Segurança
Foto: BM/Divulgação

Hoje, dia 17, havia rumores de movimentos fora da rotina normal na reserva Indígena do Guarita, quando policiais militares fizeram algumas incursões nas proximidades e em especial a RS 330.

Por volta das 16 horas os policiais militares de Tenente Portela, foram comunicados de que elementos estavam realizando disparos de arma de fogo na localidade de Três Soitas,localidade próxima da RS 330 a cinco quilômetros da cidade.

Os policiais então deslocaram imediatamente ao local indicado  com duas guarnições, sendo que no momento que as viaturas se aproximaram foi possível avistar vários indígenas correndo em direção ao mato.

Após buscas na direção que correram, próxima a casa do indígena V. J. foi localizado um revólver Cal 38, marca Trade Mark, niquelado, municiado com 6 munições e uma sacola plástica com mais 10 munições intactas, sendo 14 munições da marca CBC, 01 munição marca FMFLB e 01 munição marca WCC.

Mais adiante próximo da casa do indígena R. A. foi localizado uma espingarda Cal 36 oxidada sem marca aparente, somente numeração 670 e no cano P86 municiada, e mais duas espingardas de pressão adaptadas para Cal 22, sem marca aparente municiadas com uma munição cada. Posterior o indígena R. A. se apresentou como o proprietário de uma das espingarda.

O mesmo foi conduzido até a delegacia de polícia para registro.

Segundo uma fonte oficial somente por volta das 20 horas e 30 minutos é que os policiais teriam encerrado a ocorrência, que teve inicio como já destacado por volta das 16 horas.

Hoje durante todo dia e noite um forte aparato policial vem promovendo fiscalização de rotina tanto na RS 330 como também no perímetro urbano de nossa cidade para manter a ordem e a disciplina.

A Brigada Militar não informa o numero de viaturas e nem de policiais empregados nas ações, mas hoje pela manhã percebia-se diversas viaturas, inclusive em certo momento escoltando uma equipe do corpo de bombeiros de Três Passos/RS.

Valdemir Ribeiro Do Nascimento