquisa, que indicava vitória folgada do candidato da situação, não se confirmou.

O PT, embora derrotado para o cargo de prefeito, conseguiu eleger dois vereadores para a Câmara de Vereadores.

O PDT conseguiu, finalmente, eleger um vereador. Já o PC do B perdeu a vaga que tinha.

Apenas uma vereadora mulher se elegeu para a próxima legislatura. As duas atuais ficaram suplentes.

De cara nova. Das 11 vagas, sete serão ocupadas por candidatos eleitos pela primeira vez.

Bom Progresso

Armindo David Heinle se reelegeu para o quarto mandato. Com 86 anos de idade, pode ser o candidato a prefeito mais velho eleito do Rio Grande do Sul.

A cidade tem mais eleitores registrados do que habitantes. São 1.899 moradores e 2.313 votantes.

Entre os vereadores eleitos, o mais votado fez 223 votos e o menos votado se elegeu com 90 votos.

Esperança do Sul

O atual prefeito Moisés Ledur se reelegeu com a maior diferença de votos na Região Celeiro. Foram 72% contra 25,08% e 4,65% de seus adversários.

Tiradentes do Sul

Alceu Diel foi reeleito com 53,93% dos votos válidos, com 2.038 votos. Porém, pela primeira vez na história do município, a eleição para prefeito ocorreu sub judice, e a confirmação do próximo mandatário deverá ser decidida nos tribunais eleitorais.

VEJA TAMBÉM