Economia
Foto: (Agência Brasil/Marcelo Camargo)

A partir de quarta-feira, dia 4 de maio, os trabalhadores nascidos em março poderão sacar até R$.1.000 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A Caixa estima que cerca de 3,5 milhões de pessoas terão direito a receber um volume somado de aproximadamente R$ 2,5 bilhões.

A ação de pagamento segue até 15 de junho e será efetuada de forma escalonada, conforme o mês de nascimento do trabalhador (veja calendário abaixo). A expectativa é que serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque.

Calendário do saque extraordinário do FGTS 

  • Nascidos em janeiro recebem em 20 de abril
  • Nascidos em fevereiro recebem em 30 de abril
  • Nascidos em março recebem em 4 de maio
  • Nascidos em abril recebem em 11 de maio
  • Nascidos em maio recebem em 14 de maio
  • Nascidos em junho recebem em 18 de maio
  • Nascidos em julho recebem em 21 de maio
  • Nascidos em agosto recebem em 25 de maio
  • Nascidos em setembro recebem em 28 de maio
  • Nascidos em outubro recebem em 1º de junho
  • Nascidos em novembro recebem em 8 de junho
  • Nascidos em dezembro recebem em 15 de junho

Quem pode sacar?

Qualquer pessoa que tiver conta vinculada do FGTS, seja ativa ou inativa, poderá realizar o saque do dinheiro, limitado ao valor de 1.000 reais. A consulta do saldo deve ser realizada por meio do aplicativo do FGTS. A nova versão foi disponibilizada pela Caixa no início do mês e pode ser baixada na Apple Store e na Play Store do Google.

No site da Caixa, é possível consultar o saldo do FGTS: é necessário informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato que o trabalhador possua, e usar uma senha cadastrada pelo trabalhador. Além disso, a consulta ao saldo pode ser feita ainda pessoalmente, no balcão de atendimento de agências da Caixa ou no site da Caixa.

Como pedir o saque?

O crédito dos valores será realizado por meio de conta poupança social digital, o Caixa Tem. Os saques serão permitidos até 15 de dezembro.

Vale destacar que não será preciso que o trabalhador solicite o dinheiro. Ele será disponibilizado automaticamente na conta do trabalhador no Caixa Tem. Se essa pessoa com direito ao saque não tiver conta no Caixa Tem, a Caixa irá abrir uma em nome do trabalhador. A Caixa reforça que não será necessário ir até uma agência bancária. Todo o processo será realizado por meio do aplicativo. Para isso, é fundamental inserir os dados corretamente no app do FGTS.

Receba as notícias do Três Passos News no seu celular:

https://chat.whatsapp.com/HZcQ9vXiMIN1GC4kHcXcvC

Exame