Economia
Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal está liberando uma ótima oportunidade aos trabalhadores que estão buscando por um dinheiro extra durante esse período de pandemia. A oportunidade é destinada a todos os trabalhadores que aderiram ao saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Trata-se de um crédito onde o trabalhador pode colocar como garantia o próprio valor do saque-aniversário, permitindo assim que o mesmo seja disponibilizado para trabalhadores até mesmo com nome sujo, além disso, a contratação é 100% online, sem qualquer necessidade de comparecimento nas agências da Caixa.

Como aderir ao saque-aniversário?

Os trabalhadores com interesse em optar pelo saque-aniversário deve fazer a adesão pelo aplicativo do FGTS ou pelo site fgts.caixa.gov.br. Lá você clica em “Meu FGTS”, em seguida acessa a aba “Saque-Aniversário”. Você deve então ler e concordar com os termos e condições e clicar em “Aderir ao saque aniversário”.

Com base no seu atual saldo, o sistema da Caixa Econômica também permite que você faça uma simulação de quanto irá receber pelo saque-aniversário em 2020.

A adesão ao saque não é obrigatória. Portanto, aquele que não optar pela adesão continua com os valores depositados na conta do FGTS, ganhando rentabilidade. É possível retornar ao saque-rescisão a qualquer momento. Porém, a migração ocorre apenas depois de 24 meses (dois anos) da data de adesão ao saque-aniversário.

O prazo para solicitação do saque-aniversário é o último dia útil do mês do seu aniversário. Após isso, apenas poderá ter o direito ao resgate no ano seguinte.

Quanto você vai receber pelo saque-aniversário?

A quantia que liberada todo ano para quem migra para o saque-aniversário depende do saldo somado de suas contas no fundo de garantia (para quem tiver mais de uma). Há sete faixas de pagamento.

Para trabalhadores com saldo acima de R$ 500, é acrescida uma parcela adicional fixa em reais, além de um percentual do fundo, conforme a tabela abaixo.

As sete faixas do saque-aniversário

Valor do saldo (em R$)% do saldo que pode ser sacadoParcela adicional fixaSaque total no piso da faixaSaque total no topo da faixa
Até R$ 50050%0—–R$ 250
De R$ 500,01 a R$ 1.00040%R$ 50R$ 250R$ 450
De R$ 1.000,01 a R$ 5.00030%R$ 150R$ 450R$ 1.650
De R$ 5.000,01 a R$ 10.00020%R$ 650R$ 1.650R$ 2.650
De R$ 10.000,01 a R$ 15.00015%R$ 1.150R$ 2.650R$ 3.400
De R$ 15.000,01 a R$ 20.00010%R$ 1.900R$ 3.400R$ 3.900
Acima de R$ 20.000,015%R$ 2.900R$ 3.900ilimitado

Empréstimo com saque-aniversário

Agora que você já sabe que existe a possibilidade de solicitar empréstimo com garantia do saque-aniversário, e também aprendeu como funciona e como aderir a modalidade. Vamos entender agora como funciona a adesão do crédito e suas condições:

  • Juros por mês: 0,99%;
  • Juros por ano: 12,54%;
  • Valor mínimo do empréstimo: R$ 2 mil;
  • Antecipação: de até 3 anos do benefício.

Contratação

Como falado no começo do artigo, a adesão ao programa é 100% online, ou seja, basta seguir os passos descritos abaixo e contratar.

  1. Acesse o aplicativo FGTS (disponível para Android e iOS) ou internet banking da Caixa;
  2. Selecione a opção da linha de crédito;
  3. Indique a quantidade de parcelas e valores a serem antecipados;
  4. Feito isto, faça a simulação desejada;
  5. Clique em “Contratar” e insira a assinatura eletrônica;
  6. Fim! Salve o comprovante que aparecerá na tela.

Jornal Contábil