Região
Fato ocorreu no Setor São João do Irapuá. Foto: TP News

Uma batalha campal envolvendo dois grupos indígenas rivais terminou em morte, feridos e em uma rodovia bloqueada na tarde desta quinta-feira, 7, na Terra Indígena do Guarita, entre os municípios de Redentora e Miraguaí.

Imagens Priscila Goulart/TP News

O confronto armado ocorreu, por volta das 14 horas, no Setor São João do Irapuá, nas proximidades do bairro Irapuá, em Miraguaí. Segundo integrantes do grupo do vice-cacique Vanderlei Ribeiro, aliados do grupo do cacique Carlinhos Alfaiate chegaram ao local onde ocorria uma reunião e ordenaram que fosse suspensa, dando início ao conflito.

Loncal onde ocorreu a batalha. Foto: TP News

Conforme informações, houve correria nas ruas do povoado, tiros, pedradas, pauladas e facadas. Um indígena foi morto e outros três ficaram feridos com gravidade, e outros com lesões leves. Um indivíduo foi preso por posse ilegal de arma de fogo. As forças policiais se retiraram do local e retornaram no final da tarde com pelo menos dez viaturas para reforçar a segurança na região.

ERS-330 foi bloqueada após confronto. Foto: TP News

Após o conflito, a ERS-330, no Setor Estiva, entre Miraguaí e Redentora, foi bloqueada pelos indígenas e o trânsito estava sendo liberado de hora em hora. O bloqueio será suspenso à noite e deverá ser retomado na manhã desta sexta-feira, 8. O confronto poderá apressar a intervenção federal solicitada pela Funai e pelo Ministério Público Federal e que está sob análise do Governo Federal.

VEJA TAMBÉM