Especial
Caso repercutiu em todo o país. Foto: Arquivo/TP News

No dia 11 de março de 2019, há exatamente um ano, iniciava um dos julgamentos de maior repercussão do RS. Os acusados de assassinarem, em 2014, o menino Bernardo Uglione Boldrini, de apenas 11 anos, foram submetidos a um júri popular em Três Passos. Depois de uma semana, o pai do menino, Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini, a amiga dela, Edelvânia Wirganovicz, e seu irmão Evandro Wirganovicz foram condenados em um processo que ganhou os noticiários do Brasil inteiro.

Crianças no lado de fora do Fórum. Foto: Reprodução

Através de vídeos, o Três Passos News relembra o caso de um dos crimes mais marcantes dos últimos anos no Estado que comoveu o Brasil. Confira as imagens: