Saúde
Foto: Arquivo Pessoal

Acabou. A campanha de João Emanuel Rasch Schropfer, Lindolfo Collor, obteve todo o valor necessário para o tratamento do menino, que vai receber o medicamento Zolgensma, fabricado pela Novartis. A informação foi divulgada pelos voluntários da ação e confirmada pelo Diário junto à mãe do menino, Luciana Rasch. “Estamos muito emocionados”, disse ela à reportagem.

A campanha de João Emanuel desde o começo mobilizou uma enorme rede de voluntários, de todo o país. João tem atrofia muscular espinhal (AME) tipo 1, e precisa do Zolgensma até os dois anos de idade para se desenvolver plenamente.

Embora João precisasse de, pelo menos, 2,5 milhões de dólares para a aquisição da terapia gênica, o valor arrecadado na campanha até agora é sigiloso, segundo Luciana. João faz o segundo aniversário no final de julho, mas a campanha estava prevista para ser encerrada no final de abril, para haver tempo da aplicação do medicamento.

amejoaoemanuel

TITIOS E TITIAS,

Sim: vocês salvaram a minha vida! Vocês tornaram esse dia possível. Essa vitória real. Eu vou receber meu remedinho, o remédio mais caro do mundo.
Sim, é real! Eu vou viver! Eu vou receber a aplicação do Zolgensma! 🙏

_____
No decorrer dos próximos dias meus titios voluntários irão se manifestar sobre o encerramento da Campanha.

#zolgensma#amejoaoemanuel#ametipo01

O Diário