Mundo
Foto: Reprodução

“Uma ameaça para a segurança mundial”, resume o prefeito da cidade ucraniana de Energodar, Dmytro Orlov, sobre o ataque promovido pelas tropas russas que provocou um incêndio na usina nuclear de Zaporizhzhia, a maior desse tipo em toda a Europa. O ataque teria ocorrido nas primeiras horas da manhã de sexta-feira (4) no horário local (por volta de 21h de quinta, dia 3, pelo horário de Brasília). A informação foi divulgada pelo prefeito por meio de postagem em uma rede social. Mais cedo, autoridades ucranianas informaram que as tropas russas estavam intensificando os esforços para tomar a usina, localizada no sudeste da Ucrânia, e tinham entrado em Energodar com tanques. A Rússia já havia conquistado a extinta usina de Chernobyl, a cerca de 100 quilômetros ao norte da capital da Ucrânia, Kiev.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/D0RDjvChlCFGU5mWZ176cg

CNN Brasil