Bichos
Foto: Divulgação

Quem disse que cabra não pode ser pet? Levando em consideração tal pergunta, uma família de Santos, no litoral de São Paulo decidiu adotar e criar dentro de um apartamento uma cabrita.

O filhote tem apenas três meses e convive em harmonia com sua família, que é composta por pai, mãe, filho, filha e também três cachorros. O pet inusitado impressiona os vizinhos e quem vê desfilar na rua como um cão.

“Bebel” como é chamada a mini cabra, nasceu em um sítio que a família tem no interior de São Paulo, mas precisou de cuidados logo após o parto, como diz o pai Eduardo paiva, veterinário e um dos seus donos.

“Ela teve uma pneumonia e ficou fraquinha. Eu tenho algumas cabritas no sítio e, quando alguma precisa de cuidado, eu acabo trazendo pra casa. Ela não é a primeira, mas é a única que ficou [risos]. As outras ficavam com a gente um tempo e depois voltaram pro sítio”, explica.

O pai conta que Júlia a filha mais nova e a cabrita não se desgrudam e, por isso, a família não pensa em levar Bebel de volta para o sítio.

“Elas são muito apegadas. A minha filha dorme e coloca a Bebel na cama pra dormir com ela, dá mamadeira pra ela, passeia com ela na coleira como se fosse um cachorro. É muito amor. Não dá pra pensar em separar as duas.”

Bebel é do tamanho de um cachorro e não deve crescer muito mais que isso por ser uma mini cabra.

Sobre a relação com os outros cachorros, o veterinário afirma que os quatro se dão bem.

“Parecem quatro cachorros correndo pela casa. Eles não se estranham.”

Sobretudo Bebel se alimenta de ração de coelho e alfafa. Na rua, ela come algumas folhas secas que colhe das árvores. Durante os passeios, que faz sendo guiada pela coleira, a cabrita faz sucesso.

Diário da Manhã