Sexo
Foto: Reprodução

Eu não ando muito bem de saúde e, consequentemente, minha vida sexual também não. Quando transo, fico cansado e, muitas vezes, a coisa desanda. Fiz vários exames, e o médico afirmou que o meu problema é o sedentarismo. Ele recomendou que eu faça atividade física e disse que exercícios podem ajudar muito no sexo. É isso mesmo?

Amigo, que ótimo ter o acompanhamento de um profissional competente! Realmente, o caminho que você está construindo é o mais indicado para uma vida sexual de longa duração e com muita saúde. 

A chave para uma vida sexual satisfatória passa pelo desenvolvimento da consciência corporal, muitas vezes, despertada pela prática de atividades físicas. Segundo vários estudos, além da prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes ou obesidade, a prática regular de exercícios também ajuda a melhorar o desempenho sexual. 

Autoestima

A atividade física melhora nossa autoestima, além de baixar níveis de estresse ou ansiedade, deixando-nos mais predispostos para o sexo. O exercício melhora nossa eficiência cardiovascular, pulmonar e circulatória, permitindo que o corpo transporte mais oxigênio e proporcione mais resistência para atividades sexuais. 

Além de dar qualidade às noites de sono, malhar traz benefícios que vão muito além da estética. Atividade física estimula a saúde mental, que é de extrema importância em assuntos sexuais. E ainda: qualquer esforço físico libera endorfinas, um grupo de hormônios que age como analgésico natural e afeta as emoções, causando  sensação de bem-estar. 

Falando de Sexo/Diário Gaúcho