Economia
Foto: Reprodução

Os trabalhadores que estão precisando de uma renda extra e que aderiram à modalidade do saque-aniversário podem recorrer à Caixa Econômica Federal e antecipar até três anos de saque através de um empréstimo que usa o FGTS como garantia.

O serviço disponibilizado pela Caixa permite que o trabalhador possa resgatar até três anos de saque por meio de crédito que pode ser solicitado com valor mínimo de R$ 2 mil. O trabalhador ainda pode contar com a vantagem de todo o processo ser online, sem necessidade de comparecimento às agências do banco.

Condições gerais do crédito

A adesão do crédito com a garantia do saque-aniversário conta com as seguintes condições:

  • Juros por mês: 0,99%;
  • Juros por ano: 12,54%;
  • Valor mínimo do empréstimo: R$ 2 mil;
  • Antecipação: de até 3 anos do benefício.

Como contratar

Como dito anteriormente, o processo de adesão é totalmente online, os trabalhadores precisam apenas seguir o passo a passo descrito:

  1. Acesse o aplicativo FGTS ou internet banking da Caixa;
  2. Em seguida, selecione a opção da linha de crédito;
  3. Indique a quantidade de parcelas e valores a serem antecipados;
  4. Feito isto, faça a simulação desejada;
  5. Clique em “Contratar” e insira a assinatura eletrônica;
  6. Fim! Salve o comprovante que aparecerá na tela.

Contudo, vale lembrar que a linha de crédito está disponível apenas para quem escolheu pela modalidade do saque-aniversário.

Atenção! O crédito está disponível apenas para os trabalhadores que deixaram de optar pelo saque-rescisão para adotar a modalidade do saque-aniversário.

Como aderir ao saque-aniversário

A modalidade do saque-aniversário é uma opção oferecida aos trabalhadores como alternativa ao saque por rescisão do contrato de trabalho, que permite aos cidadãos o resgate de parte do saldo vinculado as contas do FGTS, anualmente, no mês de aniversário.

Para ter direito a modalidade é necessário fazer a opção nos canais digitais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O trabalhador que fizer a opção poderá sacar um percentual do saldo do FGTS, acrescido de uma parcela adicional, anualmente.

Ao optar pelo Saque Aniversário do FGTS autorize que as informações sejam compartilhadas com a CAIXA.

É importante deixar claro que, quando o trabalhador faz a opção pelo saque-aniversário do FGTS, ele perde o direito de receber o Fundo de Garantia em caso de demissão. Se for demitido, receberá apenas a multa de 40%.

Mas ainda que se arrependa da decisão imediatamente, o retorno ao saque-rescisão só ocorrerá no primeiro dia útil do 25º mês seguinte ao da solicitação, explica a Caixa Econômica Federal. Ou seja, terá de esperar 2 anos e um mês.

Jornal Contábil